Uma vez, de Morris Gleitzman

| 23 julho 2017 | |
Recentemente a Editora Paz e Terra, do Grupo Editorial Record lançou o título Uma vez, do escritor australiano Morris Gleitzman. Tata-se de uma obra voltada para o público juvenil mas que pode emocionar o leitor mais sensível que aprecie histórias ambientadas na Segunda Guerra Mundial...



Narrado em primeira pessoa na figura de uma criança judia de apenas 10 anos, conhecemos a história de Félix, que não compreende as mudanças que estão ocorrendo ao seu redor, e sente falta dos pais, que o deixaram por tempo indeterminado num orfanato cristão. Imaginando se tratar de alguma brincadeira de fingir, o menino segue as instruções de não falar de sua origem, principalmente na frente dos estranhos homens fardados que volta e meia visitam o local a procura de algo suspeito...

Seus pais eram livreiros e após presenciar livros judeus sendo queimados, o pequeno pressente que sua familia pode estar em perigo e passa a tentar compreender aquele ódio aos livros de seu povo, que provavelmente se estende ao próprio povo... Ele acaba fugindo do orfanato a fim de encontrar seus pais e no caminho encontra cenas desalentadoras, chegando a salvar uma frágil vida de um incêndio... A partir desse momento  ocorre o 'amadurecimento forçado' de uma criança, que passa a enxergar os perigos reais que lhe acometem e que precisa sobreviver em meio a uma terra devastada por falta de comida, mortes, incêndios e perseguições... 

O processo de aprendizado de Félix é doloroso ao leitor, ainda mais por sabermos que esse tipo de situação pode muito bem ter acontecido na realidade naqueles anos sombrios de guerra. A trama escrita por Gleitzman não é baseada numa história de fato real, mas que através dela é possível fazer uma conexão com o passado de muitos judeus que morreram ou sobreviveram aos horrores do Holocausto. Uma Vez é uma espécie de resgate dessas histórias há muito perdidas devido a intolerância humana... Certamente uma leitura que vai emocionar aqueles que se aventurarem por suas páginas...


10 Comentários:

Morgana Brunner Says:
25 julho, 2017

Oiii Maria tudo bem?
Fiquei encantada pela sua resenha menina, com toda certeza seria uma ótima pedida, uma criança de 10 anos sempre tem mais a revelar para nós, é mais detalhista, sei que iria me emocionar muito.
Beijinhos

Marcia Lopes Says:
26 julho, 2017

Ah já até imagino o quanto doloroso deva ser este livro, falou em Judeus , guerra é fogo!
Anotei a dica! Bjs

Gleyse Vieira Says:
27 julho, 2017

Oi Val, falou em segunda guerra eu já fico arrepiada. Amei a premissa, adorei sua resenha, me deixou comovida e muito curiosa. Bjs

LiteraKaos Says:
27 julho, 2017

Não curto muito leitura infanto-juvenil. A leitra é sempre muito arrastada e enfadonha pra mim.
Vou deixar essa dica passar, mas mesmo assim foi super legal conhecer um pouco da obra através de sua resenha. É sempre bom conhecer novos títulos.

Beijinhos!!


#Ana Souza
https://literakaos.wordpress.com/

Fabrica dos Convites Says:
28 julho, 2017

Não tem nada que vá ficar mais meu coração do que um livro sobre o ponto de vista de uma criança em plena guerra. Este eu não tinha visto e vou anotar a dica.
Bj Rose

Maria Luíza Lelis Says:
28 julho, 2017

Olá, tudo bem?
Eu já tinha visto a capa desse livro, mas ainda não sabia sobre o que se tratava. Mesmo sendo um livro infanto-juvenil, parece ser uma leitura muito intensa e emocionante, ainda mais por se tratar de um período tão triste da história da humanidade. Além disso, sempre achei que livros protagonizados por crianças tendem a trazer uma sensibilidade maior, fazendo os adultos pararem para refletir.
Adorei a dica e, com certeza, vou querer ler.
Beijos!

Lorena Caribé Says:
30 julho, 2017

Olá! O livro deve ser muito bonito, gosto de leituras com essa temática, especialmente quando é narrado na visão de uma criança. Ótima sua resenha, vou tentar ler também. bjo

Catharina M. Says:
30 julho, 2017

Oie
já amei pela capa e espero poder ler em breve e gostar muito, parece ser uma leitura daquelas tocantes e intensas, adorei a dica

beijos
http://realityofbooks.blogspot.com.br/

Michele Lopez Says:
31 julho, 2017

Olá,
O Holocausto creio ter sido uma das piores partes da história já vivida até aqui.
Não conhecia a obra, mas fiquei intrigada para conferir esse amadurecimento precoce do garoto e tenho certeza que essa leitura me emocionará muito mesmo não sendo fatos reais.

LEITURA DESCONTROLADA

Isadora Gazote Says:
31 julho, 2017

Eu amo histórias assim! Não conhecia o livro, mas somente de imaginar essa história meu coração aperta! Uma triste realidade da história do mundo, mas que serve de lição para entendermos que somos todos iguais! Adorei a resenha

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...