É assim que te quero, amor - Pablo Neruda

| 23 junho 2017 | |
"É assim que te quero, amor,
assim, amor, é que eu gosto de ti,
tal como te vestes
e como arranjas
os cabelos e como
a tua boca sorri,
ágil como a água
da fonte sobre as pedras puras,
é assim que te quero, amada,
Ao pão não peço que me ensine,
mas antes que não me falte
em cada dia que passa.
Da luz nada sei, nem donde
vem nem para onde vai,
apenas quero que a luz alumie,
e também não peço à noite explicações,
espero-a e envolve-me,
e assim tu pão e luz
e sombra és.
Chegastes à minha vida
com o que trazias,
feita
de luz e pão e sombra, eu te esperava,
e é assim que preciso de ti,
assim que te amo,
e os que amanhã quiserem ouvir
o que não lhes direi, que o leiam aqui
e retrocedam hoje porque é cedo
para tais argumentos.
Amanhã dar-lhes-emos apenas
uma folha da árvore do nosso amor, uma folha
que há-de cair sobre a terra
como se a tivessem produzido os nosso lábios,
como um beijo caído
das nossas alturas invencíveis
para mostrar o fogo e a ternura
de um amor verdadeiro."





9 Comentários:

Mari Says:
29 junho, 2017

Nunca tinha lido nada de Pablo Neruda, amei esse poema!
Beijos
Mari
Pequenos Retalhos

Morgana Brunner Says:
30 junho, 2017

Que postagem mais linda Maria, realmente está apaixonante <3 Pablo sempre teve um lugarzinho no meu coração.
Beijinhos

Michele Lopez Says:
30 junho, 2017

Olá,
Não conheço muito do trabalho do Pablo, mas amei a poesia que acalenta e também amolece o coração tamanho sentimento que é demonstrado através das palavras!
Amor puro e sincero é o que sinto aqui!

LEITURA DESCONTROLADA

No Conforto dos Livros Says:
01 julho, 2017

Olá!! :)

Devo confessar que nunca li nada de pablo nerudo, nem mesmo um poeminha... Ate agora! :) ahah

Mas ate gostei! E achei interessantes os sentidos e sensações utilizados para provocar os sentimentos!

Boas leituras!! ;)
no-conforto-dos-livros.webnode.com

Folheando Sonhos Por Juliana França Says:
01 julho, 2017

Que lindo. Muito romântico. Adoro poemas de amor, mas nunca tinha lido nada do autor 💕

Gleyse Vieira Says:
01 julho, 2017

Que lindo!!! Li pouco do Pablo Neruda e amei esse texto!!! "E amanhã dar-lhe-emos uma folha de árvore do nosso amor"... perfeito. Bjs

Vêvévi Says:
01 julho, 2017

Lia muito poema quando mais nova, acabei perdendo a hábito. Preciso retornar.
Adoro esse poema do Neruda.
Beijos

Fabrica dos Convites Says:
01 julho, 2017

Este é o amor real, aquele que te ama como você é, sem querer te mudar.
Bjs Rose

Camila Mondaini Says:
05 julho, 2017

Olá, tudo bem?
Embora conheça o autor de nome, nunca tinha lido nada dele. Adorei esse poema, relatando sobre as nuances do amor verdadeiro.

beijinhos!

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...