Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





"Deixai toda esperança, ó vós que entrais!" Inferno. A divina Comédia [Dante Alighieri]

Páginas

5

[Projeto de leitura] - Livros de Sangue 2 - Clive Barker

Olá, queridos leitores... Sei que estou atrasada no Projeto Livros de Sangue em seis meses, pois deveria ter concluído a leitura do segundo volume e postado a resenha em fevereiro, mas só agora em fins de março pude trazer o post por aqui...


Livros de Sangue Volume II nos contempla com cinco grandiosos contos de Clive Barker: Pavor, A corrida do inferno, O testamento de Jacqueline Ess, As peles dos pais e Novos assassinatos na Rua Morgue. Apesar de não terem nenhuma relação entre si, o que estes cinco contos possuem como elemento comum, além da poderosa narrativa descritiva e densa do autor - são os questionamentos existenciais por parte dos personagens envolvidos...

Com trechos bastante escatológicos compondo o cenário terrorífico onde as histórias acontecem, o leitor sente ímpetos nauseantes ao tentar visualizar tais descrições assombrosas, que poderiam levar-nos à loucura caso saíssem do ficcional para a nossa realidade... Por essa maestria em contar histórias de terror, Barker é considerado um dos melhores autores contemporâneos do gênero...

"O papel de parede do salão de entrada tinha cor de merda, e a tinta também. Era como caminhar, num intestino; no intestino de um cadáver, frio e repleto de merda."

Há um quê de artístico na composição sinistra de mortes e cadáveres que se amontoam ao longo das páginas. É visível sua inspiração em autores clássicos do gênero, e claras suas referências, como no último conto do livro, que faz alusão a uma das obras mais famosas de Edgar Allan Poe - Novos assassinatos na Rua Morgue. Mas voltemos ao início e logo encerro falando sobre esse conto...

Pavor é sobre a obsessão de um homem pelo medo, fazendo com que ele sequestre alguns conhecidos a fim de incutir-lhes o que há de mais tenebroso, levando-os a um estágio de loucura e carnificina... É forçar o medo no outro para que se liberem nele os instintos mais selvagens e primitivos... Pavor ganhou uma adaptação cinematográfica em 2009, intitulada Dread [Lentes do Mal no Brasil]. Não chega a ser um primor, mas vale uma conferida...

A corrida do Inferno traz o plano como um ser quase palpável, que disputa uma corrida de caridade a cada cem anos. O juiz da corrida é o Diabo em pessoa, e vai se apossando daqueles que não cruzarem a linha de chegada... Neste conto percebe-se a dualidade Bem versus Mal numa disputa em que poucos conhecem seu verdadeiro propósito. Se algum humano vencer, vai evitar o fim do mundo, por pelo menos mais cem anos. No dia que o Inferno vencer, tudo se extinguirá...

Jacqueline é uma mulher com um poder misterioso e fatal. Através do sexo, ela seduz os homens e um deles é escolhido para lhe ensinar o Poder. Acaba se frustrando com suas expectativas, deixando um rastro de sangue e carne retorcida para aqueles que tentam subjugá-la... O ódio crescente faz com que Jacqueline se vingue daqueles que ousarem cruzar seu sangrento caminho... Temos em meio ao cenário sanguinário um romance, rendendo um dos desfechos mais 'poéticos' na obra de Clive Barker...



Em As peles dos Pais, um homem se encontra perdido no deserto do Arizona até avistar um grupo de seres esquisitos. Quando este percebe que não se tratam de pessoas a quem ele poderia ter gritado por ajuda, têm-se início a uma perseguição... Posteriormente, numa cidadezinha próxima, mais eventos e personagens se entrelaçam revelando o motivo da presença de tais criaturas... A descrição de criaturas tão bizarras e horripilantes vão mexer com o imaginário do leitor... Hibridismo doentio e repugnante...


O último conto faz referência a Os assassinatos na Rua Morgue, do aclamado Edgar Allan Poe. O antigo horror está a espreita e começa a fazer novas vitimas... A história se recria e Lewis adentra num segredo de Philipe que jamais gostaria de descobrir... Lewis não poderia imaginar que a história narrada a Poe por seu avô e que deu origem a publicação viria ao seu encontro... 


Assim como no primeiro livro, alguns dos contos dessa edição compõem o Tapping the Vein [Skins of the Fathers e Hell's Event]. Posteriormente, foram adaptadas ainda para essa série de quadrinhos Dread e New Murders on the Rue Morgue.

A próxima discussão será sobre os contos do volume III: O filho do Celulóide / A cabeça descarnada / Confissões da Mortalha [de um pornógrafo) / Bodes expiatórios / Restos humanos. Fiquem de olho no blog... 


Livros de Sangue na Estante Virtual;
Posts relacionados a Clive Barker aqui no Torpor - Lançamento DarkSide  |  Hellraiser | Projeto de leitura Livros de Sangue em seis meses


5 Comentários:

Luana Alves

Olá! Preciso confessar, sou medrosa. Penso e repenso antes de iniciar uma leitura mais pesada, mas sempre admiro os escritores desse gênero pela dificuldade de compor ambientes perturbadores.
Sendo assim, dessa vez eu passo a dica e vou procurar algo com campos floridos e borboletas coloridas para me alegrar, há.
Bjsss

Beatriz Andrade

Nossa, embora o livro pareça ser muito bom para quem curte o gênero, eu não me interessei muito mas isso é pelo fato deu ser bem medrosa, tenho certeza que não conseguira ler! Gostei da maneira como você falou do livro e também gostei da capa.

Jéssica Anjos

Olá, Valéria!
Tudo bom?
Não sou fã de terror, mas sou admiradora de Poe, então... Falou que faz referência a ele: já ganha pontos comigo.
A citação que você escolheu para o início da resenha me lembrou Augusto dos Anjos, outro mestre.
Não sei se você já leu, mas te aconselho a ler "O Vilarejo" de Rafael Montes. Acredito que você gostará.
Abraço.

Agda Alecrim

Não conhecia essa coleção, mas se o autor se inspira no Edgar Allan Poe já tem a simpatia. Gostei da resenha e do jeito que apresentou os contos, fiquei bem interessada nessa coleção quem o Q que sinistro que eu curto. :)

carool santos.

Olá, tudo bem? Não conhecia as obras, na realidade nem o autor, mas adorei saber que são contos. Jacqueline foi o que mais me chamou a atenção. Que bom que ele se inspira em clássicos. Adorei!
Beijos,
http://diariasleituras.blogspot.com.br/

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...