Pompeia - A vida de uma cidade Romana

| 13 março 2017 | |
As ruínas da  cidade de Pompeia me remetem ao show realizado por Pink Floyd, tocando em meio ao silêncio de uma plateia ausente direto para os ouvintes do restante do planeta... Além da banda, milhares de visitantes viajam todos os anos para conhecer as ruínas de uma cidade devastada pelas chamas e lava do vulcão Vesúvio, que aproximadamente em 79 d.C sucumbiu em meio ao fogo e às cinzas levando à fuga e à morte quem se encontrava nela...

Editora Record lançou ano passado o livro Pompeia, escrito pela autora classicista Mary Beard, britânica que após visitas e pesquisas sobre a cidade antiga, escreveu a obra esmiuçando várias facetas e particularidades da cidade romana desde sua estrutura social ao desastre que lhe consumiu...


O livro divide-se em capítulos que abordam dede a vida nas ruas, a casa e o lar dos cidadãos pompeianos, a arte romana, línguas, costumes e religiosidade, além das diversões e jogos que animavam a população daquela época. Traz também uma galeria de figuras que ajudam a 'contar' a história de Pompéia da melhor maneira cabível quando se trata de contar a história de uma cidade através de escavações realizadas em seu sítio. Apesar de ser um livro de caráter acadêmico, sua escrita não é difícil para os leigos e curiosos no assunto. Não se trata de um livro apenas para historiadores mas - obviamente - se você não tem interesse em conhecer a história de Pompeia através de um olhar histórico, talvez a leitura não seja adequada...

Rico em informações, Pompéia aprofunda-se em temas cotidianos e desmistifica alguns fatos defendidos até então sobre a sua população, trazendo ainda alguns questionamentos sobre a funcionalidade da sua arquitetura, economia e política... Ao ler Pompeia, é como se o leitor estivesse sendo guiado por um passeio pelas ruas de pedras e calçadas altas, enfeitiçado pela história escondida ali e que se revela através dos fragmentos sobreviventes aos séculos... É imaginar como seria a vida de um pompeiano, do que se alimentava, quais os seus prazeres, deveres, rotinas... 


Pompeia - a vida de uma cidade romana é uma viagem ao século I d. C. Um mergulho na Antiguidade que permite reconstruir e resgatar um pedaço da História da Humanidade. E quem sabe sentir estranha empatia pelas pessoas que ali deixaram suas essências e cinzas, através dos séculos... 

"Pompeia era o lugar de uma tragédia humana, uma cidade dos mortos. Os túmulos que viam no início da visita (ainda que fossem de gente que, provavelmente, morrera na segurança de suas camas) eram uma mensagem que suscitava meditações sobre a fugacidade da existência e a inevitabilidade da morte para todos, ricos ou pobres. Do pó ao pó e - apropriadamente no caso de Pompeia - da cinza às cinzas."

Pink Floyd Live at Pompeii, 1971.


15 Comentários:

Nicolle Por Deus Says:
15 março, 2017

Um dos meus grandes sonhos é conhecer esse lugar! Me interessei bastante pelo livro e vou procurá-lo por aqui :D

Sabrina Oliveira Says:
15 março, 2017

Adoro livros com temas históricos, vou adicionar esse na listinha de desejados :)

Scarllet Alves Says:
15 março, 2017

Se tratando de Roma já me ganha! gostei do livro irei caçar ele por aqui rs!
beijoos

Marijleite Says:
15 março, 2017

Olá, eu havia ficado bem tentada a solicitar esse livro da parceria quando o vi entre os lançamentos. Estava curiosa para ler uma resenha sobre ele, e a sua me fez acreditar que deveria sim tê-lo solicitado, pois gosto muito de conhecer mais sobre a História e sobre lugares e outras épocas.

Amanda Caldas Says:
15 março, 2017

Hey!

Não conhecia o livro, gosto muito de Roma, então me interessei bastante pela leitura, vou adiciona-lo na minha lista.

Bjs
https://fonteliterarias.blogspot.com.br/

Meu cantinho literário Says:
16 março, 2017

Olá!
Não conhecia este livro, mas como gosto de livros que nos apresentam a este lugares maravilhosos, creio que será uma boa leitura!
Obrigada pela dica!
Beijo
Cássia Pires

Juliana França Says:
16 março, 2017

Fico encantada sempre que leio livros ou resenhas de livros que se passam em outros tempos, seculos, etc. Como a vida e o mundo se alteram de uma maneira inacreditável.

Fabrica dos Convites Says:
16 março, 2017

Eu já li alguns livros sobre Pompéia, mas acho que nada tão deste tipo, tão completo. Um belo trabalho de pesquisa feito pela autora.
Bjs

Marcia Lopes Says:
17 março, 2017

Olá!
Que bacana a proposta do livro que parece fazer o leitor viajar por entre lugares quevja firam próspero antes da devastação, com certeza rico para nosso conhecimento.

Suzana Chaves Linhares Says:
17 março, 2017

Olá! legal o livro contar a história de Pompéia. Sou formada em geologia e quando começamos a estudar vulcões, Pompéia foi um dos focos do assunto. É uma história impressionante do poder natureza e mostra o quanto somos frágil diante de tanto poder. Beijos!

Lilian Farias Says:
18 março, 2017

Esse livro é sensacional e de utilidade pública, sua resenha, como sempre perfeita. Acho que o livro mais que resgata a história, nos faz entender o presente.

Fernanda Says:
18 março, 2017

Oi!
Achei muito legal a proposta do livro, sou completamente apaixonada por Roma e a história da cidade de Pompéia é simplesmente fascinante.
Adorei o livro, quero!

Rayanni kellsin Says:
19 março, 2017

Olá, tudo bem?
Sou louca por essa edição! Sou muito apaixonada por Roma, e meu sonho é de um dia conhecer tudo!
Um beijo.

Thaísa Tavares Says:
20 março, 2017

Oie tudo bem? Recentemente uma amiga minha também indicou esse livro no blog dela e eu fiquei super curiosa. Não conheço a história de Pompéia muito bem e acho que aproveitaria muito a leitura.

Catharina M. Says:
23 março, 2017

Oie
uau que legal saber que é cheio de informações e questionamentos, não sei se leria mas parece ser um livro diferente e interessante, gostei muito da sua resenha

beijos
http://realityofbooks.blogspot.com.br/

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...