Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





"Deixai toda esperança, ó vós que entrais!" Inferno. A divina Comédia [Dante Alighieri]

Páginas

12

Mostra de Cinema SESC - Expressionismo Alemão em Sombras que assombram



O Expressionismo alemão alcançou o ápice na década de 1920, tendo como característica principal os  cenários e personagens distorcidos, numa nova maneira demostrar o mundo naquele período, de uma Alemanha devastada pela Guerra... O expressionismo, nas palavras de alguns estudiosos funciona como  uma negação a burguesia, indo contra o pensamento  racionalista moderno e a mecanização do indivíduo, alimentado pela revolução industrial do século XIX. 

Na pintura e literatura, a arte expressionista teve suas representações, como o quadro O grito, do artista holandês Edward Munch e Franz Kafka e Thomas Mann na literatura [entre muitos outros]. Mas a Mostra de Cinema organizada pelo SESC em 2013 tem como abordagem o gênero no cinema. 

O grito [Edward Munch]


O encarte Sombras que assombram - o Expressionismo no Cinema Alemão nos apresenta as principais obras do gênero, bem como uma introdução às mentes que criaram tais filmes. Nomes como F. W. Murnau, Fritz Lang e Paul Leni podem passar despercebidos por alguns, mas certamente O gabinete das figuras de cera, Fausto, O homem que ri e Metrópolis não são desconhecidos daqueles que apreciam a 7ª arte...

Faust, 1926 [ALE] F. W. Murnau


Repleto de imagens que só  enriquecem o conteúdo da Mostra, Sombras que assombram pode servir como  uma ponte para aqueles que ainda não tem familiaridade com o Expressionismo, além de agregar mais conhecimento aos fãs do gênero... Os textos ainda trazem a filmografia dos principais diretores do Expressionismo alemão, curiosidades sobre os filmes e aspectos sociais contextualizados nas histórias... Aspectos psicológicos somam-se aos fatores sociais, contribuindo para a construção de personagens bizarros, insanos, grotescos e perturbados, e os diretores acrescentam a tais indivíduos a técnica de luz e sombra do cinema expressionista, dando ao espectador uma visão mais sombria das histórias... 

Nosferatu, 1922 [ALE] F.W. Murnau

Sombras que assombram traça de maneira interessante os pormenores de seu tempo e abre uma brecha para a curiosidade em enxergar as distorções na Fantasia que tão bem representam os problemas da sociedade, criticando e desmascarando ideologias de 'falsa ordem, moral  e progresso'...



p.s: Gostaria de agradecer a Anna Costa pelo envio do encarte. Meu muito obrigada, Anna

12 Comentários:

Lilian Farias

O período pós guerra e o terror espalhado pela Alemanha Nazista pedia o expressionismo. Percebe-se esse terror em o Grito. Os personagens bizarros, como você bem cita, são uma excelente reflexão sobre um mergulho na sombra, entender aquilo que tentamos esconder e faz parte de nossa essência, nossos arquétipos. Essa, sem sombra de dúvidas, foi uma excelente indicação de leitura.

Morgana Brunner

Que surpresa uma postagem dessas, é de abrir e emocionar qualquer leitor que curte essa época, com toda certeza pretendo ler a obra, o Grito é fascinante e sou encantada por esses personagens um tanto bizarros.
Abraços querida

Book Obsession Resenhas

Olá!
Confesso que apesar de conhecer O grito, essas obras não fazem muito meu estilo.
Mas há de concordar com você que essas obras merecem destaque e principalmente pelo tempo em que já foram realizadas e que serve de base pra estudo de muitos amantes do gênero.
Pelo post!
Beijos!

Camila de Moraes.

Ana Paula Medeiros

Que mostra maravilhosa. Gostaria de conhecer um pouco mais sobre as obras puramente expressionistas, porque apesar de adorar qualquer forma de expressão artística, peço bastante na parte histórico-cultural. Como faço para conseguir o encarte? Também quero rsrs
Beijos!

Beatriz Andrade

Fiquei interessada em conhecer mais sobre a obra, não conheço muito sobre o expressionismo, na verdade, conheço bem pouco, e achei essa Mostra completamente interessante.

Vida Lida

Oi Maria,
Adorei seu post, não conhecia ainda o expressionismo, embora já tivesse ouvido o nome de diversas das obras citadas. Conhecer o movimento aumentou muito meu interesse em vê-los, ainda mais agora tendo noção do contexto social e histórico,

Atenciosamente,

Tiago Valente

http://avidalida.blogspot.com

Jéssica Anjos

Maria, que mostra interessante apresentada pelo SESC! O Expressionismo Alemão foi uma necessidade do pós-guerra e deve ser propagado, pois é perceptível a não contemplação por maioria das pessoas.
Abraço.

StrawK

Olá!
Que interessante! Sou muito ligada ao expressionismo e viajei total nessa postagem.
Conheço todas as obras e artistas citados.

Inclusive, devo confessar que até hoje sinto um medo inexplicável do Nosferatu. haha

Beijos!

Angélica Lima

Oi, tudo bem?
O post é bem interessante, eu conhecia o quadro O Grito das aulas de educação artística quando ainda estava no fundamental, mas outras obras expressionistas eu desconhecia completamente.
Bjs

Janiele Silva

Oiee tudo bem? nunca tinha ouvido falar dessa obra, e parece ser bem interessante por envolver a arte, e olha que eu nem lembrava mais o termo certo, gostei bastante da ideia!

Bjs jany

www.leituraentreamigas.com.br

Paac Rodrigues

A Alemanha infelizmente foi o pais que portou um dos maiores massacres do mundo e isso perpetua até hoje, com um peso gigantesco. Acho curioso a ideia do livro e realmente ele tem um que bem sombrio, eu gosto.

Grazi Souza

Então o livro é tipo um guia, né? Adoro estruturas assim. São super divertidas de passar o tempo. Não sei se tenho vontade de ver muito sobre o assunto em questão, mas vou dar uma chance para ver se me conecto.

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...