"Deixai toda esperança, ó vós que entrais!" Inferno. A divina Comédia [Dante Alighieri]

Páginas

10

12 Meses de Poe - Os fatos do caso do Senhor Valdemar



Neste conto de Edgar Allan Poe, somos apresentados ao narrador, um indivíduo que tem interesse por hipnose e está disposto a iniciar uma experiência: hipnotizar alguém que já está prestes a morrer. Ernest Valdemar é um amigo seu e que sofre de tísica, tendo apenas mais algumas semanas de vida. Ele seria a cobaia perfeita para seu experimento...


"Além disso, ele quer descobrir: "Será que a hipnose pode retardar a morte?"


O procedimento é realizado, aparentemente com sucesso... Quando o narrador pergunta se o Sr.Valdemar ainda está ali, ele responde que sim... Porém... Os sinais vitais do homem desaparecem, embora ainda seja importante afirmar que ele ainda está ali... Os médicos resolvem esperar que ela morra de uma vez, a fim de quebrar a hipnose... 

Poe já havia escrito outro conto com a temática de Hipnose: Revelação Mesmeriana, mas confesso que acho a narrativa de Os fatos do caso do Sr. Valdemar infinitamente mais atrativas... O conto foi publicado pela primeira vez no ano de 1845. Trata-se de uma história curta, mas que prende o leitor até seu desfecho com ares grotescos... Um deleite para os fãs da escrita de Edgar...



10 Comentários:

Roberta Ferreira

Olá, tudo bom?
Fiquei curiosa para saber quais são os fatos do Sr. Valdemar. Apesar de ter certo receio com Edgar, esse eu daria mais uma chance! Quem sabe não aprenda a gostar, não é mesmo?

Beijos, Rob
www.estantedarob.com.br

Estilo Gisele

Olá, tudo bem ?
Como assim o homem está ali e sem sinais vitais ? Fiquei curiosa e ao mesmo tempo intrigada, seria isso possível ?
Eu não sou fã de contos, mas vejo que cada vez mais eles vem ganhando espaço e isso é muito positivo, legal você dar espaço em seu blog.
Beijos
www.estilo-gisele.blogspot.com.br

Michele Lopez

Olá,
Tenho muita vontade de conhecer um pouco mais de Poe, mas ainda não consegui.
Achei a premissa bem interessante e o tema abordado inusitado e original, já que ainda não tive contato com nada que tratasse sobre hipnose.
Pelo fato de o conto ser bem curtinho e você dizer que é bem atrativo, vou tentar incluir nas minhas leitura.

LEITURA DESCONTROLADA

Lê e ler

Obrigada pela dica!! Estava procurando alguma leitura para conhecer o autor, que tanto tenho ouvido falar!

Beijos

Jéssica Melo

Olá Maria, não conhecia esse conto, mas fiquei bem curiosa com o enredo e com o final, vou procurar ele para ler assim que possivel <3

Meu Mundo, Meu Estilo

Cia do Leitor

Olá!
Me sinto envergonhada de confessar que nunca li nada do Edgar Allan Poe, mas gostei do conto aqui apresentado. Tenho muito interesse de conhecer as obras dele, um dia vou me aventurar e poderei conversar a mesma lingua com os amantes do autor.
Abs
Ni
Cia do leitor

Nicolle Ignacio

Sinto muita vontade de conhecer o trabalho de Poe. Tenho um livro de contos aqui e até agora nem toquei no bonito. Tá na hora de mudar isso, né? hahahah

Cila - Leitora Voraz

Oi Maria, sua linda, tudo bem?
Que diferente essa ideia, iniciar o processo de hipnose com alguém prestes a morrer. Fiquei curiosa para saber o que acontece. Vou procurar o conto para descobrir!!!! Adoro o chapéu de bruxa que aparece quando movimentamos o mouse.
beijinhos.
cila.
http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

Poliana Veloso

Olá, como vai?
Edgar e suas bizarices.
Quero ler já.
Medo (rs)
Beijo
https://qadulta.blogspot.com.br/

Lilian Farias

A hipnose é um tema sempre fascinante, principalmente quando tratada por mestes criativas, no caso, Poe, provocando o questionamento se é possível ter esse comportamento com a hipnose, poque não o ter sem? A hipinose coloca os desmandos da sociedade em visibilidade.

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...