Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





"Deixai toda esperança, ó vós que entrais!" Inferno. A divina Comédia [Dante Alighieri]

Páginas

12

O amor é uma tragada forte e sem filtro: em poesias



Recebi de cortesia do autor Daberli de Roma seu romance publicado pela Chiado Editora, intitulado O amor é uma tragada forte e sem filtro: em poemas. Confesso que fui logo atraída por esse título peculiar e capa com ares de noir existencialista, e logo adentrei em sua breve - porém reflexiva - leitura...

Com capítulos curtos, os poemas são divididos de acordo com as transições da vida do poeta, que vão da insana adolescência regada a cigarro e sexo a devaneios surgidos em madrugadas melancólicas. Tem certo ar crítico, apesar de soar despretensioso ao longo de suas pouco mais de 60 páginas...

Traz ao leitor alguns trechos memoráveis e dignos de grifos e certo ar 'sujo'  na maneira como foram cuspidos nas páginas... Esse tom cru me agradou bastante, e  soava como uma conversa de fim de noite com um desconhecido misterioso, blasè e interessante...

"E na noite tão barulhenta
O poeta era o único morto.
Seus pensamentos eram calmos e desordenados
como a própria chuva que o fazia refletir."


"Essa semana
Encostei meu corpo nu em outro
Ao som do silêncio."

Daberli de Roma, ou 'Liberdade Amor' escreve ao underground, ao jovem que traz pensamentos que latejam incessantemente e precisam de alguma válvula de escape para se fazer compreender. Tem um quê de erótico, luxurioso e ao mesmo tempo evanescente...

"Sou o que sente peito queimar
Goela presa de mal dizeres."

"Me masturbei a cada lágrima
Virei um copo a cada angústia
Fodi a cada remorso.
Mas acima de tudo...
Oh, voei, oh, voei
Voei a cidade toda, oh, voei
Casaco velho, surrado
Oh, voei."

O amor é uma tragada forte dura o tempo útil de  um cigarro aceso, enquanto durar a fumaça, é sobre a liberdade que traz o pseudônimo do autor... É gozo, afronta, solidão, amor...

"Feliz o ânus dilatado, gozado, cuspido e encaralhado fortemente."

12 Comentários:

Saga Literaria

Olá minha amiga, tudo bem?

Eu realmente não lembro se já vi esse livro antes. Achei a capa instigante e concordo contigo sobre a capa com ares noir existencialista. Também é interessante o fato dos capítulos serem curtos e retratar as transições, fases da vida do poeta. Parece ser uma leitura agradável. Gostei!
Bjuss

Carla A.

Oi, Maria Valéria!
Acho corajosa essa escrita crua, sem muitos rodeios ou enfeites. Alguns temas precisam ser tratados assim né?! Ainda que em forma de poesia.

Beijos, Entre Aspas

Carolina Fernandes

Oii
Não sou chegada a poesia e pelo trechos colocados ai, eu não me tornaria fã de livro ou do autor. Passo a dica.

Vícios e Literatura

Angelica Michelly

Como tu escreve bem guria, de verdade, amei a forma como falou bem desse livro, me apaixonei por ele, mesmo não sendo a maior fã de poesia. Ele parece lindo.

Beijos

Beatriz Andrade

Eu ainda não conhecia o livro e não me interessei muito pela leitura, embora eu goste de poemas, não senti a vontade de ler a obra. Mas gostei do título e achei a capa totalmente diferente

Fabrica dos Convites

Oi Maria, já tinha lido resenha a respeito do livro e achei incrível sua definição dá leitura e do enredo: "dura o tempo útil de um cigarro aceso..."
Pelos trechos que você dividiu e pelo que falou, a escrita pode ser crua, mas com certeza interessante
Bjs

Faby Souza

Olá Val, tudo bem?
Menina que livro é esse? Não conhecia, mas amei a intensidade e veracidade dos versos que você escolheu e transcreveu. Sim, concordo com você o titulo é bem chamativo. Adorei a resenha e dica. Beijos

Thaís

Oiee
Leio muito pouco obras com poemas, confesso que não é um gênero q dou muita atenção.
Porém, achei muito interessante os poemas que destacou aqui. Intensos e com verdade.
Não sei se leria por agora, mas anotei o nome da obra pra um dia fugir da minha zona de conforto e me deliciar com a leitura.
Parabéns pela resenha.
Bjo

Lilian Farias

Oi, Val
Eu não li todas as poesias do livro, apenas algumas que vi nas redes sociais do autor as que você postou e confesso que muito me agradou, gosto de autor que não tem medo das palavras e tem propriedade para usá-las.

carool santos.

Olá, tudo bem? Nossa pela descrição e resenha parece realmente promissor, porém não sou acostumada a ler poesias, ou livros nesse formato. De primeira seria bem confuso e não sei se neste momento faria. Guardaria a dica para um futuro!
Beijos,
diariasleituras.blogspot.com

Minhas Impressões - Maria Ferreira

Oi Maria Valéria.
O título foi a primeira coisa que me chamou atenção. Imagino que os poemas presentes carregam a mesma carga de profundidade.
Pelos versos que você destacou, dá para ver que a autora tem uma escrita bem ousada e admiro muito isso.
Abraços.

Maria Valéria

é um autor rsrs

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...