Tag - Eu amo Poesia [Parte II]

| 05 janeiro 2017 | |
Ano passado respondi uma tag aqui no blog, indicada pela minha amiga Lilian Farias do Poesia na Alma em que eu deveria responder algumas perguntas referentes a poesias... De lá pra cá os números mudaram, e achei relevante trazer as atualizações aos novos leitores do blog... Afim de comparações, deixarei entre parênteses os dados antigos de cada pergunta...





  • Quantos livros de poesia já li?
103 [56] 
  • Quantos livros de poesia tenho na minha estante?
43 [19]
  • Quando ouço a palavra poesia, qual o primeiro(a) autor(a) que me vem em mente?
Florbela Espanca. ou Ana C. 
  • Qual foi o último livro de poesia que leu?
Amargos como os frutos, de Paula Tavares.
  • Uma poesia que marcou sua vida?

Eu, de Florbela Espanca.

Eu sou a que no mundo anda perdida,
Eu sou a que na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho,e desta sorte
Sou a crucificada ... a dolorida ...

Sombra de névoa tênue e esvaecida,
E que o destino amargo, triste e forte,
Impele brutalmente para a morte!
Alma de luto sempre incompreendida!...

Sou aquela que passa e ninguém vê...
Sou a que chamam triste sem o ser...
Sou a que chora sem saber porquê...

Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou!

  • Que poesia seu blog oferece aos leitores?
Dessa vez ofereço um poema de Paulo Leminski.

"Isso de querer
ser exatamente aquilo
que a gente é
ainda vai
nos levar além."

  • Uma foto de sua estante poética...

Dessa vez modifiquei a arrumação na estante, de maneira que meus livros de poesia fiquem juntos... Eis a photo...

8 Comentários:

Débora Torre Says:
07 janeiro, 2017

Amo Paulo Leminski! Adorei a ideia dessa tag, gosto muito de livros de poesia você poderia indicar alguns ;)

Fernanda Yano Says:
08 janeiro, 2017

Oie

Eu adorei a tag!! Sou apaixonada por poesias e já é mais difícil de encontrar posts assim, eu amei a ideia

Bjs
Fernanda Y.

Trouxa do Livro Says:
08 janeiro, 2017

Adorei essa tag, bem simples e bem legal de se fazer. E pude perceber a diferença que você teve do ano passado, para esse. Eu não tenho costume de ler poesia, mas Florbela Espanca, eu já li várias de suas poesias e é cada uma mais encantadora que a outra.
Trouxa do Livro

Andréa Fundo Falso Says:
08 janeiro, 2017

Oi Valéria!
Achei legal vc atualizar os dados!
Eu queria gostar de poesia, mas não tenho, acho que a sensibilidade certa, ou talvez não tenha feito as escolhas certas quando li. Só gostava quando era adolescente, das mais góticas rs
Preciso de uma indicação boa para quem saber tomar gosto!
Linda sua coleção!

Bjus
Andréa

Fabrica dos Convites Says:
08 janeiro, 2017

Oi Maria,não tinha visto esta tag ainda. Apesar de gostar de poesia, não tenho lido muito. Uma pergunta, o que são estes números em parênteses?
Bjs

Gleyse Vieira Says:
09 janeiro, 2017

Oi Val, adorei a Tag e sua ideia de atualizar a lista. Você tem bastante livro de poesia. Eu guardo poucos impressos, mas tenho bastante material no meu computador para consultar quando necessário. Recentemente comprei um livro independente de um poeta de rua, acho até que vou fazer um post de divulgação. Bjs

Livros & Café Says:
09 janeiro, 2017

Olá, tudo bem?
Também gosto muito de poesias, mas faz bastante tempo que não leio nenhuma. Adorei essa tag! Você tem bastante livros de poesias, hein? não tenho tanto assim. Porém pretendo mudar isso.

Licavargas Says:
10 janeiro, 2017

Tão legal ver quando a gente consegue aumentar as leituras de um estilo, não é mesmo?
Amo Florbela - e esse que você cita na postagem é um dos que mais mexe comigo, um dos que mais amo tanto dela quando de poesia em geral...
Leminsky também é muito amorzinho *-*
Beijinhos,
Lica
Amores e Livros

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...