Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





"Deixai toda esperança, ó vós que entrais!" Inferno. A divina Comédia [Dante Alighieri]

Páginas

21

#LendoSandman - Despertar [11º arco] - Final do Ano I







"Quando o conheci, ele era o mais galante dos amantes. Ele sabia tantas coisas... [...]Era tão gentil, e sua pele de encontro à minha, parecia seda.
E dei o que podia dar a alguém como ele. Quando fazíamos amor, era como uma labareda: eu me sentia totalmente tomada, amada e idolatrada.
Já estive com muitos poetas, muitos sonhadores... mas apenas o seu amor era gelo e fogo. Seus olhos eram estrelas."





Vindo aqui concluir um ciclo... Ao longo de 2016 acompanhei o Projeto LendoSandman organizado pela Raquel do Pipoca Musical e é com pesar que me despeço de Sandman, depois de lidas 75 edições, divididas em 11 arcos...  Devido a uma perda terrível que sofri ano passado, acabei atrasando o cronograma estipulado pela Quel, mas senti que deveria ler os dois arcos finais a meu tempo... decisão acertada... A leitura deles, inclusive, me fez  passar pelo processo de luto de maneira menos dolorosa... 

~pode conter spoiler~

Fiz algumas anotações pegando referências à trama em sua reta final, e encontrei diversas passagens que me remeteram a mitos bíblicos, tais como Caim e Abel e a Criação do Homem. De acordo com os acontecimentos do arco anterior, Entes Queridos, acompanhamos em Despertar o velório do Rei dos Sonhos, e vários personagens que apareceram anteriormente vem prestar suas últimas homenagens àquela entidade que passou em suas vidas, deixando marcas consideráveis... Entre eles Rose Walker [Casa de Bonecas], Richard Madock e Lyta Hall, além dos habitantes do Sonhar [Lucien, Mervy, etc...]

Lyta deita e sonha. Rose sonha. Alexander Burgees sonha... Essa é a maneira de entrar no Sonhar, e dessa vez  não seria diferente... Um homem de barro é criado mas não  pode sonhar nem destruir, pois foi criado de acordo com a característica dos cinco Perpétuos restantes... Num paradoxo, Morte é quem dá o sopro de vida em O'Shagnessy. [Alguém aqui lembrou da Criação de Adão?] A Morte dando vida é algo como uma fênix que ressurge das cinzas, é sobre transformação, cíclico... e é bem isso o que Despertar alude...

O corvo Matthew foi um dos meus personagens preferidos, e me identifiquei com a dor dele, pois ele não aceita a morte de seu amigo. De todos os presentes, é ele quem mais parece sentir a partida de Morpheus e reluta em enxergar na figura de Daniel o novo Rei do Sonhar. Daniel seria a versão melhorada de Morpheus, que deixou de existir em parte, mas 'retorna' na figura de Daniel de maneira mais piedosa, numa versão 'melhorada' do antigo Sandman...


É perceptível o amadurecimento de Morpheus ao longo de toda a HQ. Ele passou por uma evolução bastante significativa... Sobre a 'pessoa' cruel que ele chegou a ser até o momento em que ele passa a perdoar outras pessoas, a entender suas dores e ações sob outras perspectivas... Nós costumamos enxergar o que já vem mastigado, pronto... A gente nota que evolui um pouco como indivíduo quando passamos a enxergar as dores de outras pessoas e as tomamos para nós mesmos... é o que chamamos empatia ou solidariedade... 

Ao final temos mais três contos, e um deles fala sobre o encontro da Morte pra fechar a conta com um bem conhecido personagem... Mas ele não está disposto a cair nos braços da irmã de Morpheus... A história seguinte é sobre um homem no deserto, exilado de seu Reino e  que acaba no limiar dos limites do Sonhar. Seu encontro com o Homem da Areia nos traz reflexões profundas... 

Encerrando com chave de ouro, temos outra alusão à William Shakespeare e sua peça A Tempestade... O que pude tirar dessa referência é que 'depois da Tempestade vem a bonança'... Esperamos despertar dos Sonhos com uma injeção de esperança a fim de enfrentar o novo dia... 

Por incrível que pareça, os três contos finais não me atingiram tanto tal o impacto que o Velório me deixou... Mas achei curioso o encontro de Morte com o homem que não morre...
Confesso que fiquei com um aperto no peito, como se eu tivesse realmente me despedindo de Morpheus... Me senti despertando depois de ter vagado por outros ares... A leitura dessa HQ foi como  um [novo] divisor de águas para mim, e me deixou com muitos questionamentos, pontas que estavam soltas foram bem amarradas e novas perspectivas se desdobrando...

Desculpem a resenha' escrita de maneira tão passional, mas não poderia ser diferente diante dos impactos que a leitura me causou... Gostaria também de agradecer a Raquel pelo belo trabalho que ela fez esmiuçando todos os arcos, e nos trazendo esse Projeto maravilhoso... 
Abaixo deixarei uns links interessantes para que quiser acompanhar a discussão no blog/canal dela desde o começo... Nunca é tarde para se  iniciar no Mundo dos Sonhos...

Adeus, Sandman... ou melhor dizendo, até outras paragens... Logo eu durmo e nos encontramos novamente... :')



Discussão Lendo Sandman 
[links retirados do blog Pipoca Musical]




POEMA DO O’SHAUGHNESSY

– Ode (em inglês)
– Ode (em português)

21 Comentários:

Pandora

Para mim é impossível pensar em Sandman e não lembra de minha própria perda terrível! Renato leu as minhas edições de Sandman primeiro que eu e nossa ultima conversa via redes sociais nós falamos sobre Prelúdio e eu dizia a ele que faltava o vol... Quando eu pensei que experimentaria a dor da perda tal como a Death?!?! Amo Morpheu, sua família problemática e as suas histórias. Amo como Neil Gaiman entrelaça tantas coisas para construir essa história e amo como tudo faz sentido no fim das contas. É maravilhoso ter um livro assim em mãos!

Kris Oliveira - Conversas de Alcova

Oi Val, esse é o arco que eu não terminei de ler, porque me bateu a bad quando o Morpheus morreu e eu não consegui aceitar um outro Sandman que não fosse ele.
Mas ainda pretendo terminar, na verdade pretendo ler tudo de novo desde o início.
Beijooos

Livros em Retalhos

Ainda não li, mas já ouvi falar, sua resenha ficou muito legal, espero ter a oportunidade de ler essa história...

Thamires Vasconcelos

Oii...
Quando vi a capa achei que seria alguma coisa relacionada á terror e não me animei muito (não é muito o meu estilo). Não acompanhei a leitura do HQ e não o conhecia, mas percebi que são contos bem profundos e reflexivos.

Michele Lopez

Olá,
Sinto muito que teve que enfrentar tal perda e fico feliz que a leitura dos dois últimos arcos estão te auxiliando a passar por esse momento tão difícil.
Gostei de saber suas impressões e pela capa tive a primeira impressão de se tratar de uma obra mais voltada ao terror. Lendo sua resenha notei então que é uma leitura profunda e com várias reflexões. Vou confessar que não é uma leitura que eu esteja buscando no momento, mas deixei a dica anotada para tentar no futuro.

http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

Angélica Lima

Oi, tudo bem?
Eu tenho vontade de ler Sandman, mas tem bastante coisa né?
Precisaria de tempo e mais disposição do que tenho ultimamente.
Bjs

Gleyse Vieira

Oi Val, que bom que apesar de tudo você conseguiu concluir a leitura e que bom que ela tenha sido tão proveitosa para você. Tenho curiosidade em ler Sandman, mas ainda não tive oportunidade e sua participação no projeto me deu muita curiosidade. Espero conseguir ler. Bjs

Art Of Life and Books

Adorei, parece ser uma história incrível. ♥
Conheci o projeto agora e que pena que está acabando.

Roberta Gouvêa

Oi, Val. Tudo bem?
Tu sabe que não leio coisas quem tem um tom mais sombrio assim por medo mesmo, mas eu sempre fico babando quando tu ou outra blogueira falam bem dele, ele me atrai de uma forma bem interessante. E te ver emocionada com a leitura e a despedida me fez ficar mais curiosa.
Beijos <3

Fabrica dos Convites

Oi Maria, você fez bem em terminar o projeto a seu tempo. Acho que não conheço esta peça do Shaskespeare em que o conto faz alusão.
Bjs

Andréa Fundo Falso

Olá Valéria!
Eis ai um história que morro de vontade de conhecer!
Houve uma pessoa em minha vida que tinha absoluta paixão por essa hq, tinha uma coleção maravilhosa inclusive kkk, mas eu nunca cheguei a ler! Depois que nos afastamos ficou a birra e não li mesmo. Mas hoje me arrependo! Se soubesse do projeto na época, acho que tria acompanhado! Vou lá no canal dela dar uma olhada!

Bjus

Parada Literária

Hey.Já ouvi falar muito desses livros e sempre quis ler eles, mas eu nunca comprava por conta da lista de livros q eu já tinha, mas a sua resenha me deixou com muito mais vontade de ler e por sinal, ótima resenha!

Beijos Literários

www.blogparadaliteraria.com.br

Catharina M.

Oie
muito legal sua resenha, parece ser um livro interessante mas não sei se leria por não ser bem meu gênero de leitura no momento, mesmo assim bela dica

beijos
http://realityofbooks.blogspot.com.br/

Jéssica Melo

Olá, adorei essa sua postagem/resenha fechando essa historia, eu acompanhei algumas das suas outras postagens também e fiquei morrendo de vontade de lê-la *--* Parece ser uma leitura incrível <3

http://meumundo-meuestilo.blogspot.com.br/

Larissa Fernandes

Oi,tudo bem?
Você não é a primeira pessoa que vejo falar sobre Sandman ultimamente. Parece ser muito interessante, talvez devesse dar uma chance.
Gostei muito da sua resenha!
Beijos, Larissa (laoliphant.com.be)

Cia do Leitor

Ai Ai, Depois do mestre King, sou fascinada por Gaiman e suas obras.
Já li diversos livros e quando mais nova li os quadrinhos de Sandman. Foi baseados nessas leituras das quais sempre citei, que minha filha junto com meu genro resolveram fazer o cosplay de Morte e Sandman. Gostaria de ter os livros, mas são extremamente caros... Pena.
Amei sua resenha, bem aplicada e tudo explicadinho. :)
Ni
Cia do Leitor

Isaac Zedecc

Oi Val,
Acho esse tipo de livro, a sua cara! Sinto muito pela sua perda, e só o fato do livro ter te ajudado da superação da dor, já me faz deseja-lo. Li um livro, totalmente diferente dessa, mas que tinha como pano de fundo o sonhar, e gosto muito, e acredito que com esta hq possa se repetir a dose. Dica guardada!

Amei a resenha! Bjs

Alexia Oliveira Macêdo

Oi.
Olha confesso que fiquei perdida haha. Não consegui entender isso de arcos e como assim mitos bíblicos? Fiquei meio confusa aqui. Mas pelo que pude entender mais ou menos a leitura não faz meu estilo, só pela capa eu já descartaria, rs. Flores no Outono 

Licavargas

Acho esses projetos incríveis... Sempre penso em participar de algum, mas sou meio ruim com desafios - começo mas depois parece que perco o fôlego, sabe?
Que bom que você deixou para ler a parte final no seu tempo e que isso te ajudou :)
Beijinhos,
Lica
Amores e Livros

Vanessa Vieira

Olá Valéria! Tudo bem? Que interessante sua relação com a obra. Fiquei feliz em saber que continuou a leitura e que gostou do final. Confesso que não me interessa muito o tema, mas achei sua resenha muito interessante!
.
Que venham mais projetos como estes.

Isa Pasqualini

Que profunda você!!
Adorei...
Meu orientador sempre falou sobre Sandman, eu sei que tenho que ler, mas ele não entende que tenho uma grande lista a ser cumprida e se esse ano eu não terminar vou entrar em profunda depressão. Enfim, eu gostei muito das alusões que vc considerou, principalmente à de Shakeaspeare... costumam mesmo aparecer coisas biblicas, são interessantes do próprio jeito, é estranho...
Adorei!
bjs

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...