"A verdade sempre aparece. É só uma questão de tempo." - Sete Minutos depois da meia-noite

| 25 janeiro 2017 | |
Recentemente a Editora Novo Conceito lançou o livro Sete minutos depois da meia-noite, de autoria do escritor Patrick Ness, que ganhou uma adaptação para o cinema e logo vai estrear aqui no Brasil. O livro fala sobre um menino - Conor - que está vivendo um pesadelo. Sua mãe está gravemente enferma e ele simplesmente não consegue aceitar - ou compreender - no que pode acontecer com ela caso os tratamentos deem errado... De repente ele se vê torturado por pesadelos que o acordam todas as noites no mesmo horário, e ainda recebe a visita de um monstro que quer algo do pequeno Conor. O monstro quer a verdade. Que verdade  seria essa?

Eis a premissa do livro. Conor ainda precisa lidar com o pai ausente, uma avó que ele não consegue gostar mas que certamente vai ter que ir morar com ela se aquilo acabar da pior forma... Os problemas na escola... Ele é perseguido por um grupo de garotos encrenqueiros e não suporta mais o olhar de compaixão das pessoas por ele estar possivelmente perdendo a mãe... Em meio a tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo, falar com um monstro de aparência aterradora não é o pior, e sim o que o monstro deseja... eis o grande medo de Conor... Quando o que ele quer é apenas salvar a mãe...

A história tem apenas 160 páginas e se trata de uma Fantasia cheia de metáforas, que certamente vai cativar os leitores mais sensíveis. Bem-escrito, é baseado na ideia original de Siobhan Dowd, que faleceu em 2007, de cancro. O autor não a conheceu pessoalmente, mas resolveu dar continuidade a uma ideia dela que jamais foi concluída, pois o câncer a matou antes disso. E o resultado é o que temos em mãos, contado de maneira tocante e enternecedora. É possível rolar uma lágrima ao se aproximar do desfecho e imaginar como Conor vai se adaptar a tantas reviravoltas em sua vida...

A edição da Novo Conceito está impecável, uma boa diagramação, capa e conteúdo. Certamente um dos melhores títulos lançados pela editora nos últimos meses... Leitura recomendada a quem deseja se emocionar, não sem uma pontada de angústia no peito como bônus de leitura...

10 Comentários:

Pandora Says:
26 janeiro, 2017

Concordo com tudo que você disse do livro! Foi um dos melhores lançamentos da Novo Conceito nos últimos tempos, é uma fantasia cheia de mensagens e no final emociona. Aliás, sobre emoção, eu acrescento que adorei a forma não apelativa que o autor escolheu usar para tratar do câncer, da perda e da dor. Leio muitos dramas e vejo que tem autor que apela demais hahhaahah eu sempre caiu e morro de chorar, mas sei que o choro foi induzido, em 7 minutos não rolou isso, o livro é bom mesmo! Adorei a resenha!

Trouxa do Livro Says:
26 janeiro, 2017

Essa capa é linda, a nova conceito simplesmente arrasou. Eu não conhecia a história, mas já fiquei bem encantado e curioso para saber mais da trama, e claro ler antes de chegar a adaptação. Fiquei bem curioso para saber mais sobre o Conor, e de como ele deve ter sido bastante forte para encarar todas essas situações com pouca idade. Fiquei feliz que tenha gostado da obra, é pequena mas que aparenta ser uma leitura bem gostosa e que pelo jeito, eu derramaria lágrimas.
Trouxa do Livro

Rayanni kellsin Says:
27 janeiro, 2017

Olá, tudo bem?
Quero muito esse livro lindo, parece ser uma leitura bem maravilhosa!
A edição está mesmo um luxo, como sempre!
Um beijo.

Kemmy Oliveira Says:
28 janeiro, 2017

Eu estou super curiosa pra ler esse livro, aliás ele tá aqui na minha estante aguardando para ser avidamente devorado.
Quero saber que verdade é essa que o monstro exige hehe

Beijos,
Kemmy - Duas Leitoras

Camila Mondaini Says:
28 janeiro, 2017

Estou louca de vontade pra ler esse livro. Descobri que vai virar filme mas quero ler antes de ver o filme. O pior é que ainda não comprei e estou super curiosa sobre essa verdade que o tal monstro exige e como é o relacionamento dele com Connor.

beijinhos

Paty Souza Says:
29 janeiro, 2017

Oioi.
Taí um autor que estou doida pra conhecer: Patrick Ness.
Adoro fantasia, e com metáfora acredito que ficará melhor ainda. Desde que soube que o livro seria adaptado fiquei ainda mais ansiosa pra ler. Não sabia que a ideia original era de Siobhan Dowd.

Até mais!!
Leituras da Paty


Francine Nunes Says:
29 janeiro, 2017

Olá!
A primeira vez que ouvi falar desse livro fiquei muito interessada.
Não só pela premissa que é incrível, mas também pela edição que me encheu os olhos.
Quero ler esse livro aindaesse ano, já até separei um espacinho pra ele no segubdo semestre de 2017.
Abs e parabéns pela resenha, saber que você gostou me instigou mais pela leitura.

Larissa - Srta. Bookaholic Says:
30 janeiro, 2017

Oi, tudo bem?
Eu confesso que ultimamente estou bem por fora quando o assunto são livros da Nc. Mas lendo sua resenha agora fiquei realmente curiosa com a obra. Gosto de histórias sensíveis e com protagonistas crianças, logo já marquei na lista e espero gostar também.

Beijos :*

Cia do Leitor Says:
31 janeiro, 2017

Olá!
eu recebi esse livro e estou muito ansiosa pra ler, antes de assistir o filme, claro.
Sei que emociona e que sofrerei, mas, ainda assim sei que vou amar. Adorei a resenha me instigou mais. :)
Ni
Cia doLeitor

Angélica Lima Says:
31 janeiro, 2017

Oi, tudo bem?
Várias pessoas tem realmente falado em deste livro.
Que bom que o autor deu andamento à ideia original. Acho que vou chorar bastante quando ler este livro.
Bjs

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...