Para o natal, uma aventura contada por Dickens...

| 25 dezembro 2016 | |


Trago a vocês nessa data em específico, uma obra que combina perfeitamente com a época: Uma aventura de natal, escrito por Charles Dickens em 1843. Ebenezer Scrooge é um homem de negócios que perdeu seu sócio há algum tempo e vê o natal como um verdadeiro desperdício de dinheiro. Sua rabugice é motivo de piadas em toda a Londres, e vive apenas de contar suas moedas, sem aparentemente se apegar a ninguém...

Durante o natal, recebe a visita de Marley, seu sócio morto. Essa aparição vai mudar para sempre o destino de Scrooge, bem como a forma de enxergar o mundo, após as experiências fantasmagóricas que ele passa a vivenciar...

Ambientado numa Inglaterra Vitoriana, o romance de Dickens detecta os males de uma sociedade fria e apática. A figura do protagonista simboliza o auge da recente Revolução Industrial, critica o capitalismo selvagem e a exploração do trabalhador. O elemento que sinaliza o oposto da frieza capitalista é o sentimento de compaixão que se desvela ao longo da história...

Existem várias adaptações da obra para o cinema, teatro e até mesmo histórias em quadrinhos. O personagem Tio Patinhas foi claramente inspirado no protagonista Ebenezer Scrooge. A popularidade das adaptações se sobrepõe inclusive ao clássico que lhes deu origem.

A opinião de muitos é que as ações descritas na  trama traçam bem o panorama do que acontece no Natal... Numa época em que valores como empatia, solidariedade e união familiar perdem seu lugar para o consumismo, horas extras e o típico 'viver de aparências' nas redes sociais, creio que esta afirmação não se encontra muito distante da realidade, e certamente faz muito sentido...

Um clássico para todas as idades e momentos, mas que no período natalino, pode ter a mágica de potencializar nossas habituais reflexões acerca da  sociedade doente  em que vivemos...


10 Comentários:

Michele Lopez Says:
30 dezembro, 2016

Olá,
Ainda não li esse clássico, mas adorei saber as informações que trouxe sobre a obra para nós nessa data e tenho certeza que a leitura dele é mais do que indicada nessa época do ano e até nos faz refletir sobre algumas atitudes que podemos estar apresentando.
Adorei e lhe desejo um excelente 2017 repleto de alegrias e conquistas.

http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

Thaís Says:
31 dezembro, 2016

Oie Maria Valéria!
Eu adoro ler histórias temáticas, que correspondem com a época q estamos passando.
Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas já tenho esse livro na lista de desejados. Só vejo comentários positivos sobre ele.
Adorei!
Bjo

Joyce Souza Says:
31 dezembro, 2016

Olá!
Ano passado eu assisti o filme dessa história interpretado pelo Jim Carrey, mas confesso que não gostei muito, embora a história em si seja bacana. O livro, com certeza, deve ser bem melhor. Realmente ela traz muitas reflexões acerca da sociedade em que vivemos.

Beijo,
http://subscrevendome.blogspot.com

Um Reino Muito Distante Says:
01 janeiro, 2017

Olá! Infelizmente de Dickens, no momento, li apenas Grandes esperanças e devo dizer que adorei a experiência, justamente por levantar questões e nos levar a refletir. Vou guardar a dica para o próximo natal ;D Excelente resenha!

umreinomuitodistante.blogspot.com.br

Garotos Perdidos Says:
01 janeiro, 2017

Oi Maria,
Adoro a história do Sr. Scrooge. Vi diversas adaptações, mas nunca li o clássico de Charles Dickens.
Já incluí na minha TBR de dezembro deste ano.
Beijos,
André, do Garotos Perdidos
Não deixe de conferir o novo layout do blog :}

Débora Costa Says:
02 janeiro, 2017

Charles não é um autor que eu tenho com frequencia na minh estante. Não conheço muito do trabalho dele, mas infelizmente pelo o que eu li, não acho o romance me prenderia.

http://laoliphant.com.br/

Angélica Lima Says:
02 janeiro, 2017

Oi, tudo bem?
Já ouvido falar do livro por um personagem de um outro livro que li e acho bem interessante a temática, vou anotar aqui, quero voltar a ler clássicos e esta seria uma boa leitura :)
Bjs

Catharina M. Says:
02 janeiro, 2017

Oie
ainda não conhecia os livros mas acho bem legal essas leituras temáticas para o natal e esse tem um enredo bem interessante, e to querendo ler mais uns classicos

beijos
http://realityofbooks.blogspot.com.br/

Isa Pasqualini Says:
03 janeiro, 2017

Olá!
Esse livro parece ser muito legal, as adpatações eu já vi e pretendo iniciar o amor por dickens esse ano, ano passado foi do poe.. aliás, acho que a vida inteira serei do poe...
bjs
:)

Bruna Lombardi Says:
10 janeiro, 2017

Oie,
Já vi algumas adaptações, mas nunca li. A trama é interessante, e eu já anotei para poder ler em breve (mesmo que não seja em época de natal kk).

Beijos
Bru, Cantinho da Bruna

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...