A ilha misteriosa, de Julio Verne

| 29 dezembro 2016 | |
 A ilha misteriosa foi publicado em 1874, e é mais um dos romances de aventura que trago  resenhado aqui no blog. Dono de uma escrita fluída e  cativante, Julio Verne é um dos grandes precursores do gênero Ficção científica na literatura... Nesse livro em questão, conta-se a história de cinco prisioneiros que empreendem uma fuga num balão e que acidentalmente desembarcam numa ilha deserta em meio ao Oceano Pacífico

Nessa ilha, eles precisam se unir para sobreviver usando dos recursos que aquele pedaço de terra dispõe. Eles formam uma espécie de colônia, e a medida que o tempo passa, vão perdendo as esperanças de algum navio atracar naquelas paragens... Curioso citar Top, um cachorro que os acompanhou na fuga mal-sucedida no balão...

Eles se alimentam de mariscos, raízes, pesca, caça, precisam conservar fogo, arrumar um abrigo, e em meio a algumas situações de risco, percebem que há algo estranho na ilha... seria um ser misterioso que acaba ajudando sem querer ser visto. O motivo desse auxílio ainda é desconhecido, tanto para o leitor quanto para os personagens. Logo surgem outros personagens, que são inseridos de maneira impactante na trama...

A ilha misteriosa é ambientada na época da Guerra Civil americana. O grupo de prisioneiros é composto de um engenheiro ferroviário [Cyrus Smith] e seu fiel servo [Nabucodonosor, chamado por Nab], e o cão. Um marinheiro e seu filho [Pencroft e Herberto, respectivamente], e o jornalista Gideon

É impossível falar algo mais que não seja arriscado dar spoiler, então prefiro deixar com vocês a descoberta dos segredos da ilha. Em dado momento, surgem mais dois personagens na história, tendo papeis importantes para o desfecho. Mesmo se tratando de  um clássico de aventura do século XIX, a escrita é agradável e  em momento algum soa cansativa  para  aqueles que não tem o hábito de leituras  clássicas. As descrições narrativas são um atrativo que deixa a leitura envolvente, a ponto de não largar o livro até o final...


Indicado para jovens leitores, para os antigos, para aqueles que buscam aventuras com direito a piratas, sobrevivência nos mares e narrativas ágeis e surpreendentes... Se você nunca leu nada de Julio Verne, aconselho a começar por outro título dele. Não por  dificuldade de compreensão, mas a fim de  não estragar elementos-surpresa na narrativa/cronologia... Em breve posso fazer um post/guia de leituras das obras do autor. Sugestões? Podem deixar nos comentários...

Espero que tenham curtido a resenha. A ilha misteriosa foi um dos títulos escolhidos para a Maratona de Natal 2016. Saiba mais clicando aqui.


7 Comentários:

Kris Oliveira - Conversas de Alcova Says:
03 janeiro, 2017

Val, achei ótimo que uma das coisas que tu elucida na resenha é que a escrita dele é fluída, sempre tive curiosidade de ler e tinha medo de ser aquelas leituras enfadonhas e prolixas, porque ficção cientifica é completamente fora da minha caixinha.
Então dica anotada.
Beijooos

Blog Resenhando Says:
03 janeiro, 2017

Oii, acredita que ainda não li nada do Julio Verne. Mas fiquei bem interessada por esse livro e com certeza vou procurar para lê-lo.

Beijos

Vanessa Vieira Says:
04 janeiro, 2017

Sou suspeita para falar de suas dicas literárias. Até hoje todas que vi por aqui eu gostei! heheheh. mais um pra minha lista de desejados ( que só cresce). Sensacional a tua resenha Val. Meus parabéns.

Feliz 2017 ^^

Angélica Lima Says:
04 janeiro, 2017

Oi, tudo bem?
Eu só li um livro do Verne e tenho Viagem ao Centro da Terra aqui, gostei muito da escrita dele na época em que li e gostei da premissa de A Ilha Misteriosa, fiquei bem curiosa sobre os personagens que são inseridos de forma impactante!
Bjs

NeyaRa Says:
06 janeiro, 2017

Confesso que nunca li nada do Julio Verne, mas creio que por nunca ter parado para pesquisar sobre suas obras e escrita. Achei bem interessante o enredo, fiquei imaginando o convívio entre eles nessa situação de limite e como eles resolveram a situação, será que eles conseguem sair de lá? Haha. O jornalista deve ter saído da ilha com várias matérias prontas, haha.
Parabéns pela resenha!
Beijo
http://capsuladebanca.blogspot.com.br

Isaac Zedecc Says:
07 janeiro, 2017

Oi Val,
Nossa, sou super curioso com a escrita do Júlio Verne, e pensei que a história fosse mais parecida com um filme que tem por ai. Parece ser bem interessante, vou anotar e procurar.

Bjs

Licavargas Says:
07 janeiro, 2017

Lendo a sua resenha fiquei pensando porque é que eu nunca li nada do autor...
Acho que um pouco é por causa do gênero que não é bem meu estilo, mas estou achando que esse ano preciso sair um pouco mais da zona de conforto e arriscar um pouco mais. Vou dar uma olhadinha na ordem e ver se arrisco um de seus livros :)
Beijinhos,
Lica
Amores e Livros

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...