12 Meses de Poe: O coração Denunciador

| 10 outubro 2016 | |
 Tell Tale Heart, ou O coração denunciador é mais um dos contos de Edgar Allan Poe [re]lidos para o desafio #12MesesDePoe. Mas acabei tendo uns contratempos e atrasei uns meses... aos poucos vou colocando tudo em ordem novamente...

É uma história curta, em que o narrador comete um assassinato. Ele mata o velho com quem ele mora por não suportar olhar para o olho cego que o pobre homem possui... Depois do crime ele resolve sumir com o corpo, desmembrando-o em pedaços e enterrando tudo debaixo do piso... Pouco tempo depois, dois policiais vão visitá-lo e ele os convida a entrar, a fim de não deixar transparecer que tem algo relacionado ao desaparecimento do velho... 

Mas a medida em que conversam, algo vai deixando o narrador tenso, e ele nota certo zumbido que acredita se tratar do coração do homem morto... O zumbido vai aumentando, deixando o assassino em estado de alerta, passando da desconfiança para um abalar de nervos, culminando numa catástrofe...

Mais uma vez Poe utiliza de elementos de terror psicológico para construir sua narrativa... O horror parte da mente de seus personagens, a ponto de tornar visível suas perturbações... O leitor acompanha com intensidade a trajetória dos narradores rumo à loucura... 



"E agora, eu não lhe disse que aquilo que o senhor tomou por loucura não passava de hiperagudeza dos sentidos? Agora, repito, chegou a meus ouvidos um ruído baixo, surdo e rápido, algo como faz um relógio quando envolto em algodão. Eu também conhecia bem aquele som. Eram as batidas do coração do velho. Aquilo aumentou a minha fúria, como o bater do tambor instiga a coragem do soldado."

19 Comentários:

Art Of Life and Books Says:
10 outubro, 2016

Amo a escrita do Poe e achei o post super interessante, é um ótimo projeto. ♥
Art of life and books.

Vanessa Ferreira Says:
10 outubro, 2016

Olá.
O conto parece muito bom. Gostei desse.
Beijos lindona.

meumundosecreto

Faby Souza Says:
10 outubro, 2016

Olá Valeria, tudo bem? Nossa que conto tenso kkk Já li muitos contos dele, mas esse eu desconhecia. Amei o desafio. Sucesso. Bjs
http://www.facesemlivros.com/

Fabrica dos Convites Says:
10 outubro, 2016

Já pensou se todo assassino começasse a ouvir o coração daquele que matou??? Surreal. Não conhecia este conto, e achei interessante e estressante para o criminoso. Gostei.
Bjs

Anna Caroline Says:
11 outubro, 2016

Oi, tudo bem?
Eu comecei a pouco ler alguns contos de Edgar Allan Poe, já li três e acabei me apaixonando pela escrita do autor, sempre que me deparo com uma dica já corro para marcar para minhas próximas leituras. Esse conto me lembra um pouco "O Gato Preto" e como certeza deve ser uma leitura tão boa quanto, acredito que o terror psicológico impresso no protagonista dessa história deve deixar o leitor impressionado.
Espero ler em breve!
Beijos

Danielle Rodrigues Casquet de Melo Says:
11 outubro, 2016

Olá Valéria tudo bem, tenho acompanhado mais o seu blog, e estou procurando ler os autores que vc indica, e estou adorando a experiencia. Edgar Allan Poe eu li um livro O corvo e sai da minha zona de conforto. O coração denunciador é bem intenso lendo um pouco sobre ele. Ainda mais com elementos de suspense e terror psicológico. Bjkas

Cidália Maria Milani Says:
11 outubro, 2016

Parece um conto bem aterrorizante!! Nunca li nada parecido. Gosto de suspense, mas sem terror psicológico.
Vou passar a dica!

Bjos.

Dayane Reis Says:
12 outubro, 2016

Olá Maria =)
Esse livro não faz parte do que eu sou acostumada a ler. Mas é sempre bom ler algo novo. Esse livro parece ser interessante, se eu resolver ler algo do gênero acho que irei começar com esse livro. Beijos'

carool santos. Says:
12 outubro, 2016

Olá Maria, sempre tive curiosidade de conhecer Edgar Allan Poe, mas como ele não faz parte dos meus gêneros, sempre fico com receio. Começar com um conto curto deve ser uma boa. Sua resenha me deixou curiosa!
Beijos,
https://diariasleituras.blogspot.com.br

Isabella Marques Says:
12 outubro, 2016

Nunca li nada do autor embora tenha curiosidade. Achei a historia meio pesada e assustadora,não sei se leria agora, mas achei interessante.

Carolinavga Says:
13 outubro, 2016

Oi Val.
Esse conto é ótimo! Eu achei que a escrita do autor e o clima tenso ajudam a história, e achei muito bom. Li já tem algum tempo, e tenho vontade de reler alguns dos contos que já li. ^^

Beijos
http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

Yohana Sanfer Says:
14 outubro, 2016

Oi, Maria Valéria! Não conhecia este conto. Me pareceu bem estranho de início, mas provavelmente por eu não estar acostumada com o gênero. vou conferir os outros. ;)

Bjs,
Yohana Sanfer
http://www.papelpalavracoracao.com.br/

Catrine Vieira Says:
14 outubro, 2016

OOi!
Consigo perceber que a trama é bem interessante, contudo, não para mim. kkkk Acho que mais para quem curte gênero... Nunca li nada do Poe, mas embora não tenha vontade, seria uma ideia para, quem sabe, uma saída da zona de conforto. haha

BeijoOS!

Rodrigo Costa Says:
15 outubro, 2016

Tenho uma antologia do mestre aqui na fila para ser lido. Depois do seu post lembrei o quanto preciso ler logo. Adorei.

Abraço;

http://estantelivrainos.blogspot.com.br

Catharina M. Says:
15 outubro, 2016

Oie
nunca li nada autor ainda mas vontade não me falta ja que amo o gênero e sei que ele é um dos mais reconhecidos, belo post

Beijos
http://realityofbooks.blogspot.com.br/

Jessica Santos Says:
16 outubro, 2016

Oi Maria,
sempre ouço coisas maravilhosas sobre Poe, mas até hoje nunca li nada dele. Esse Coração Denunciador parece fazer meu estilo. Achei fantástico! Quero ler!
Beijos
Blog Relicário de Papel
www.relicariodepapel.wordpress.com

Priscilla Beatriz Says:
17 outubro, 2016

Oi Maria
Esse mês de outubro está apto para leituras arrepiantes, não acha???
Adorei sua dica e tenho que voltar a ler Edgar... ele é simplesmente maravilhoso!
Bjuss

Kátia Moura Says:
19 outubro, 2016

Olá!


Se tem uma pessoa que sabe o que é atrasar posts, sou eu. Eu adoro contos, fico fascinada quando tem esse tipo de tema neles. Não conhecia e nunca tinha lido algo do poe, mas estou aberta a ler, pois parecem serem ótimos.


Oxente, leitora!

Larissa Fernandes Says:
22 outubro, 2016

Olá tudo bem?
Coincidentemente hoje, fui em um evento e citaram um dos contos do Poe, não conheço autor muito bem.
Gostei muito do seu post!
Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...