#Lendo Sandman - Fim dos Mundos [9º arco]

| 08 agosto 2016 | |
 Já estamos chegando à conclusão do Projeto de Leitura #LendoSandman e é com muita satisfação - apesar da tristeza de me despedir dos personagens - que rumo ao desfecho, que promete deixar um vácuo inexplicável... Na verdade, sempre me sinto assim quando concluo um arco da história, mas ao mesmo tempo também me surge a sensação de que aprendi algo ao longo das páginas, algo que torna-se intrínseco a mim...


Fim dos Mundos compreende as edições 51 a 56. Logo no início da HQ, me deparo com uma relevante referência ao universo de H. P. Lovecraft e sua 'criação de universos'... Um homem está viajando numa estrada rumo a Chicago, na companhia de sua colega de trabalho, que se encontra dormindo no banco do carona... Ele deveria acordá-la, pois é seu turno para dirigir mas ele não sente sono e não quer interromper o sono de Charlene. Mas, [in]felizmente um acidente acontece e eles perdem o caminho [literalmente]... Acabam chegando a uma estalagem chamada Fim dos Mundos e são acolhidos de maneira gentil por estranhos seres, incluindo um centauro... Após algumas horas de descanso nessa paragem, e se abrigando da tempestade que ocasionou o acidente, Brant e Charlene escutam atentamente as estórias contadas por aquelas pessoas, que também esperam a tempestade de realidades passar para assim, seguirem seus caminhos...




Na primeira delas, Robert é um homem que observa seu 'ao redor' todos os dias, enquanto vai para o trabalho. Ele conhece bem as nuances da cidade onde vive, sua rotina nunca se abala... Mas certo dia, algo diferente acontece e ele se depara com uma parte da cidade que não é familiar a seus olhos... A experiência deixou alguns traumas e quando ele volta a realidade, acaba se isolando no campo, de onde não quer mais sair... Ele teme que a cidade 'acorde'...

Um personagem que já havia aparecido num arco anterior [não lembro agora qual deles, sorry] aparece na estalagem, e conta sua história de 'fadas'. Trata-se de Cluracan. Em sua história, temos a participação de Sonho, que a pedido da irmã de Cluracan, o tira da prisão em que foi encarcerado... A areia do tempo escorre para os viajantes presos na taverna e a tempestade não dá sinais de acabar tão cedo... E mais histórias são contadas...

Jim é um marujo, que aos 13 anos pulou a janela do quarto para não voltar mais para casa... Ele não conheceu o pai mas herdou dele a sede por aventuras no mar... Numa dessas viagens a bordo de navios, ele conhece um homem [também já conhecido do leitor de Sandman], que acaba descobrindo seu segredo... E quando Jim se dá conta, percebe que não mais poderá seguir viagem sob o risco de alguém descobrir sua identidade...

Seguindo o arco, há uma história sobre um rapaz destinado a se tornar presidente dos Estados Unidos. Prez Rickard representa uma espécie de figura divinizada e em alguns pontos da trama encontrei alusões a Cristo, como por exemplo nas tentações oferecidas por um estranho senhor  Smiley, que seria o diabo que tentou Cristo no alto da montanha, lhe prometendo riquezas... Outro ponto que me fez lembrar certo trecho bíblico é quando Prez 'se perde' dos pais [com 13 anos] e é encontrado posteriormente numa conversa ao lado de homens importantes. [Jesus se perdeu da caravana que levava seus pais e foi encontrado dias depois num templo, conversando com sacerdotes e sábios...]...

Sua figura opera 'milagres' econômicos, ele prega a igualdade entre ricos e pobres, menor miséria entre os desfavorecidos, discursos de paz etc... Mais a frente, sua noiva é morta num atentado... Já vi isso antes mas não consegui lembrar a que isso faz referência... 

A próxima história também me tocou de forma assombrosa, é sobre funerais e rituais aos corpos que são velados de maneiras distintas em algumas culturas... Algumas cenas desse arco são viscerais... grotescas mas com um toque de seriedade que os sepultamentos 'exigem'... Há também uma espécie de 'cartilha da AIDS' protagonizada por Morte ao fim dessa edição... 

Há ainda outra história fechando Fim dos Mundos, que fala da Morte como algo inescapável. É a sina de todos... E o passo-a-passo que vai da morte em si até o momento de despedida final não serve na verdade aos mortos, e sim a quem está vivo, vivenciando o processo e se faz necessário a fim de aceitar/se conformar com a perda... É o luto vivido etapa por etapa... Esse trecho me foi intenso, devido a perda que tive recentemente, e ainda me sinto desconectada, como se algo me faltasse e eu não soubesse bem como seguir sem ele... Vocês não tem noção do quanto esse final do arco me impactou... 

 A tempestade cessa e as pessoas rumam de volta a seus mundos, a suas eras... Brant precisa seguir, mas Charlene tem outros planos para si... Outros Perpétuos dão o ar da graça na maioria das edições que compreendem Fim dos Mundos. Mais uma vez a genialidade de Neil Gaiman se faz presente ao contemplar o leitor com analogias filosóficas, mesclando o fantástico com a cultura pop com maestria...




Em breve trarei a vocês a postagem sobre o arco Entes Queridos, espero que tenham curtido a resenha de hoje... Até a próxima, beijos...

6 Comentários:

Gleyse Vieira Says:
09 agosto, 2016

Oi Val, até eu que apenas acompanhei as postagem por aqui, vou sentir falta. Fiquei querendo muito ler Sandman. Vou procurar aqui pela minha cidade ou na internet. Bjs

Aline Furtado Says:
10 agosto, 2016

Olá!
Não costumo ler HQ's, mas confesso que sua resenha me chamou atenção, principalmente por ser de Neil Gaiman.
Os personagens parecem muito bem caracterizados no contexto da história.
Entrou para minha listinha, espero encontrar para comprar.
Beijos.

Li
literalizandosonhos.blogspot.com.br

Thatyane Says:
10 agosto, 2016

Oi, não sou de ler HQs hoje em dia, mas os de Sandman, não fazem o meu estilo, eu curto mais HQs de super herois ou leio mangás japoneses, por isso, não leria, mas aprecio a sua resenha e achei bem esclarecedora, mas por causa do estilo, eu não leria.
bjus

Livros da Beta Says:
11 agosto, 2016

Olá, Maria! Adoro suas dicas literárias!
Não sou muito fã de HQ, mas fiquei bem curiosa com esta. Vou procurar saber mais e quem sabe eu não dê uma chance???

bjs
www.livrosdabeta.blogspot.com

Déborah Says:
14 agosto, 2016

Val, sempre curto as resenhas sobre Sandman e fico com o coração apertado por tá tão atrasada.
Acho que o fato de ir tão devagar é porque não quero me despedir.
Estou adorando o seu trabalho nesse projeto.
Amei ♥

carool santos. Says:
15 agosto, 2016

Confesso que não leio muito HQ's mas essa me chamou atenção. Pelo que eu vi a resenha começou com algumas edições bem a frente. Ao total são quantas? Adorei e já quero <3
Beijos,
diariasleituras.blogspot.com

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...