O corvo diz: Nevermore...



"Diante da ave feia e escura,
Naquela rígida postura,
Com o gesto severo, - o triste pensamento
Sorriu-me ali por um momento,
E eu disse: "Ó tu que das noturnas plagas
Vens, embora a cabeça nua tragas,
Sem topete, não é ave medrosa,
Dize os teus nomes senhoriais;
Como te chamas tu na grande noite umbrosa?"
E o corvo disse: "Nunca mais".
Machado de Assis 





"E esta ave estranha e escura fez sorrir minha amargura
Com o solene decoro de seus ares rituais.
"Tens o aspecto tosquiado", disse eu, "mas de nobre e ousado,
Ó velho corvo emigrado lá das trevas infernais!
Dize-me qual o teu nome lá nas trevas infernais."
Disse o corvo, "Nunca mais".
Fernando Pessoa

Considerado um dos poemas mais famosos da literatura clássica moderna, O corvo, escrito por Edgar Allan Poe ganhou uma versão em ebook que pode ser encontrada no site da Editora Darkside Books, e você pode baixá-la gratuitamente. Além da versão original em inglês, o ebook nos presenteia com duas de suas incríveis traduções, uma delas pelo grandioso Machado de Assis e a outra por Fernando Pessoa, e eu não saberia dizer qual das duas é mais fiel à narrativa em sua língua original [meu inglês não é dado a essas coisas], mas em ambas percebemos o cuidado estético de tradução, a fim de passar ao leitor a essência soturna do poema.

Edgar Allan Poe foi um dos grandes nomes da literatura americana, escreveu poesia, contos policiais e de horror, sendo mais reconhecido por estes últimos. Teve uma vida breve regada a infortúnios, que acabam por se espelhar em sua obra. Sua morte até hoje é cercada de mistério devido à situação calamitosa em que foi encontrado na rua, dias antes de falecer num hospital... 


O corvo - ou The Raven - foi publicado pela primeira vez em 1845, notável por seus versos cadenciados e atmosfera terrorífica, repleto de metáforas e considerado um expoente do romantismo na literatura americana. O corvo, figura agourenta que bate à porta do narrador, pousa sobre o busto de Atena, representando a morte, que levou a amada Lenore da vida do narrador... A ave negra representa a inevitabilidade da morte, que nos é irremediável e através de sua figura, percebemos o pesar que se abateu sobre o coração do homem que perdeu o amor de sua vida. 

Além das traduções para o português, Charles Baudelaire também traduziu para o francês, bem como outros de seus trabalhos. No ebook da DarkSide, a parte final é um texto escrito pelo poeta francês, que admirava a obra de Poe. 





Existem inúmeras referências na cultura pop a partir da obra do escritor, em especial ao poema O corvo. Filmes, curtas, livros, músicas... Soam como verdadeiras odes ao talento do mestre, que tão pouco viveu, mas imortalizou-se na literatura de horror fantástico como poucos o fizeram...



Para ler o poema, clique no link abaixo:
Para mais postagens sobre o autor:







21 comentários:

  1. Oii Maria, tudo bem?
    Realmente me surpreendi diante desse poema, sabia da existência, porém parei para realmente ler e agora você me vem com isso! Com toda certeza irei baixar no site da editora, por mais que seja em e-book.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Olá Maria, muito bacana sua resenha. A editora Darkside, ultimamente, vem arrasando. Principalmente nas capas dos livros. Adorei, mais ainda, saber que o ebook é free. Vou já baixar para ler.
    Obrigada pela dica ;)
    Academia Literária DF

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Adorei o post, ultimamente tenho tentado me inserir nessas obras do Poe e o seu post foi bem esclarecedor.

    Abraços
    colecoes-literarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá! Como vai?
    Já li vários livros do Edgar Allan Poe, todos maravilhosos, ele é o mestre do terror. Vale a pena, quem curti esse tipo de leitura. Obrigada pela dica! Parabéns pelo excelente post!Beijos literários no ♥

    ResponderExcluir
  5. Oi Maria, sinceramente você arrasou na resenha e na indicação da leitura do poema o Corvo de Edgar Allan Poe. A editora DarkSide Books tem me encantado com suas publicações e essa agora, sem palavras.
    Obrigada pela dica em especial pela sua excelente publicação.
    Um abraço
    Daniela Correa

    ResponderExcluir
  6. Nossa! poema tocante, o corvo e uma das minhas obras favoritas sem contar que Edgar e um autor fenomenal, uma lenda que tocara varias gerações afim, já tenho alguns livros da editora DarkSide e todos eles me encantam assim como esse post também me encantou...
    Beijocas...
    https://westfalllivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem? Gostei da sua resenha e nesses últimos tempos estou querendo leituras assim e sua postagem foi ótima, beijos!

    ResponderExcluir
  8. Valéria, que bacana a Darkside ter disponibilizado esse conto tão famoso.
    Ain, não sei qual das duas traduções tenho mais vontade de ler.
    Que bom que elas estão fieis.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  9. Oi. Eu já ouvi falar do autor, mas nunca procurei ler nada dele. Recentemente vi em um grupo de venda de livros que O Corvo estava sendo vendido. Não conhecia nada da história, mas lendo a resenha, parece que a obra é densa e muito emocionante, mas ainda assim não faz o meu estilo.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bem? É impossível alguém que não conheça Allan Poe e seus livros. Eu até comprei um livro de bolso mas ainda não tive tempo de ler. Faz pouco tempo que conhecei essa editora e já tenho curiosidade para ler seus livros. Gostei da sua indicação. Beijos, Érika ^^

    ResponderExcluir
  11. oi, tudo bem?
    esse conto é ótimo!!! eu tenho uma edição bilíngue ilustrada, com tradução de Fernando Pessoa, que é a coisa mais linda! É ebook, mas foi um dos poucos que paguei mais caro feliz da vida
    A obra é incrível mesmo, eu li alternando as versões em português e inglês, e a tradução está mesmo incrível, porém, a sonoridade do idioma original é incrível!
    Comecei a ler a versão de Machado, mas não gostei
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá...para tudo! Que incrível, essa DarkSide não cansa de me surpreender. Já estou doida aqui para ler o poema <3

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Nunca li nada do Edgar mas vou procurar ler o mais breve possível. Esse conto em especial me chamou muito a atenção.

    beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Esse poema é mesmo maravilhoso! Achei muito bacana a DarkSide disponibilizar o e-book gratuitamente. E os tradutores, hein! Não poderiam ser melhores, afinal, traduzir poemas já não é uma tarefa fácil, é um dos gêneros mais difíceis para uma tradução. Em se tratando de um poema tão rico quanto este, fica mais difícil ainda. Só Machado e Pessoa mesmo para uma tarefa dessas.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  15. o Poe é demais né!? Comprei uma edição linda com seus mais assombrosos contos e quero ler tudo em breve! rsrs. Adorei seu texto/post. Todo mundo precisa conhecê-lo!
    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oie
    nunca li nada do autor mas fiquei curiosa desde que comecei a ouvir falar bastante dele e gosto muito dos generos que ele escreve então vou anotar a dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Sempre tive curiosidade de ler Poe (acho que já devo ter comentado isso por aqui), mas por algum motivo nunca comprei nada dele, nem busquei os piratões pela internet. Então, acho que a esse ebook gratuito vai vir a calhar - mesmo eu não sendo muito fã de ler pelo celular (não tenho kindle nem derivados).

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  18. Oi Maria, sua linda, tudo bem?
    A Darkside é o máximo mesmo!!! Adorei essa novidade. Não sabia que o próprio Machado de Assis e o Fernando Pessoa já tinham feito uma tradução da obra do Poe. E muito menos sobre o mistério que ronda sua morte. Gostei muito da sua postagem.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Poe é um cara simplesmente sensacional. Estou, recentemente, acompanhando uma série do YouTube que fala muito sobre o trabalho dele.


    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá!!!! Poe é simplesmente incrível e acredito que será sempre atual! Não estava sabendo dessa versão da DarkSide, valeu a dica!!

    bjss
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oiii
    Já tentei ler Poe. Li alguns contos, mas acabei não gostando.Acho que o momento da minha vida não ajudou. O corvo é supeeer famoso. Um dia quero ler. Não quero fazera leitura forçada para não correr risco de não gostar.
    Bjus

    ResponderExcluir

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Witches Hat
Tecnologia do Blogger.