Onde cantam os pássaros, de Evie Wyld...

| 27 abril 2016 | |

Bem, a resenha que trago para vocês hoje é sobre o livro Onde cantam os pássaros, da autora Evie Wyld e publicado ano passado pela Editora DarkSide Books. Confesso que tinha muita vontade de ler o livro desde que vi o lançamento, mas o que eu esperava dele revelou-se algo completamente diferente... eis o meu pecado, colocar expectativa demais... 

Jake Whyte vive numa fazenda de ovelhas, sozinha e quase sem contato com 'a civilização'. Logo de início o leitor descobre que ela se esconde de algo - ou alguém - de seu passado. Em companhia de seu cachorro "Cão", ela vem tendo problemas com alguma coisa que está atacando suas ovelhas, e não sabe se é um animal ou uma pessoa... O que é fato é que sua paranoia em estar sendo perseguida só aumenta ao longo da história...

Além dos rumores sobre um animal percorrendo as redondezas, a figura de um homem que ela encontra em sua propriedade e algumas crianças lhe provocando, Jake precisa lidar com as cicatrizes que possui em suas costas, herança de um passado perdido na Austrália e que ela não consegue se desvencilhar... Todos esses conflitos tornam a vida de Jake extremamente angustiante...

Confesso que nas primeiras cem páginas a história havia me prendido facilmente, além da leitura ter sido bastante fluída, mas a partir daí as coisas começaram a perder o ritmo. Eu lia mais na tentativa de descobrir o que era a causa da morte das ovelhas estraçalhadas, quem era Otto, citado constantemente em algumas passagens do passado da protagonista e saber o motivo de suas marcas nas costas... Até compreendi algumas dessas questões mas a principal delas pra mim ficou bastante vaga...

O livro conta com alternação de épocas, ora Jake narra sobre seu presente, ora viaja ao passado contando de seu envolvimento com Otto, uma amiga e sua família. No presente, ela anda saindo com um amigo de trabalho e se vê chantageada por outro colega, e não houve um desenvolvimento desse paralelo na história...

Narrado em primeira pessoa, o livro é cheio de descrições - por vezes desnecessárias - a sensação que tive é de que a autora focou em pontos pouco importantes deixando de lado partes fundamentais para melhor entendimento da trama...

Mas a obra não possui apenas aspectos negativos. Com relação a diagramação o trabalho da editora foi primoroso. A capa é um show a parte. A escrita da autora é fluída [só não vá com sede ao pote pedindo respostas em algumas coisas, você não vai tê-las] e se você curte roteiros estranhos, que exijam maior atenção e deixa as coisas 'no ar', certamente vai curtir a leitura; ela possui um bom teor psicológico e as cenas de maior tensão - quando Jake pressente intrusos em sua casa - são de tirar o fôlego. 

Em suma, me decepcionei talvez por ter lido esperando algo sobrenatural ou um thriler com desfecho impressionante, mas se você não esperar nada disso, pode até se envolver plenamente com o livro...

Post relacionado:

7 Comentários:

Bia Gonçalves Says:
28 abril, 2016

Oi Maria tudo bem? Eu acho que o maior dos meus erros é sempre relacionar obras da Dark com terror. Também fico esperando algo que me dê muuito medo. E não estou dizendo que a editora faz propaganda enganosa não rsrs. No geral, acredito que iria gostar da obra, pois aprecio essa coisa de ser "deixado no ar". Foi bom ler os seus pontos negativos, peguei o conselho e não irei com tanta sede ao pote.
Beijos
http://lua-literaria.blogspot.com.br/

Andrea Galvão Says:
28 abril, 2016

Eu tinha visto a capa desse livro e achado bem bonita - as edições da DarkSide são sempre caprichadas, né?
Uma pena que vc se desapontou com o livro, é mesmo uma pena quando isso acontece ): Realmente a premissa parecia bem interessante, mas é ruim quando do nada não vemos o desenvolvimento de uma parte do enredo, né?
Beijos,
Déia
Own Mine

Pollyanna Campos Says:
29 abril, 2016

Oii, tudo bom?
É tão ruim quando colocamos expectativas demais em um livro e ele se mostra muito menos do que esperamos, não é mesmo?
A premissa realmente parece bem interessante, mas, essa questão de as vezes haver descrição demais realmente incomoda bastante na leitura e isso não ajuda quando a autora foca demais em pontos que poderiam ser facilmente secundários né?
Gostei muito da sua resenha ^^


Beijos!
@PollyanaCampos
Entre Livros e Personagens

Aline Coelho Says:
29 abril, 2016

Maria muito bom acompanhar sua opinião sobre esse livro. Que pena que ele, no que diz respeito ao enredo, não foi o que você esperava. Isso não é legal, acredito que quando embarcamos numa leitura queremos que ela nos fisgue do começo ao fim. Mas te entendo, a pouco passei por algo semelhante e realmente fiquei com uma sensação de decepção, mas como vc mesma destacou muitas vezes o problema está em nós mesmas que criamos expectativas demais. Por isso penso que deveríamos ler com a mente aberta para ver o que o livro/autor tem para nos dizer e só depois formular nossa opinião. Mas sei que isso é muito difícil, principalmente nos livros que tiveram ótimas campanhas de marketing.
Confesso que a maioria das resenhas que li sobre esse livro, os leitores tiveram a mesma impressão que você. Dessa forma não tenho muito interesse nele, mas enfim valeu por compartilhar suas impressões aqui.

Leituras, vida e paixões!!!

Déborah Says:
29 abril, 2016

Valéria, não é meu tipo de leitura, ainda mais por não ter nada de sobrenatural.
A diagramação é sempre impecável quando se trata de DarkSide.
É uma pena que a história não te agradou tanto.
Descrições demais normalmente fazem a gente desmotivar.

Lisossomos

Blog Resenhando Says:
01 maio, 2016

Oii,

Confesso que estou um tanto curiosa para ler essa história. Também me enganei com o livro após ler a sinopse e um resenha...haha. Mas é a vida né? rs. Gostei da sua resenha.

Beijos

Biazinha Says:
02 maio, 2016

Desde que vi essa capa fiquei com vontade de ler,é uma pena que algumas respostas não sejam dadas,deixando o leitor sem saber sobre alguns aspectos importantes da trama, será que a autora se perdeu durante o processo criativo? Confesso que minha vontade de conferir a história caiu muito,mas acho que por conta dos pontos positivos,e do trabalho editorial da Dark Side,ainda sim pretendo ler.

bjsss

Apaixonadas por Livros

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...