Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





"Deixai toda esperança, ó vós que entrais!" Inferno. A divina Comédia [Dante Alighieri]

Páginas

18

Crepax e A história de "O"




A história de “O” é uma graphic Novel erótica baseada no livro homônimo de Pauline Réage, e ganhou vida através do traço excelente de Guido Crepax, famoso desenhista italiano, famoso no universo das Hq’s eróticas do século XX.

Nascido em Milão, criou a personagem Valentina Rosselli que viria a se tornar um grande ícone feminino dos quadrinhos para adultos. Crepax também adaptou Justine, do Marquês de Sade e alguns clássicos como Frankenstein de Mary Shelley e O processo, de Franz Kafka para os quadrinhos.

Em A história de “O”, a personagem O é levada por seu amante René a um castelo, e acaba sendo submetida a várias práticas sexuais e de dominação, e o leitor poderá presenciar as formas mais sádicas e bizarras fantasias do “senhor” que a possui... Se você for do tipo de leitor puritano, alerto que vai se chocar com o que vai encontrar... As práticas variam de chicotadas a zoofilia... A HQ é dividida em quatro partes [ou atos]. Na primeira delas O é levada ao castelo, se torna escrava sexual do senhor do Castelo de Roissy, e é preparada para as sessões sádicas, e seu amante presencia e aprova tudo... 




Há outras mulheres na casa mas elas apenas auxiliam nas atividades sexuais, ordenadas pelo homem a inserir alguns brinquedinhos em O... Na segunda parte a história dá mais ênfase a Sir Stephen, que irá cometer castigos ainda mais perversos em O. Vendas, chicotes, mordaças, consolos e tudo mais que você imaginar são utilizados com frequência e O nunca se recusa a obedecer e ser subjugada. Sir Stephen indaga se O tem alguma companheira além de René, e no capítulo seguinte somos apresentados a Jacqueline, amante de O, que nada sabe sobre as aventuras de sua amiga em Roissy... 

Stephen também a quer para si, mas O não está disposta a compartilhar sua amada com aqueles homens... Na terceira parte o foco maior do quadrinho é nas mulheres e no sexo entre elas. A parte final é um verdadeiro show de exibicionismo, e O obedece como uma boa e fiel escrava, por mais humilhante que possa parecer a situação... O sexo é pervertido e beira o cruel, mas sempre com o consentimento da protagonista. O traço de Crepax nos leva a adentrar a história e sentir-se como parte dela. A história foi publicada no Brasil nos anos 1980 pela L&PM Editores e em 2013 ganhou uma reedição, totalmente repaginada e que é essa que possuo em mãos... A história de “O” em quadrinhos é uma das Hq’s eróticas mais polêmicas já publicadas, por sua obscenidade e elegância em cada quadro. É uma verdadeira obra de arte e merece ser apreciada...





18 Comentários:

Catrine Vieira

Ooi
Não conhecia a história, Palace bem legal. E parabéns ao desenhista, ótimos desenhos!
Beijoos!
www.estantemineira.blogspot.com

Amor Literário

Oieee, tudo bem? Sempre gosto das suas resenhas e já comprei alguns livros recomendado aqui e gostei bastante, mas esse não me chamou a atenção, mas quem sabe mais pra frente né?

Livros Encantos

Ola Maria lindona confesso que a premissa do livro não me chamou atenção algumas práticas como Zoofilia não me convidam a leitura, mas fico feliz que apreciou a leitura, as ilustrações estão muito bem produzidas. beijos

Joyce
www.livrosencantos.com

By Danny Costa

Nossaaaaa deve ser incrível mesmo viu,bom eu acho que eu conseguiria lê mais,tranquila mais sempre tem um tapu nesses assuntos parabéns,bjus
http://www.blogbydannycosta.com.br

Déborah

Valéria, nunca li nenhum quadrinho desse tipo.
Não sou puritana, mas não curto zoofilia.
Sei lá, tenho curiosidade.
Espero não ficar chocada.

Lisossomos

Juliana Duvi

Oi Val, já conhecia a arte de Crepax mas nunca cheguei a ler nenhum de suas HQs, o gênero não me agrada muito, mas leria para conhecer a literatura em HQ da época.
Bjs.

Tahis

Oi Maria!
Não conhecia, se bem que não sou muito de Graphic Novel, mas achei bem diferente e interessante e bem explicito né.. não sei se leria, mas daria uma olhadinha se tivesse oportunidade.

Beijos!

Pamella Ferrarez

Olá!

Já tinha ouvido falar deste livro de O antes, acho que em algum vídeo. Não sabia que haviam transformado em quadrinhos. Acho que eu não Leria, pois poderia "aceitar" qualquer coisa... Mas acho que zoofilia eu não gostaria de ler, pois acho uma crueldade. Sua resenha está ótima e adorei como você estruturou ela.

Beijinhos!
Cantinho Cult

Profissão: Leitora

Já li algumas coisas do Manara, que acredito ser algo próximo dessa graphic que você fala. Não sou fã do gênero , mas amo hqs e graphic, e fico sempre muito curiosa pra sabe como a história se desenvolve.

;D
Nelmaliana Oliveira

Cila - Leitora Voraz

Oi Maria, sua linda, tudo bem?
Confesso que não sou o público alvo desse livro, achei pesado e um pouco chocante, acho que me sentiria muito mal lendo algo assim.
beijinhos.
cila.
http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

Raquel Cavasini

Que '50 Tons' que nada...kkkkk
Quero ver essa mulherada safada lendo é esse tipo de história erótica, kkkkkk

Bom, eu não curto a obra de referência (fãs de Gray me condenem) e nem uma outra do gênero, não é por nada...eu leio quando aparece algo de parceria, mas não é o tipo de leitura que eu goste, algo que eu compraria. Sei lá acho desinteressante.

Quanto a essa obra, achei legal o fato de ser uma versão Graphic Novel, já li algumas, claro que versões juvenis, nada erótico (nem sabia que existia).
A dica é bem bacana.

Abraços
Literaleitura

Carolinavga

Oi Val.
Ótima resenha.
Eu já ouvi falar desse livro por alto, mas nem sabia que tinha HQ.
Esse livro me deixa em dúvida se eu leria ou não. A história não deixa de ser interessante, mas não sei se me adaptaria com a crueldade hehehe

Beijos
http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

Kris Oliveira - Conversas de Alcova

Oi Val,
Eu conheço A História de O por ser muito comentado nos chats BDSM, mas te confesso que embora eu queira ler, não tenho essas vontades extremas. E creio que preferirei ler a história oficial, essa não é uma novela gráfica que me desperte tanto o interesse.

Livros da Beta

Olá, Maria!!! Nossa, esse livro parece bem intenso!! Confesso que não é meu gênero preferido, mas fiquei curiosa por se tratar de um tema que ainda é um "tabu" na sociedade. Parabéns pela resenha!

Bjs
www.livrosdabeta.blogspot.com.br

Fabrica dos Convites

Oi Maria, não li nenhum tipo de graphic novel erótico ainda, e apesar de gostar do gênero, este não me interessou muito.
Bjs, Rose.


Blog Resenhando

Oii,

Achei essa HQ bem interessante. Você já leu Clic, é bem no mesmo nível, e que bem bacana (pelo menos eu achei). Gostei da sua resenha.

beijos

Danielle Rodrigues

Olá Valéria tudo bem, não conhecia o livro, mas a história parece ser bem intensa. Vou anotar a dica. Bjs

Maria Valéria

sim, já li ^^
é muito bom, e o traço de Manara é lindo...
bjs...

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...