7 dias, 7 nomes. 7 mortes... André Vianco e seu 'Estrela da Manhã'...

| 25 abril 2016 | |
Recebi a cortesia da Giz Editorial, inaugurando o Selo Calíope, o mais novo livro escrito por André Vianco, intitulado Estrela da Manhã. Conta a história de um menino chamado Rafael, que sofre com o bullying na escola, a ausência da mãe que só pensa em trabalhar, com a morte do pai quando ainda era pequeno e o descaso de seu irmão Beto... 

Não suportando mais o tormento e morrendo de saudades do pai, que se estivesse vivo, não iria deixar que nada daquilo acontecesse, ele busca ajuda no mundo sobrenatural para dar um jeito nas pessoas que não se importam com ele ou pegam no seu pé, como a diretora da escola, uma professora que vive a defender o escroto Maguila, que vivia batendo nele, ou até mesmo sua mãe, que por ser empregada da mãe de Maguila e dependia do emprego, não fazia queixas contra o filho de sua patroa... 



Eis que Rafa encontra um aplicativo e baixa em seu celular o Pé na Tumba, e com algum dinheiro, poderia comprar um fantasma guarda-costas. Então ele usa o cartão de crédito do seu irmão para comprar um fantasma, Estrela da Manhã, e após alguns rituais, com direito a sangue e pentagramas, ele invoca seu 'guardião', que lhe pede sete nomes. Então o menino começa a lista, e o guardião promete lhe proteger dessas pessoas da lista num período de sete dias, como estipula o 'contrato do além'. Mas logo Rafael viverá sete dias de terror absoluto, quando o primeiro de sua lista morre de maneira misteriosa e violenta...

Já conhecia a escrita de Vianco desde que li Os Sete e A casa, e fui meio que com sede demais ao pote a fim de ler Estrela da Manhã. Ele estrutura bem os personagens, ambienta a estória com a tecnologia atual e até aí a trama tem tudo para surpreender... Mas a meu ver, deixou devendo no desfecho, que não foi ruim, mas passou longe de me deixar estarrecida... Na verdade, o final do livro não passou disso: satisfatório. ok. 

Ele vai conduzindo a saga de Rafael em tentar impedir que pessoas que ele ama morram pelas mãos de Estrela da Manhã, que na verdade é um demônio, e para um menino de onze anos, fiquei meio espantada em como ele consegue enfrentar muitos problemas sendo tão frágil e novo. Afinal, ele sofria bullying logo no início do livro e não tinha força de vontade nenhuma de enfrentar seu algoz [Maguila], sempre tendo alguém para intervir nas brigas [Renata, menina que ele é apaixonado e Darla, namorada de seu irmão]. 

As mortes são bem narradas, senti muita tensão em todas elas, mas não consegui me conectar com o próprio Rafael, apesar de sentir pena de sua solidão em vários momentos, solidão essa que o levou a tomar decisão tão extrema para aliviar seus problemas. Mas quando do nada surge coragem para enfrentar Estrela da Manhã a fim de salvar Renata, minha estima por ele caiu um pouco... Senti que foi meio forçada essa força repentina de lutar e pôr fim aquela situação desesperadora...

Em suma, não é uma leitura de se jogar fora, mas como já conhecia o talento do autor com obras anteriores, senti que essa leitura não foi igualmente incrível... Uma pena, mas acredito que a estória agrade leitores não tão exigentes...


10 Comentários:

Persuasão Literária Says:
27 abril, 2016

Nunca li nada do André Vianco, não gosto muito de terror, principalmente envolvendo crianças kkk fico bem tensa com livros assim. Parabéns pela resenha!
http://persuasaoliteraria.blogspot.com.br/

Cia do Leitor Says:
27 abril, 2016

Olá! Esse é a segunda resenha que leio dizendo que este livro é o mais fraco de Vianco. Não que seja ruim, mas, o menos legal. ^^
A capa é bastante atraente, a sinopse meio que promete, mas o resultado final parece não agradar tanto.
Vou esperar pra ler quando surgir a oportunidade.
Abs
Ni
cia do Leitor

Jessica Santos Says:
27 abril, 2016

Oie. Não conhecia o autor nem a obra. Achei ela bem bacana e misteriosa, mas também um pouco pesada para um personagem tão jovem. As vezes valeria a pena ler primeiro os outros livros do autor para me habituar antes.
Beijos
Blog Relicário de Papel
relicariodepapel.wordpress.com

Andréa Fundo Falso Says:
27 abril, 2016

Olá!

Mulher, eu já vi outras pessoas dizendo isso também. Eu tinha uma expectativa grande para essa obra, mas perdi o tesão. Justamente pela pouca idade do menino, o autor poderia bem ter colocado uns 16 anos não? Me da a impressão de não ter casado bem o protagonista e a trama.

Bjus
Blog Fundo Falso

Licavargas Says:
27 abril, 2016

O ruim de ler muitas obras de um mesmo autor é que sempre esperamos ficar mais e mais encantadas, não é mesmo? Pena que isso não aconteceu nesse caso com você...
Só li um livro do Andre - e nem é um dos mais comentados, e como achei a ideia desse interessante, é possível que ele me agrade mais. Entrou na lista de leituras, mas não irei com tanta sede ao pote...rs
Beijinhos,
Lica
http://amoreselivros.com.br

Leituras Compartilhadas Says:
27 abril, 2016

eu nunca li nada desse autor, mas tenho muita curiosidade de conhecer a sua escrita. Estava com vontade de ler este, mas sua resenha me deixou em dúvida. Talvez eu leia para formar a minha própria opinião, mas vou querer ler outros dele para comparar.

Tatiana

Fabrica dos Convites Says:
27 abril, 2016

Não li nada do autor ainda, apesar de todo o elogio que ele costuma receber. Dei este livro de presente para uma amiga pena que estava sem dinheiro para comprar para mim também. Acho que para começar seria interessante.
Bjs, Rose

Débora Costa Says:
28 abril, 2016

Esse homem não escreve o tipo de livro que eu gosto, mas falam tanto dele que eu realmente tenho vontade de pegar algo do autor pra ler. Vai entender, não é?

http://laoliphant.com.br/

Déborah Says:
29 abril, 2016

Valéria, infelizmente, nunca li nada do Vianco, mas morro de vontade, principalmente Os sete.
Que pena que essa história não te agradou muito. Realmente transformações repentinas as vezes nos frusta um pouco.

Lisossomos

Ana Gabriela Says:
02 maio, 2016

Conheço o autor, mas nunca li nada dele, sempre vejo bons comentários aos livros e esse faz meu estilo de leitura. É uma pena que o fim não tenha sido tão bom pra você. O ruim de ter expectativa sobre um autor é esse haha, mas espero que esse livro seja exceção pra ti.
www.belapsicose.com

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...