Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





"Deixai toda esperança, ó vós que entrais!" Inferno. A divina Comédia [Dante Alighieri]

Páginas

9

79 anos da morte de H. P. Lovecraft

Em 15 de março de 1937 falecia o grande mestre do horror, H. P. Lovecraft... Curioso que só depois de sua morte teve o valor reconhecido como escritor do gótico sobrenatural... começou a escrever ainda jovem, e logo em seus primeiros escritos ficou evidente a precocidade de seu talento... 

Nasceu no ano de 1890, na cidade de Providence, Rhode Island. Seu pai morreu quando Howard ainda era criança, decorrente de uma doença neurológica ligada à sífilis. Na biblioteca do avô, conheceu obras clássicas como As mil e uma noites e a Odisséia, além de revistas pulp, que viriam a influenciar sua escrita. Lia, escrevia e recitava poemas quando jovem, mas pouco frequentava a escola, devido a saúde frágil. Tinha uma doença rara que tornava sua pele gelada ao toque. Escreveu também artigos sobre astronomia e distribuía entre os amigos da escola.

Em 1904 perde seu avô, sofrendo um abalo também econômico em sua família. Quatro anos depois sofre uma crise que o afasta permanentemente da escola, e nunca concluiu seus estudos. Viveu anos de reclusão após a recusa da Brown University, contribuindo para seu estado melancólico e depressivo... Durante esses anos, se dedicou exclusivamente a poesia. 

Sua carreira como escritor teve início quando começou a trocar cartas com outro escritor e seu nome logo se fez conhecido nas rodas de escritores não profissionais; estes o estimularam a publicar seus escritos, que iam do ensaio a poesia e contos, bem como ficção. A tumba, um de seus trabalhos mais famosos, ganhou vida em 1917... 




Alguns anos depois, em 1921 é a vez de sua mãe falecer. A saúde de Lovecraft fragilizou-se ainda mais. Nesse ínterim conhece sua futura esposa, Sonia Greene, judia de origem russa, que tinha uma loja de chapéus em Nova York, sendo assim, logo ele se muda de Providence para Nova York. A loja de sua esposa faliu, o casal não poderia viver apenas dos textos de Howard, e logo eles se divorciaram. Volta para Providence, indo morar com uma tia com quem tinha vivido boa parte de sua infância, vivendo ali os últimos dez anos de sua mórbida vida...

O chamado de Cthulhu, Nas montanhas da loucura e O caso de Charles Dexter Ward datam dessa época, e são suas obras mais importantes e famosas. Nesse mesmo período, sua tia falece e um grande amigo se suicida [Robert E. Howard, criador do personagem de quadrinhos Conan, o Cimério]. Mais um infortúnio se abate sobre sua vida: descobre em estágio avançado um câncer no intestino que viria a ceifar sua vida, em 1937, com apenas 46 anos... Sem jamais ter publicado um livro em vida...





Seus amigos fundaram a editora Arkhan House a fim de publicar seus escritos, trazendo a notoriedade merecida a seu talento de escritor. Hoje em dia, Lovecraft é aclamado como um dos autores mais brilhantes e geniais do gênero de horror, alcançando status cult, em que sua obra flerta intimamente com o oculto, obscuro e horripilante, tendo como precursor Edgar Allan Poe

Conheci a obra de H. P. Lovecraft através de contos publicados pela internet, em sites góticos em meados da década de 2000. Em minhas 'paragens' pela internet, li A casa abandonada e me apaixonei por sua escrita envolta em tragédia, com uma riqueza de detalhes imprescindível. Posteriormente, descobri que alguns de meus filmes de terror preferidos, que povoaram minha infância e imaginário tinham sido baseadas em obras lovecraftianas, aumentando meu fascínio por sua literatura...





Infelizmente possuo pouca coisa sobre ele em meu Acervo particular. Recentemente, adquiri um mangá que traz em suas páginas alguns de seus contos ambientados para o estilo desenhado, e tem resenha dele aqui. Já resenhei também o livrinho da Coleção 64 páginas da L&PM Editores, O horror em Red Hook. A tumba e outras histórias será relido a qualquer hora e eu mais uma vez falarei de Lovecraft por aqui... 
Espero que tenham gostado, e se não conheciam o autor e são admiradores do horror, reparem a heresia de não ter lido nada dele ainda... Essa postagem foi uma forma de homenagear tal figura que tem espaço especial em minha biblioteca e em meu coração, coberto com o negrume de sua melancolia e morbidez... 

9 Comentários:

Saga Literaria

Olá,

adorei a publicação sobre Lovercraft, confesso que conheci mais sobre o mesmo, um fato curioso, parece que o autor trazia a "desgraça" ou "energias negativas" consigo, para onde ia alguém morria, loja fechava, não conseguiu publicar nenhum livro em vida, aliás o reconhecimento de diversas pessoas às vezes só vem após a morte, como no caso de Philip K. Dick, um mestre da ficção científica. www.sagaliteraria.com.br

gih

Uau. Adorei a postagem. Mas não conhecia o autor, confesso ;P Mas tudo bem, já que o gênero não é dos meus favoritos. Até leio uma coisa aqui e outra ali, mas só para ter noção, nunca nem mesmo li algo do Poe :P
E que triste a vida dele né? Tá louco. Já é quase uma história de horror :(
E que pena ele ter sido reconhecido só após a morte, mas infelizmente isso é muito comum. Espero que isso não aconteça comigo :( Espero que eu seja muito reconhecida em vida ainda hehehhe
Beijoooos
http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

Francine Porfirio

Oi, flor! Adorei conhecer mais do autor por aqui. Eu adicionei apenas uma obra dele entre as que desejava ler depois de conferir uma resenha maravilhosa sobre ela. Agora, lendo mais sobre a vida dele e a sua opinião sobre sua narrativa, percebo que valeria a pena conhecê-lo mais profundamente. Fui ao Skoob e encontrei uma obra que me atraiu: Os Melhores Contos de H. P Lovecraft. Parece bem completa, pois contém alguns dos escritos que você citou aqui como principais do autor. Acho que vou adquirir esse livro para ter meu contato com o autor de um modo mais completo. :) Obrigada pela dica.

Beijos!
http://www.myqueenside.blogspot.com

Cia do Leitor

E eu que me considerava a Expert em filmes e livros de terror...Putz!
Sempre fui ligada nas histórias, nunca liguei quem escrevera tal obra, apenas deliciava-me dela. Até que surgiu Edgar Allan Poe, Hitchcock e Stephen King, foi aí que passei a valorizar não só a obra como o autor.
Felizmente estou aqui, e aqui tive conhecimento deste autor homenageado, ireo pesquisar mais sobre suas obras e quem sabe mergulhar de cabeça nas leituras de seu livros.
Abs
Nizete
Cia do Leitor

Catharina M.

Oi
uau já faz tudo isso? nossa, eu sou bem curiosa para ler algo do autor e espero poder em breve pois já ouvi inumeros elogios e curto bastante esse tipo de gênero, muito legal trazer aqui um pouco sobre o autor

Beijos
http://realityofbooks.blogspot.com.br/

Sandra Mendes

Hey, Maria!
Eu não conhecia esse autor, nunca havia ouvido falar sobre ele.
Acho que é porque não curto muito terror...rs.
Mas gostei de conhecer o autor!

Beijos!

Ana Gabriela

Gente quanto tempo! Tenho vontade de ler algo dele e se não me engano a Darkside vai publicar algo dele esse ano, minha chance!
www.belapsicose.com

Débora Costa

Eu adorei essa publicação porque eu nunca tinha ouvido falar do autor e achei muito interessante conhecer mais sobre ele, embora o que ele escreve não seja meu genero.

http://laoliphant.com.br/

Parado na Estante

Acabei de ler meu primeiro conto dele, haha. E adorei. Realmente a escrita dele é muito boa. Que talento ele tem para escrever terror! Não tenho costume de ler livros/contos do gênero terror mas Lovecraft mudará isso, quero ler mais coisas dele.

No livro que li, que comtém apenas um conto "A cor que caiu do espaço", é relatado um pouco sobre a vida dele. Sua resenha está mais completa e confesso que me surpreendi. Não sabia sobre a doença dele.

Uma pena ele não ter sido conhecido enquanto vivo,né?

Beeijos, Erica Regina
Blog Parado na Estante / Fanpage Parado na Estante

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...