Minha estreia com Preacher...

| 14 janeiro 2016 | |
Há alguns anos duas amigas minhas me recomendaram a série de quadrinhos Preacher, de Garth Ennis. Então, num belo dia visitando o sebo, encontro uma edição avulsa, perdida e resolvi adicioná-la em minhas aquisições, mas só neste momento eu senti vontade de ler... O que posso dizer é que foi uma química imediata, tesão à primeira lida... 



Preacher Especial 2 - Cassidy: Sangue e uísque no conta sobre uma viagem que o personagem Cassidy faz até Nova Orleans, e lá ele acaba encontrando alguém como ele, aparentemente... No decorrer da história, é que ele vai percebendo que aquele vampiro não tem nada em comum consigo,a não ser o fato de ser um vampiro...

Cassidy se depara com figuras peculiares, criaturas solitárias que vivem a esvaziar copos de bebida num bar, noite afora, madrugada adentro... E na companhia de Eccarius, ele conhece um local subterrâneo frequentado por aqueles que se intitulam Les Enfants du sang... Cassidy percebe que ali não é um lugar que ele deseje estar...

A série é publicada pelo Selo Vertigo da DC Comics, e seus desenhos são assinados por Steve Dillon. É um quadrinho adulto, tendo 75 edições ao total - sendo cinco delas especiais, e uma série limitada de quatro edições. Posteriormente essas edições foram reunidas em nove encadernados. Quem quiser me presentear com eles, agradeço *risos*

Cassidy não é o único protagonista da série. Além desse vampiro irlandês, temos um ex-pastor [Jesse Custer, protagonista] e Tulipa, sua ex-namorada. Mas o foco desse quadrinho que li é apenas o vampiro. 



A respeito de Cassidy, adorei seu sarcasmo presente em todo o quadrinho. Eu diria que ele tem um pouco da escrotidão de Negan [vilão de The Walking Dead] e a rudeza de John Constantine, de Hellblazer... Em suma, já virou meu queridinho 2016... Me pergunto como passei tanto tempo sem conhecer a história ainda... Mas, antes tarde do que nunca... 

Então por hoje é só... Espero que tenham gostado dessa nova indicação de quadrinho adulto... Alguém já leu ou tem vontade? Me contem nos comentários ^.~

16 Comentários:

Airechu Says:
14 janeiro, 2016

Olá, Valéria! Eu tenho uma história parecida com a sua com Preacher. Recebi recomendação de amigos, vi escritores dizendo que se inspiraram na série para contar suas próprias histórias, enfim, ótimos pretextos para ler não faltaram.

Numa dessas me empolguei e comprei os três primeiros volumes encadernados, na época eram os únicos disponíveis, mas fui enrolando para ler, dizendo que ia esperar completar a coleção, esperar a Panini lançar os volumes faltantes e nisto o tempo passou (salvo engano só ano passado ela completou os lançamentos e reimprimiu os volumes esgotados).

Mas nisto eu perdi aquela empolgação inicial. Não comprei os últimos e os primeiros continuam na estante esperando aquela inspiração do além para serem lidos. Não prometo que vou colocar na meta deste ano, até porque das outras vezes que fiz isso eu não li nada, mas não tenho dúvida nenhuma de que será uma daquelas leituras incríveis e cuja experiência será no mínino marcante, como foi com Sandman e Maus. Sua resenha, assim como as indicações de outros amigos lá atrás, corrobora ainda mais a qualidade da obra. Ótima dica! Beijos! o/

Airechu
Navegador da nave Interlúdio, navegando pelo Multiverso X
http://www.multiversox.com.br

Jéssica Martins Says:
14 janeiro, 2016
Este comentário foi removido pelo autor.
Jéssica Martins Says:
14 janeiro, 2016

Oi, Maria! Tudo bem?
Não tenho o costume de ler quadrinhos, mas adorei a resenha deste. Nunca tinha ouvido falar, mas por sua resenha me pareceu um cenário interessante. Na minha opinião, histórias de vampiros são legais quando eles são mostrados como criaturas realmente inteligentes, e não como vemos em muitos romances contemporâneos. Essa parece uma boa história e uma ótima dica, que quero muito ler um dia! Gostei bastante de conhecer o blog e o acompanharei a partir de agora. Beijos! ^-^

Morgana Brunner Says:
15 janeiro, 2016

Oiii Maria, eu amo esses tipos de quadrinhos e achei um encanto você ter encontrado assim, não consigo de nenhuma forma resenhar algum, espero um dia conseguir. Adorei a postagem <3
Beijos
segredosliterarios-oficial.blogspot.com

Aléxia Oliveira Says:
15 janeiro, 2016

Adoro quadrinhos, mas quase nunca leio, acho que faz anos já que nao pego nenhum, rs. Esse parece ser bem interessante, essas coisas de vampiros e tal, é algo diferente do que leio, mas é bom sair um pouco da rotina e tentar novas coisas, né? Quem sabe um dia eu não tenho a chance de ler?! rs. Beijão!

Lullys Says:
15 janeiro, 2016

Não li ainda, mas como você disse, antes tarde do que nunca, não é?
Adoro HQ's!

Beijinhosss...
http://estantedalullys.blogspot.com.br/

Marijleite Says:
15 janeiro, 2016

Olá; ainda não conhecia essa série; pelo que você disse na resenha, eu acho que iria gostar, não sei porque mas de vez em quando amo ver alguns personagens descobrindo que aqueles "amiguinhos" não são tão amiguinhos assim.

Juliana Garcez Says:
15 janeiro, 2016

Oi! Tudo bem?

Nunca nem tinha ouvido falar nesse quadrinho... Mas fiquei curiosa, viu?! Adoro quando os personagens são sarcásticos. Essa HQ parece ser feita para mim. Vou procurar no sebo da minha cidade =)

Beijos,

Juliana Garcez | Livros e Flores

Mayla Henrique Says:
16 janeiro, 2016

Oie,

Eu nunca tinha ouvido falar nesse HQ, não fiquei muito curiosa com ele, acho que vou conhecer um pouco mais sobre o personagem e ver se me interesso. Mas foi um achado e tanto não é mesmo?

Bjs
Mayla

Samy Says:
17 janeiro, 2016

A princípio não tinha me interessado tanto pelo quadrinho, mas depois de ler um pouco mais, me interessei. Os traços são bonitos e a coloração parece ser bem peculiar.

Infinitos Livros

Brubs. Says:
17 janeiro, 2016

Acho muito loco hq's eu só tenho o da entrevista com vampiro a historia da mina lá. Mas então, voltando, esse parece ser foda mesmo, acho que vou atras e se pá adquiri-los, tentar pelo menos, me interessei
odiariodoleitor.blogspot.com.br

Jéssica Melo Says:
17 janeiro, 2016

Olá Maria, não conhecia e pela sua resenha fiquei bem curiosa para ler essa série, parece ser diferente e com belos traços *-*

Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

Amor Literário Says:
18 janeiro, 2016

Como assim não conheço essa história? Preciso para de visitar seu blog, sério! Onde você acha essas maravilhas? Vou ler sem a menor dúvida!

http://luxuosoestilo.blogspot.com.br/

Catharina M. Says:
19 janeiro, 2016

Oiiie
Muito legal a resenha e tenho amigos mega fã dessa hq que sempre me indicam mas acabo deixando de lado, bem legal sua resenha

Beijos
http://realityofbooks.blogspot.com.br/

Luciano Vellasco Says:
20 janeiro, 2016

Oie, tudo bem?
Já ouvi muito falar nessa série, mas ainda não peguei nenhum para ler ainda. Adoro vim no seu blog porque sempre acho algo que gosto rsrs
Obs: parabéns pela parceria com a Novo Conceito ;)
Beijos
Academia Literária DF

Angel Sakura Says:
21 janeiro, 2016

Olá,
Leio algumas HQs mas esta eu não conhecia, não gostei muito do traço. Acho que o gênero não é muito para mim, mas achei válida a indicação para quem curte.

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...