Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





"Deixai toda esperança, ó vós que entrais!" Inferno. A divina Comédia [Dante Alighieri]

Páginas

17

Eu fico Loko 2 + Nota de repúdio para a 1ª edição

Tenho o 'carma' de vez ou outra entrar numa leitura que não tenha absolutamente nada a ver comigo, e no fim das contas acabar gostando dela. Foi o que aconteceu ao receber Eu fico loko 2, do vloguer Christian Figueiredo para resenhar, publicado recentemente pela Editora Novo Conceito.

Para ser franca com vocês, não sou de me prender a canais do youtube, quando muito vejo um Porta dos fundos, um vídeo de Kéfera e só. Nunca tinha ouvido falar desse garoto de 20 [?] anos até ver o livro entre os publicados da editora... Confesso que li sem ter procurado o canal antes, vi um vídeo e achei 'ok'. Preferi ele no livro, mas enfim...



Eu fico loko 2 é uma extensão das histórias que ele abordou no primeiro livro [que eu não li]. Não é preciso fazer a leitura na ordem, basta apenas se sentar num sofá com o livro na mão e conhecer um pouco da história de Christian, que conta alguns acontecimentos engraçados de sua adolescência, numa linguagem super fluída e por vezes, engraçada, sem forçar demais para parecer 'cool'. 

Até me identifiquei com alguns aspectos de sua personalidade, principalmente quando li sobre a viagem que ele e uns amigos fariam à Riviera e se meteram numa fria ao dar carona pra uma garota estranha. como Christian, eu sou dessas que falaria o 'Eu Avisei!'.



Ri muito na história em que ele fala da dor de barriga que seu amigo teve numa casa com gente estranha, num jogo da copa do mundo. Ri logo no início do livro quando ele conta sobre um formulário que preencheu na escola e rendeu uma boa preocupação para a mãe dele... [não vou soltar detalhes para não dar spoiler]...

Sobre a diagramação, apesar de não ter gostado muito da capa, que é bem 'teen' pro meu gosto [eu esperava o que, afinal?], o livro traz várias imagens da vida de Christian, alguns desenhos ilustrando os capítulos e fotos atuais do vloguer. Apesar da linguagem [intencional] cheia de gírias, a leitura não se tornou chata, e em poucas horas eu conclui as 160 páginas que o compõem...



Em suma, para os fãs dele, o livro deve ser genial. Para quem não conhece seu trabalho [o que é o meu caso], não se trata de perda de tempo fazer a leitura... Tira o stress, alivia, e serve de gatilho pra uma história mais profunda... Mas não deixa de ser envolvente...



P.s: Através desse parágrafo, venho apresentar minha nota de repúdio ao conteúdo publicado no primeiro volume de Eu fico loko, onde Christian Figueiredo narra uma de suas lembranças fazendo apologia ao estupro. Confesso que fiquei extremamente decepcionada, pois havia gostado da leitura que fiz descrita nessa resenha. Se eu tivesse tido conhecimento do conteúdo do livro anterior, jamais teria solicitado esse para resenha. Fica registrado aqui meu descontentamento com o autor e com a Editora Novo Conceito, que concordou em publicar esse tipo de material. Segue a imagem abaixo com o trecho que me deu náuseas...



É incrível como uma pessoa influente ao meio adolescente, formador de opinião, me sai com uma dessas. Lamentável... Apesar de sua retratação em sua conta do Facebook, sinto que ele só o fez devido à má repercussão que houve nas redes sociais, então, a meu ver, não foi um pedido de desculpas legítimo... 

17 Comentários:

Wellyson Gomes

Quando a NC anunciou que iria lançar o primeiro volume eu fui dar uma conferida no canal para ver se valia a pena e não curti, mesmo assim fiquei curioso para saber o que teria na autobiografia de uma garoto de 20 anos. Essa curiosidade morreu na semana do lançamento do livro quando me falaram exatamente desse capítulo do estupro.

Eu realmente fico "loko" com um livro desse tipo fazendo sucesso entre os jovens.

Helana Ohara

Não li nenhum o primeiro livro nem o segundo.
Como você não sou de ser fiel a nenhum canal do youtube, aliás eu tô é enjoada desses youtubers, apenas assisto os vídeos do Depois das Onze que são de duas meninas do meu estado.
Acho que os livros dele são mesmo para adolescentes.

Beijinhos, Helana ♥
In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

Mércia Dias

Eu amei os dois livros dele. São ótimos. Agora quero o da Kerefa

Beijos

Mércia Dias

Eu amei os dois livros dele. São ótimos. Agora quero o da Kerefa

Beijos

thaila oliveira

Maria eu não li nenhuma das edições, apesar de ter tido alguma curiosidade nos momentos do lançamento não me senti a fim de ler, mas assim como você fiquei chocada com esse trecho em questão, como você sabiamente analisa, Christian ganhou ascensão e fãs de tal forma que passou a ser um idolo, ter algo de tão baixo publicado parece apoiar e naturalizar tais comportamentos que são totalmente o oposto!


http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

Nilda de Souza

Não acompanho o trabalho desse rapaz e nem quero, por tudo que ele escreveu na primeiro livro. Outra que também fala bobagem é essa Kéfera. Soube por uma amiga que a tal youtuber despreza trabalhos artesanais. Tem um vídeo falando sobre.

Beijos!

Luan Jonathan

Esses livros são direcionado para o público jovem, sei que ele foi errado ao fazer esse tipo de apologia, mas acho que ele não teve maldade ao fazer isso, mas isso não tira seu erro. Bom, eu li os dois livros e gostei muito deles, ao ler essa parte, confesso que não pensei na apologia que fazia e passou como uma leitura como outra. E, mais uma coisa, eu li esta resenha no Poesia na Alma e não consegui comentar, pois não sabia o que dizer, espero que não leve minhas palavras para o lado ruim, como muitos, nada sei sobre esse mundão! E, última coisa, Nilda, eu acompanho os vídeos da Kéfera e acho a palavra desprezar uma palavra muito forte e, posso está falando de uma forma errada, mas ela estava contando uma história de sua vida e, sim, ela pode ter usado palavras inadequadas, mas não creio que teve a intenção de menosprezar os trabalhos alheios e, mesmo se tivesse, vai da pessoa levar aquilo a sério ou não.

Mas uma vez, desculpe se estou falando alguma bobagem, Maria Valéria. Adoro seus post, acho eles cheio de conteúdo e com um ótimo desenvolvimemto.

Abraços e até!!

http://lendoferozmente.blogspot.com.br

Larissa Fernandes

Oi, tudo bem?
Até já assisti alguns vídeos do canal dele, por isto achei estranho porque ele não me pareceu uma pessoa que pensaria deste modo. O que me fez acreditar que nem todos são o que parecem ser.
Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

Ana Luiza Ferreira

Olá!

Eu já li os dois livros do Christian Figueiredo e gostei de ambos, são obras leves, divertidas e rápidas. Também me identifico com alguns aspectos da personalidade do autor e, no geral, gosto muito do seu trabalho, tanto em livro quanto em vídeo. Entretanto, concordo que, como formador de opinião, principalmente de jovens, ele deveria tomar muito, muito mais cuidado com o que fala. Reparei nos livros e nos vídeos também que, de vez enquanto, ele fala umas coisas bem pesadas, preconceituosas e tals...

Beijos!
Visite o Mademoiselle Loves Books!
http://www.mademoisellelovesbooks.com

Um Reino Muito Distante

Olá Maria, havia visto já alguns vídeos do Christian Figueiredo, mas não me chamaram atenção, olhei meio que assim: primeiro novidade, segundo ok, terceiro blergh... Para mim pelo menos foi dessa forma, mas sei que o cara tem inúmeros fãs.
Bom, eu não possuo nenhuma vontade de adquirir os livros, principalmente após saber dessa passagem escrita no primeiro livro. Isso não poderia ser dito nem de brincadeira!

umreinomuitodistante.blogspot.com.br

Samy

Eu vi esse post lá no blog da Lilian e me decepcionei demais com a Novo Conceito. É uma editora que eu gostava bastante e que publicava muitos livros que eu gosto! Espero que eles lancem uma nota com pedido de desculpas, porque a partir de agora irei evitar ao máximo comprar algo deles.
Sobre o "autor" já não leria, agora nem seus vídeos irei assistir.

Infinitos Livros

Roberta Gouvêa

Olá :D
Minha irmã, que ao meu ver é bem madura, é muito fã do Christian. Então, fiquei bem pasma quando soube desta parte do livro dele. Pois o fato dela gostar dele me deixou com uma certa boa impressão. Fiquei chateada, pois ele não é apenas um menino que faz vídeos, mas tem uma legião de fãs adolescentes que ainda estão aprendendo o que é certo e o que é errado. Muitos desses fãs acreditam cegamente no que esse menino diz. Triste :(
Abraços <3

Francine Porfirio

Oi, flor.
Como você, não acompanho canais no YouTube… Quando o faço, na maioria das vezes me vejo discordando das opiniões que são apresentadas. Enfim, são jovens que não sabem quão influentes estão se tornando para quem os assiste ou simplesmente não se importam com isso. Gostei da sua resenha. Tenho aqui Eu Fico Loko na primeira edição e, claro, meu repúdio não será diferente do seu nessa parte que citou. Só posso adiantar que não pretendo ler a segunda edição por não me interessar mesmo em ver opiniões de um adolescente sobre adolescentes.

Beijos!
http://www.myqueenside.blogspot.com

Catharina M.

Olaá´
Bom, eu já não estou gostando mt dessa vibe de todo mundo agora publicar um livro, inclusive youtubers que não tem nada para falar, depois que vi essa declaração do Christian então, nossa, fiquei totalmente agoniada de ver que cada vez mais os youtubers estão sendo influência a nós adolescentes e não sabem aproveitar isso para influenciar bons projetos, uma pena

Beijos
http://realityofbooks.blogspot.com.br/

Cláudio

Kéfera é racista("negra maluca"?Sério?E se fosse Judia maluca?Ou católica maluca?).Agora vem esse boçal fazer apologia ao estupro.Isso tudo para adolescentes...Quão seguro está nosso futuro!

Jéssica Melo

Olá Maria, se não me engano eu já tinha lido sua resenha em algum lugar ou até aqui mesmo, bom este já não seria o meu tipo de leitura e agora com essa parte desagradável no primeiro livro com certeza não pretendo lê-los...

Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

Angel Sakura

Olá,
Não sigo muito youtubers então estou bem por fora, de quem é a pessoa em questão. Então não tenho interesse em ler.

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...