Para Continuar, de Felipe Colbert

| 10 outubro 2015 | |
Para continuar é o segundo romance do autor Felipe Colbert publicado pela Editora Novo Conceito. É sobre a história de Leonardo, um rapaz de vinte anos que mora com os pais e tem um problema sério no coração, e Ayako, uma misteriosa garota de traços orientais que ele encontra num vagão de metrô. Aquele encontro, que poderia ser apenas um simples acaso do destino, na verdade foi o fio condutor de um grande amor que surgiu entre os dois...

Leonardo tem um melhor amigo e uma ex-namorada, além dos pais, que sabem de seu problema. Mas quando ele encontra Ayako pela primeira vez em sua vida, não imagina que segredos aquela garota guarda. Obstinado a encontrá-la novamente, ele a procura na estação de metrô por vários dias, até encontrá-la novamente e a segue até o bairro da Liberdade, e descobre onde ela trabalha: uma loja de luminárias. Vai até lá, morrendo de medo dela não reconhecer o rapaz que perguntou que música ela ouvia no outro dia no fone de ouvido... e ela o reconhece... Mas lá ele também se depara com Ho...



Ho é um rapaz, muito parecido com Leo, só que chinês. Ele tem problemas mentais e logo vê na figura de Leonardo uma ameaça para sua amada Ayako. E depois de uma confusão na loja de luminárias onde eles vivem, Leo acaba passando mal no dia seguinte e seu quadro se agrava... Ainda assim, ele não está disposto a desistir daquela garota, e quando descobre que seu amor é correspondido, surgem alguns empecilhos que vão tornar o relacionamento mais que difícil... Será que o amor de Ayako e Leonardo vai resistir a isso?

Ho ama Ayako e afim de se livrar de Leonardo, pede ajuda a seu primo Kong, que é perigoso e pode ameaçar o estabelecimento de Ayako e seu avô. Eles tomam conta de Ho desde pequeno, e esse é um dos segredos que rondam a loja de luminárias. O outro grande segredo é o que ela e seu avô guardam no porão da loja, uma infinidade de luminárias, e lá está o destino de muitas pessoas que moram na Liberdade. Ambos não podem permitir que Ho descubra, nem qualquer outra pessoa... Que significado tem aquelas luminárias que não podem sequer ser tocadas por alguma pessoa?

Eu poderia me prolongar mais na história, mas correria o risco de soltar algum spoiler, e isso não seria bacana com os leitores... Mas o que posso dizer é que a leitura de Felipe é bastante fluída e você pode concluir o livro em poucas horas de leitura... Os capítulos são bem curtos e a cada um deles, você quer ler o próximo a fim de saber o que vai acontecer com o casal de protagonistas. Não é um romance meloso demais, apesar de conter alguns momentos 'apressados'. Mas acredito que seja pelo número de páginas do livro, que faz a história 'correr' um pouco.

As únicas coisas que me incomodaram foram: um fato que ocorreu com o amigo de Leonardo que fez com que ele ficasse com raiva de Penken. Ele fica incomodado sem motivos, pois afinal, ele estava apaixonado por Ayako. Não tinha porque cobrar ciúmes de algo que não tinha mais importância pra ele, e o desfecho que foi bem clichê e previsível, em menos da metade do livro eu já tinha sacado o que aconteceria, mas nada que comprometesse ou desestimulasse a leitura...

Quando a diagramação do livro, a editora fez um bom trabalho. Em suma, a leitura leve e romântica é ótima para o leitor que gosta de romances rápidos e com desfechos sem muitas surpresas, porém felizes... 

6 Comentários:

Michelle Ladislau - As Leituras da Mila Says:
10 outubro, 2015

Olá

Tudo bom? Eu li esse livro e fiquei apaixonada pela história, me surpreendi com o final que p autor deu.
Ótima resenha.
Beijos

mary c.s.p Says:
11 outubro, 2015

Oii, tudo bem?
Já ouvi falar muito bem desse livro, a capa é belíssima, essas lanternas japonesas demais!
Adorei o post.
Bjs ♥♥♥
http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

mary c.s.p Says:
11 outubro, 2015

Oii, tudo bem?
Já ouvi falar muito bem desse livro, a capa é belíssima, essas lanternas japonesas demais!
Adorei o post.
Bjs ♥♥♥
http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

Ana Lícia Says:
12 outubro, 2015

Olá, tudo bem?

Estou ouvindo só elogios sobre este livro, e estou bem curiosa. A capa é linda e sua resenha deu para sentir que é uma história bem legal. Espero poder ler em breve. Parabéns pela resenha.

beijos

http://livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br/

Catharina M. Says:
14 outubro, 2015

Oláá
Só ouvi elogios sobre o livro e amei essa capa, parece ser uma leitura muito interessante e estou bem curiosa para conhecer melhor a escrita do autor, com certeza lerei em breve.

Beijos
http://realityofbooks.blogspot.com.br/

Thalita Branco Says:
29 outubro, 2015

Olá!
Terminei de ler agora e achei mais ou menos a mesma coisa que você. Esperava uma explicação maior em relação as lanternas. Mas curti, leitura fluida e bacana para intercalar com uma mais densa.

EntreLinhas Fantásticas

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...