Resenha: Encontro fatal, de Milo Manara

| 14 junho 2015 | |
Encontro Fatal é a primeira HQ de Milo Manara em minha estante. Mas já conhecia o artista de outros quadrinhos, lidos em pdf. Mais conhecido por suas obras Bórgia, O clic e Gullivera, Manara nos traz em Encontro Fatal a história de Valeria [minha xará], socialite casada com um homem atolado em dívidas. A fim de sustentar o luxo da mulher, o marido contraiu empréstimos e não conseguiu impedir o barco de afundar, causando aí um enorme problema [sexual] para sua esposa...



O cruel credor está disposto a recuperar seu dinheiro e vai usar de todos os artifícios para atingir o marido de Valeria, inclusive submetendo-a a humilhações sexuais com um de seus empregados, até a dívida do marido ser paga. Então, todos os dias, às 18:00 horas, Valeria é submetida a relações sexuais contra sua vontade com o funcionário do credor, até que seu marido quite a dívida que tem com ele. Ela vira literalmente um brinquedo sexual na mão do homem, que não tem escrúpulos de caçá-la até os confins da terra para cumprir sua meta diária de sexo...


Interessante o fato do marido de Valeria ser um político em ascensão que só pensa na carreira, e na hora de ajudar a mulher a sair da situação que ele mesmo criou, ele 'tira o corpo fora', se mostrando um verdadeiro covarde e incapaz. A personagem Valeria, por sua vez, desde o início da história se mostra lasciva e mimada. Não via problemas em ver o marido se endividar, desde que seu luxo não fosse prejudicado ou interrompido. 

Não vou me ater a fazer uma análise profunda sobre o papel da mulher violada ou algo relacionado a apologia ao estupro, mas para quem conhece as histórias em quadrinhos de Manara, percebe que em várias delas a mulher é representada dessa maneira, tentando despistar/escapar das artimanhas sexuais dos personagens masculinos. As hq's dele são sádicas. Em algumas outras, elas é que 'atacam' os protagonistas... Acredito eu que não é um quadrinho que vá agradar às mais feministas e afins... O desfecho de Encontro Fatal me deixou completamente absorta, pois nunca imaginaria que a trama fosse acabar da maneira que acabou... Foi realmente um final inusitado...

Valeria

Apesar do teor violento, é importante frisar o trabalho artístico de Manara, que possui um traço bem característico. As mulheres de Milo Manara são verdadeiros espetáculos aos olhos do leitor/apreciador. Nascido em 1945, na Itália, Milo é um dos mais importantes nomes do quadrinho erótico da Europa. Sua obra é um verdadeiro clássico do gênero e tem admiradores em todo o mundo. Não apenas pelo traço, mas pela maneira como conduz suas histórias... 

Desnecessário avisar que o quadrinho é uma obra para maiores de 18 anos, por causa do teor violento e sexual nele apresentado. Com apenas 48 páginas e publicado pela Conrad Editora, Encontro Fatal não foi a melhor obra de Milo Manara que já tive a oportunidade de ler, mas ainda assim, acho válida conhecer... 

14 Comentários:

Lumartinho Says:
14 junho, 2015

Oi OI!
Olha, apesar do tema tratado na HQ ser um pouco forte ou mal compreendido por alguns, eu leria sim essas HQ's. Achei que o pouco que você postou dos quadrinhos, são ótimos. Uma arte linda, bem desenhada e gosto disso nos quadrinhos. Mesmo com o tema sendo um pouco discutível, eu adoraria ler, ver o fim de Valéria e tudo o mais. Adorei a dica!
Beijos

LuMartinho | Face

Kleiton Gonçalves Says:
15 junho, 2015

Já li. Coitada da Valeria... :-(

Francine Porfirio Says:
15 junho, 2015

Oi, flor.
Eu não li nenhuma HQ ocidental… Sim, me processe (rs). Apenas as clássicas tirinhas, mas HQs mesmo nunca li. Adoro mangá e manhwa, porque aprecio os aspectos subjetivos orientais. Mas decidi ler mais graphic novels e outras obras como essa que citou… Achei interessante o enredo e a arte, mas confesso que não me atraiu. Sei lá, qual o sentido da história? Sou o tipo de leitora que aprecia chegar ao final com algo de valor para minha vida. Leria Encontro Fatal com raiva da situação a que submetem a personagem, mas nada mais.

Beijos!
http://www.myqueenside.blogspot.com

Jéssica Melo Says:
15 junho, 2015

Olá Maria, apesar do HQ abordar um tema forte fiquei interessada em lê-lo e conhecer um pouco da obra deste autor, já que bastante pessoas como você acham elas boas *--*

Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

Garota Cósmica Says:
16 junho, 2015

Gente isso que é história, violência e sexo... Frutos da realidade. Quero ler :D
Beijos

Alessandra Says:
16 junho, 2015

Olá!
Não tenho o costume de ler HQ, mas quando leio sempre busco algo com um teor mais leve, acho que por isso eu não me interessei muito por esta história :(

bjs

Angélica Lima Says:
16 junho, 2015

Oi Valéria, tudo bem?
Não conhecia as obras do Milo por não ser muito ligada em quadrinhos, apesar de gostar.
Encontro fatal tem um enredo bem interessante, e fiquei curiosa quanto ao final.
Bjs

A. Libri

Jess Leite Says:
16 junho, 2015

Olá!
Não conhecia o autor, nem a obra.
Como não gosto muito de ler quadrinhos, não sei se essa leitura seria para mim. Apesar disso, o enredo é bem interessante! Me deixou curiosa =)
Beijos!

www.livrosdajess.com

Julia Martins Says:
16 junho, 2015

Olá!
Eu não conseguiria ler essa HQ. Não por ser violenta, mas acho que e violência a mulher já basta a realidade, não preciso alimentar isso. Mesmo que seja apenas uma história em quadrinhos, ela retrata a realidade de muitas mulheres ao redor do mundo :/ mas já vi vários desenhos e ele são bem realistas. Acho isso bem importante numa HQ.

Até a próxima.
http://www.breakingfree.blog.br/

Gabrielly Marques Says:
17 junho, 2015

Não leio HQs (apesar de ter muita vontade de ler alguns títulos) e essa, Encontro Fatal, não me deixou nem um pouco interessada, fora o teor violento que não me agrada muito. Adorei sua resenha! http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

Juliana Garcez Says:
17 junho, 2015

Oie! Tudo bem?

Adoro HQs, mas nunca havia ouvido falar no autor e, por conseguinte, nem em suas obras. A temática soa um tanto quanto pesada para o que estou acostumada a ler, mas imagino que seja uma boa obra para que eu saia de minha zona de conforto.

Beijos,

Juliana Garcez | Livros e Flores

Fabiana Strehlow Says:
17 junho, 2015

Oi, Maria Valéria!
Eu até que gosto de história em quadrinhos, mas realmente, Encontro Fatal não seria uma obra que eu leria.
Além do forte apelo sexual, ainda tem a questão da violência. Então, não me sentiria a vontade lendo algo do gênero.

Beijos!
http://fabi-expressoes.blogspot.com.br/

Diana Canaverde Says:
17 junho, 2015

Olá... li pouquíssimos HQs.. é gostei, mas esse infelizmente não me atrai para ler... não gostei. Muito do teor violento retratado... não ligo para isso pq já li livros bem violentos, mas desenhado pra mim não rola... xero!!

Aline Gonçalves Says:
19 junho, 2015

Oie, tudo bom?
Infelizmente esse tipo de teor na HQ não me atrai e fiquei um pouco receosa. Não me sentiria bem, mas acredito que foi feita para um público determinado.
Beijos,
http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...