Ghandi: Biografia em mangá

| 01 junho 2015 | |

"Os fracos jamais podem perdoar. O perdão é um atributo dos fortes." Mahatma Gandhi.



Adquiri o mangá Gandhi, uma biografia em mangá, do autor Kazuki Ebine, e publicado pela Case Editorial, na banca de revistas aqui da cidade. Confesso que, apesar de conhecer a figura de Gandhi, nunca tinha parado para prestar atenção em sua história, e no quanto ela foi importante para o mundo, em especial para seu povo, na índia. Ter lido essa biografia em formato de HQ me foi uma experiência única e incrível...

A trajetória de vida de Mahatma Gandhi é contada desde seu nascimento, em Porbandar, no estado da Índia Britânica até sua morte em 1948. Mohandas Karamchand Gandhi era uma criança como qualquer outra, da casta de mercadores e desde cedo conheceu a forma como as pessoas de castas consideradas inferiores à sua eram tratadas. Desde menino, ela já estava prometido a Kasturba, pertencente a mesma casta que ele, e quando tivessem a idade adequada, eles se casariam. Na Índia, esse sistema de castas faz com que as pessoas nascidas em certa classe social só possam interagir e se relacionar com pessoas da mesma classe, sem nunca poderem trocar de casta, seja ela menor ou maior que a sua... 

Ainda na adolescência, ele decide estudar fora da Índia para se formar em Direito. Apesar de ser considerado um pecado sair do país para estudar no Ocidente, e contrariando algumas pessoas, inclusive sua mãe, que se preocupa com sua decisão, ele parte para a Inglaterra para estudar. Ele deixa sua família com a promessa de se formar e poder ajudar nas despesas da casa. Logo que chega na Inglaterra ele percebe a hostilidade no olhar dos cidadãos ingleses por causa de sua aparência e se esforça para parecer inglês. Cedo percebe a tolice que estava cometendo e assume suas raízes com orgulho delas.

Depois de aprovado nos exames e já formado, ele volta a Bombaim, reencontrando sua família, mas uma notícia o deixa muito triste... Mas ele precisa tocar a vida, pois tem mulher e filho dependendo dele. Já trabalhando como advogado recebe uma proposta de trabalho na África do sul, e acaba partindo novamente... É lá que ele se depara com o apartheid, e daí começa sua luta pelos direitos das pessoas segregadas, fazendo dessa luta sua meta de vida... 

Gandhi foi humilhado, espancado, fez greve de fome, sua fama como líder na luta por direitos dos oprimidos correu várias partes do mundo e haviam poderosos com interesses ameaçados por aquele homem tão convicto de seus princípios e que se utilizava de uma 'arma' para batalhar: o pacifismo. Gandhi 'pregava' que a violência não iria trazer a liberdade das pessoas, e apenas com a paz é que o mundo poderia se tornar um lugar melhor de se viver. Muitos duvidaram de sua jornada e ideais, mas tantos outros acabavam por segui-lo. 

Conseguiu aliados, inimigos, seguidores por onde passava. Desafiou as leis de castas em seu país para ajudar aqueles que a sociedade marginalizava. Foi ameaçado diversas vezes mas não perdia a altivez e serenidade. Considerado por muitos como louco, chamava a atenção da mídia sobre si, sobre seus projetos de liberdade e igualdade. Provavelmente não temeu a morte, mas era um homem de carne e osso, como qualquer um de nós. Acredito que apesar de imortalizado por milhares de pessoas no mundo inteiro, e até divinizado, como uma espécie de guru/messias que veio para disseminar a paz, Gandhi foi um homem, que tinha medos, anseios, sonhos e amou as pessoas ao seu redor. 

Eu poderia me estender discorrendo sobre a obra mas seria injusto de minha parte com vocês, que deveriam ler a obra e se surpreenderem com a história desse homem, e talvez, quem sabe, tirarem algum proveito dos ensinamentos de Gandhi. 

Não posso deixar de ressaltar o primoroso trabalho gráfico do quadrinho, bem como a narrativa instigante de Ebine, que prende o leitor até a última página, quase numa hipnose, até seu desfecho. Sem sombra de dúvidas, o mangá é um belíssimo trabalho... Para aqueles que admiram a vida de Gandhi ou para aqueles como eu, que até então desconheciam as minúcias de sua vida, a obra é super recomendada. Espero que tenham o prazer de ler...

"Talvez ele não seja bem-sucedido. Talvez ele falhe, como Buda falhou e como Cristo falhou, em seu propósito de destituir os homens de suas iniquidades. Mas ele será lembrado sempre como aquele que fez de sua vida uma lição para todas as eras vindouras."



9 Comentários:

Commaosdeseda - Midian Lima Tzur Hadad Says:
02 junho, 2015

A cultura de mangas é um coisa maravilhosa, e transformar Ghandi em uma é junta como se diz aqui no ocidente "O Útil ao agradável".
Blog Com Mãos de seda // Fan Page do Blog // Grupo do Blog

Kris Oliveira - Conversas de Alcova Says:
04 junho, 2015

Oi Val,
que proposta interessante transformar a história do Gandhi em mangá.
Eu não conhecia ainda, mas se eu encontrar pela banca daqui pode ser que me aventure.
Beijos

Beatriz Andrade Says:
12 abril, 2017

Achei muito bacana essa biografia do Gandhi em forma de mangá. As ilustrações devem estar lindas e poder conhecer mais sobre ele é, com certeza, muito bom.

Meu cantinho literário Says:
13 abril, 2017

Não conhecia este livro, mas amo as frases de efeito que nos fazem refletir do Gandhi.
Resenha linda!
Beijos
Cássia Pires

Grazi Moraes Says:
14 abril, 2017

Oie amore,
Não sou muito fã de mangás... e pra ser sincera não curti esse não, passo a dica dessa vez!
Beijokas!

Gabriela Rosa Says:
17 abril, 2017

Não sou fã de mangás, mas ver que Gandhi colocou sua biografia em mangá me deixou mega curiosa.
Vou anotar sua dica!

Camila Mondaini Says:
17 abril, 2017

Olá tudo bem?
Não sou fã de mangás e não me interessei por essa história dessa vez, então vou deixar a dica passar.

beijinhos!

Ana Lícia - Chalé Cult Says:
23 abril, 2017

Oii, tudo bem.

Conhecia o livro pela capa, pois havia visto no ig de um amigo. Mas lendo seu post fiquei super interessada, pois conheço Gandhi por suas frases maravilhosas e sempre quis ler mais sobre ele. E como amo mangá, desejando na certa. Ótima dica.

Laura Militão Says:
24 abril, 2017

Oi! Nossa, que legal! Nunca tinha visto algo do tipo. Deve ser bem interessante né? Tanto a história em si, quanto o fato de ser em mangá. Já quero haha. Beijos.
www.v3rsosdaalma.blogspot.com

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...