TAG - Minha história em 10 músicas

| 06 fevereiro 2015 | |
Vi essa TAG no Blog Mutações Faiscantes e resolvi respondê-la aqui também... Consiste em responder quais as dez músicas que fizeram parte de sua vida... Pra uma pessoa que vive de música como o ser humano precisa de água e ar para sobreviver, ficou realmente muito difícil fazer essa pequena seleção, e creio que - se fosse respondê-la novamente, certamente as escolhidas mudariam... Mas enfim, vamos ao que interessa...


Perguntas:


  • Uma música que te lembre um momento bom:
Avril Lavigne - Complicated. 
Na verdade, essa fase inicial da carreira dela me lembra bons momentos da minha adolescência... O jeito moleca dela me inspirou, me identificava bastante com sua atitude, personalidade e afins... De uns anos pra cá ela ficou 'rosa' demais pro meu gosto, mas sempre será minha queridinha 'sk8ter girl'...




  • Uma música que defina sua vida:
Gary Jules - Mad World.
A letra dessa música tem muito a ver como a forma que eu enxergo o mundo. Essa pergunta é difícil demais de responder, provavelmente eu mudaria de escolha em alguma outra ocasião, mas hoje, agora, neste exato momento, a música que encontro para definir o chaos de minha existência é ela... E na versão de Gary Jules, apesar de gostar demais da versão de Tears for Fears...




  • Uma música que te faz dançar na balada:

MGMT - Electric Feel
É impossível [pra mim] ouvir Electric Feel e ficar parada... Essa música tem tudo a ver comigo... Sim, eu sou uma garota elétrica... a batida me entorpece...




  • Uma música que foi tema de algum relacionamento:
Cassis, da banda japonesa The Gazette. Sim, ela é tema do meu relacionamento com Emerson [Minho] e simplesmente amo essa letra...




  • Uma música que sempre te faz chorar:
Não consigo sentir uma ponta de amargor quando ouço Black, de Pearl Jam. Acho que Eddie Vedder estava sofrendo de um chute na bunda quando escreveu essa música, porque a letra destroça qualquer um... e sua performance no vídeo abaixo nos deixa tristes com ele, é um 'feeling' inexplicável...




  • Uma música que seria toque do seu celular:
Na verdade não seria, ela é. Hey Brother, do Aviici. Sou apaixonada por essa música, a letra e o clipe são bem fortes...




  • Uma música que você gostaria de tatuar:
Apesar de ter uma phrase de uma música de Radiohead tatuada no braço, eu gostaria de fazer uma phrase de Broken Wings, de Mr. Mister. Essa música tocava durante minha infância, e traz uma mensagem legal no trecho que quero tatuar: "Pegue essas coisas quebradas e aprenda a voar novamente..." É algo que me lembra 'libertar-se das amarras' da existência, não sei explicar bem... 



  • Uma música que te deixa com vontade de ficar com alguém:
Make it Wit chu, do Queens of the stone age. Gente, essa música é envolvente, sexy e afrodisíaca... *risos* Prestem atenção na letra, principalmente quando ele canta 'eu quero fazer com você, em qualquer hora, em qualquer lugar...' Sim, dá tesão mesmo... Além dela, eu escolheria também Midnight Blues, de Gary Moore... músicas com pegadas de blues me deixam 'acesa' haha...





  • Uma música que você está viciado agora:
The last goodbye, de Billy Boyd. Depois que vi esse vídeo do filme O hobbit, fiquei encantada com essa música, eu chorei bastante assistindo... a letra é linda e profunda, fala sobre amizades e despedidas... Vale a pena conferir...



  • Uma música que faz as pessoas lembrarem de você:
Valerie, versão cantada por Amy Winehouse. Não apenas por ser meu nome *risos* mas muitos disseram que lembram de mim em alguns trechos da letra... Outra que não poderia deixar de citar aqui é My Immortal [na verdade qualquer uma de Evanescence] porque quem me conhece sabe que sofro de um amor platônico por Amy Lee, e sempre - sempre ouço a banda... Então, escolhi o primeiro clipe preferido, logo quando a banda fez sucesso...




Bom, não vou fazer indicações mas quem quiser postar, sinta-se à vontade...
Até o próximo post, pessoal... E espero que tenham curtido minha 'seleção'...


6 Comentários:

Amiga da Leitora Thais Says:
06 fevereiro, 2015

Acho legal essa tag, mas como não sou muito de música, ficaria perdida para responde-la ... kkkkk
O começo da carreira da Avril lembra bastante minha adolescência tbm, até tinha o primeiro CD dela *-*

xoxo
http://www.amigadaleitora.com/

Mariana Oliveira Says:
06 fevereiro, 2015

Ah! Eu vi essa tag lá também, fiquei com vontade de responder já que AMO música <3
Mas estou me enrolando um pouco, gostei bastante da sua lista, conheço a maioria, posso dizer que "mma música que te lembre um momento bom" seria uma da Avril também, bem fase de adolescência. Velhos tempos <3
hehe, beijos.

Amoras Com Pimenta Says:
06 fevereiro, 2015

Oieee! Eu vi essa tag também e achei muito legal, e também estou cogitando fazer no blog. Amoooooooooooooooooooo Hey Brother, do Aviici. Mas se responder essa tag acho que teria muito de Legião e Gun's. bju
Eykler
www.amorascompimenta.com

POESIA NA ALMA. Says:
06 fevereiro, 2015

Muitas músicas que eu amo. que fizeram parte da minha história também rsrsrsrsrsrs
O post é bacana!

Ana Luiza Ferreira Says:
07 fevereiro, 2015

Olá!

Adorei essa tag! Também amo Mad World. e me identifico bastante com ela!

Bjs

K Riquelme Says:
07 fevereiro, 2015

Oi! Finalmente abriu, esse treco aqui não abria e não consegui comentar pelo celular.
Bem eu adorava a Avril no inicio, como você mesma falou ela virou muito rosa depois disso, o resto das músicas não reconheci, mas vou dar uma olhada, as minhas seriam uma perturbação de rock. kkk
http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
Xoxo

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...