Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





"Deixai toda esperança, ó vós que entrais!" Inferno. A divina Comédia [Dante Alighieri]

Páginas

4

Um livro que me surpreendeu: 4 Semanas de Prazer, de Julianna Costa





Recebi 4 Semanas de Prazer como cortesia da autora Julianna Costa, para ler e resenhar no blog Leitor Cabuloso. E eis que a leitura dele me foi uma grata surpresa, pois saí da minha zona de conforto [não sou muito dada a leitura erótica nacional], e ele me surpreendeu de maneira positiva. Como alguns me conhecem, depois de 50 tons eu fiquei meio que cismada com livros na temática erótica, por esperar leituras do naipe de Anais Nïn e Henry Miller, mas resolvi encarar a leitura numa forma de quebrar um pouco esse meu bloqueio. E deu certo...

O livro tem quase quinhentas páginas e foi lido em dois dias. Claro que já havia recebido há um tempinho, mas esperei a vontade bater e tirá-lo da estante, depois de quase um mês que o tinha recebido... O livro fluiu tão bem que confesso que fiquei um pouco triste quando ele acabou, e sei que vou sentir falta da relação atrapalhada e tumultuosa de Dom e Holt... 

Dominique, ou simplesmente Dom, é uma advogada ambiciosa e bem-sucedida, que mesmo tendo origem humilde soube subir na vida pelos próprios esforços. O problema é que Dom é uma mulher fria, calculista e sem amigos. No escritório onde trabalha, todas a tratam por 'megera'. Entre eles, se encontra Gregory Holt, outro advogado bem-sucedido e vizinho de Dominique. Ela, apesar de fria, é uma mulher insaciável, de sexualidade bem resolvida e independente. Sem falsos pudores ou modéstia, sabe usar de seus atrativos para conquistar os homens, e sexo pra ela não é algo difícil de se conseguir casualmente...

A verdade é que, apesar das picuinhas com Greg Holt no trabalho, ela sente uma atração por seu colega e vizinho, então num belo dia, resolve provocá-lo masturbando-se em seu quintal, voltada para a casa de Holt, que estava para se mudar pro outro lado do pais, na certeza que naquele momento, ele não estaria em casa... Mas ele estava, e no exato momento, estava com um celular filmando a vizinhança, então qual não foi sua surpresa ao flagrar a advogada megera e linda gemendo numa posição pra lá de sexy ali tão perto dele? Detalhe que ele, que também se sentia atraído por Dom, ficou ainda mais excitado ao ver uma cena dessas...

Quando ela percebe sua presença, começam a discutir e ele a chantageia, ela terá que passar suas férias na nova casa dele, ajudando-o com a mudança, e se ela não aceitar, ele joga o vídeo dela na internet. Claro que Holt não faria isso, mas o que ele quer na verdade é deixar a advogada mais humilde e fazer com que ela se importe com os outros, pois todos a odeiam, apesar de reconhecer suas habilidades nas audiências. Mas ninguém acha que Dom é uma boa pessoa, porém Holt percebe que toda essa máscara de indiferença e grosseria é apenas para encobrir alguma tristeza ou fraqueza de Dominique... 

Dom se vê perdida numa vizinhança 'legal', tendo que cuidar de Max, o labrador de Holt [ela odeia cães], longe de sua casa e do trabalho, tendo que arrumar caixas e mais caixas da mudança de Holt e lutando contra uma atração cada vez mais forte por seu 'anfitrião'. Apesar de algumas fórmulas clichês na história [a atração ser mútua, eles acabarem na cama no fim das contas e ela começando a ter afinidades com os vizinhos de Holt, que até então ela queria ignorar, bem como o apego pela 'criatura demoníaca' intitulada Max], o leitor não consegue simplesmente pausar a história. A cada capítulo, a autora deixa uma brecha para você querer saber o desfecho daquela situação, e onde ela vai culminar. Os diálogos de Dominique e Holt são um show á parte: ironia, sarcasmo, tesão e discussões mescladas de forma criativa. Me identifique com Dom em vários aspectos de sua personalidade [tirando a parte de não ser afetiva, em especial com cães e sua imagem segura por ser bonita]... 

Em suma, é uma leitura fácil, leve e divertida. As situações que Holt e Dom vivenciam deixam o leitor extasiado, empolgado, e - por que não? - excitado... Sobre a diagramação, o livro está perfeito. Não encontrei erros de revisão, a capa é lindíssima e os capítulos são alternados, ora a narrativa se dá pela perspectiva de Dominique, ora pela de Holt. Numa parte próxima ao fim, a personagem Andy ganha umas linhas falando sobre si... É uma das personagens que mais gostei na história [a garota esquisita do cabelo azul *risos*]. Temos também Rick e seu amigo Thierry, um velhinho com câncer, Madeleine, Shelbi e seu marido asqueroso Eric; Lynn, a amiga 'lambisgoia' de Holt que deixa Dom enciumada, Hill, um colega de Holt do tipo canalha, a avó diabólica de Holt, que por ser muito rica tenta impedir o relacionamento de seu neto com a advogada, a mãe dele, que mora num asilo e tem uma relação difícil com o filho, por causa de uma tragédia na família e alguns outros... 

Bem, se eu for falar mais sobre o enredo vou contar a trama toda do livro, e prefiro deixar isso para vocês. Só digo uma coisa: se eu, que não sou aficionada pelo gênero, me encantei com o livro, o público-alvo certamente vai ter uma ótima história em mãos, e serão horas de prazer [sem trocadilhos] garantidas... 

Não posso deixar de mencionar também as epígrafes em cada capítulo. A autora utiliza frases de E o vento levou em cada um deles. E as frases combinam perfeitamente com as situações apresentadas em cada capítulo. Esse detalhe, a meu ver, enriqueceu ainda mais a obra... 

4 Semanas de prazer vão te render prazer, literalmente... ;)


Ficha Técnica:
4 Semanas de prazer
Autora: Julianna Costa
Editora: Universo dos Livros
496 páginas.
2014.




A autora começou a escrever poemas e contos aos sete anos. Em 2013 publicou seu primeiro livro. Depois de 23 noites de Prazer, ela apresenta seu novo livro na temática, 4 Semanas de Prazer..



4 Comentários:

Alice Aguiar

tipo to pulando livros nacionais, mas curto a literatura erótica <3 por isso vou ver se dou uma chance pra esse e eu nem conhecia, mas 500 páginas é tenso no momento por causa da faculdade ta mt complicado.
Seguindo o Coelho Branco

HONORATO, Sandro

Boa noite,
Como esta?
Nunca li livros com este tema,apesar de estar super curioso *-*
Bacana sua resenha e indicação ^^

Beijos e tenha uma excelente semana
www.rimasdopreto.com

Kris Oliveira

Uiiiiii, tu sabe né? Que eu adoro uma leitura picante e ainda mais quando essa é recomendada por uma leitora que eu admiro como tu. Já quero muito ler esse livro, curiosidade a mil. Tua resenha me fez criar um filme na minha cabeça. *__*
Beijos Val ♥
http://www.conversasdealcova.com/

Gardenia Nogueira

Gente tem onde baixar esse livro...quero muito ler

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...