Uma incrível descoberta entre autores nacionais... A máquina de contar histórias, de Maurício Gomyde

| 24 agosto 2014 | |
 Quando vi que a Ed. Novo Conceito lançou A máquina de contar histórias, me peguei impressionada pela arte da capa, e pela sinopse que me despertou o interesse de ler algo sobre o autor Maurício Gomyde, do qual eu já tinha ouvido falar nas redes sociais. 

Então, participando de um Top Comentarista no blog Way to Happiness, tive a felicidade de ganhar um exemplar [autografado] do autor. Em poucos dias recebi meu livro em casa e passei a frente de outras leituras, por se tratar de um livro curtinho, com menos de 200 páginas... 

O resultado disso é que estou surpresa em como uma história contada de forma tão simples e espontânea me cativou desde as primeiras linhas...


Vinícius é um autor bem-sucedido, que de tanto entregar-se ao seu trabalho, não é um marido e pai presente na vida da família V. A sua esposa, Viviana, sofre de uma câncer e acaba morrendo quando Vinícius estava em uma festa de lançamento do seu novo livro. A ausência dele em vários momentos importantes para a família e ainda mais a morte da mulher sem o marido por perto despertam o ódio de Valentina, sua filha de 16 anos, que ficou ao lado da mãe durante todo o período de tratamento contra a doença... 

Sentindo-se perdido, Vinícius tenta recuperar o tempo perdido que passou longe da mulher e filhas e enfrenta o desprezo de sua filha mais velha, então resolve fazer uma viagem com ela e Vida, a 'fadinha' de apenas quatro anos. Depois de muita resistência por parte de Valentina, ele finalmente consegue convencê-la a embarcar nessa viagem, e durante essas 'férias tiradas fora de hora', Vinícius passa a conhecer de verdade suas filhas...

Os personagens são bem construídos, a história poderia acontecer com qualquer um de nós e é possível nos identificarmos com alguns dos personagens. A relação que Vinícius tem com a filha mais velha é terrível, ela não confia no homem que 'abandonou a família por causa de seu próprio egoísmo e carreira', e a única base que ela tinha na vida, que era a mãe, se foi... Vida ainda é muito pequena e não compreende o que está acontecendo com sua irmã e pai, e está empolgada com os lugares que conhece na Europa... 

"Agora, o fruto do amor contido na chave que muitos anos antes ele e Viviana haviam jogado no rio voltava na forma de duas filhas e um pai tentando reconquistá-las." 

Um fato importante é que a viagem e os locais escolhidos tem um propósito que só fui descobrir no final do livro, e me emocionei bastante com essa parte, pois o autor conseguiu ligar os pontos de forma a não deixar o leitor perceber que entrava numa 'armadilha' *risos* Me surpreendi demais. A capa do livro tem forte ligação com esses acontecimentos mas não vou contar, pois desejo que vocês tenham a mesma sensação que tive quando li... 

Vinícius escrevia de forma metódica e os leitores adoravam seus romances, achando que ele mesmo vivia todos aqueles sentimentos escritos por ele. Na verdade, ele desconhecia as emoções que passava para o papel, pois vivia absorto em técnicas de escrita, sem entregar-se de forma verdadeira ao seu talento... Com a descoberta das pequenas coisas da vida que podem ser maravilhosas, ele percebe o quão frio era, e muda sua maneira de escrever, de se relacionar com as pessoas. Com as filhas, ele aprende finalmente o sentido da palavra viver. 

A diagramação do livro é um show a parte. A capa, que traz elementos fundamentais à história [e que só com o final da história descobrimos o porquê], os capítulos trazem desenhos de 'plays' de música e letras embaralhadas. A escrita de Gomyde é deliciosa, faz a leitura fluir muito bem...

Com cinco livros publicados, A máquina de contar histórias é o primeiro lançado pelo selo Novas Páginas, da Ed. Novo Conceito. Espero ter o privilégio de conhecer os demais livros do autor e que ele lance muitos outros, pois ganhou uma fã de seu trabalho... 




Maurício Gomyde nasceu em São Paulo mas vive atualmente em Brasília. Lançou O mundo de vidro, Ainda não te disse nada, Melhores pra sempre e O rosto que precede o sonho de forma independente. Para conhecer mais o trabalho dele, visite seu site: 
www.mauriciogomyde.com 

12 Comentários:

Desbravadores de Livros Says:
24 agosto, 2014

Parabéns, em primeiro lugar, por ganhar o livro, é tão difícil ganhar num top, pelo menos para mim haha.
Mas quanto ao livro em si, eu gostei. É o lançamento dele na Novo Conceito. Essa obra está fazendo um super sucesso

M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher e 2 ganhadores.

thaila oliveira Says:
24 agosto, 2014

Mauricio é um autor que eu admiro pela sua versatilidade em escrever tramas tão envolventes, com personagens tão reais que eu me envolvo tanto que só posso dizer que sou fã do autor!

http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

Alice Aguiar Says:
25 agosto, 2014

opinião é uma coisa sinistra mesmo ashushusau
eu acabei de ler duas resenhas nesse instante uma falando q n curti, ou que ahcou mais ou menos e a sua dizendo q curtiu hsaahsuhus
e eu odiei o livro. mas enfim q bom q a leitura foi proveitosa pra vc.

Seguindo o Coelho Branco

Maria Valéria Says:
25 agosto, 2014

obrigada :D
ah, qualquer hora dessas vc ganha TC rsrs
bjs

Maria Valéria Says:
25 agosto, 2014

como nunca li nada dele antes, não sei o que esperar das obras anteriores, mas tenho boas expectativas quanto a isso. ^^
bjs

Maria Valéria Says:
25 agosto, 2014

hahahaha verdade, isso é o que torna o mundo literário interessante, essas divergências :D
bjs, Alice.

Kris Oliveira Says:
25 agosto, 2014

Valzita, eu ainda não tinha lido resenha sobre esse livro.
A Capa dele não me chamou muita atenção, não. Nem sei porque...
Mas como confio no teu bom gosto literário e tu gostou tanto, eu dou sim uma chance a ele.
Lerei assim que tiver oportunidade.
Beijooo
♥ Conversas de Alcova ♥

HONORATO, Sandro Says:
25 agosto, 2014

Boa tarde,
Como vai?
Eu ainda não li nenhuma obra dele mas realmente a capa deste livro ficou muito linda *--*
Gostei da tua resenha ^^

Beijos e tenha uma excelente semana
www.rimasdopreto.com

Alessandra Tapias Says:
25 agosto, 2014

Que bom que você gostou!!!

Eu adoro o Maurício e seus liros!! Fiquei muito feliz com sua resenha ♥ Está linda!!!

Bjks

Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

Maria Valéria Says:
25 agosto, 2014

Este comentário foi removido pelo autor.

Maria Valéria Says:
25 agosto, 2014

então, tô louca pra ler outros títulos dele ^^

Neyla Suzart Says:
25 agosto, 2014

Oi Val!
Eu ainda não li esse livro, mas minhas expectativas são as melhores possíveis. Não li outros livros do autor, mas sempre ouço falar super bem da escrita dele e estou mega ansiosa. *-*
Fico feliz por vc ter gostado da leitura.
Beijocas
Coisas de Meninas

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...