Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





"Deixai toda esperança, ó vós que entrais!" Inferno. A divina Comédia [Dante Alighieri]

Páginas

7

"Who needs 50 shades of grey when you've got Lars Von Trier?"



Uma coisa que venho observando de uns tempos pra cá são as pessoas que não gostam quando eu digo que uma obra tal é 'merda' pra mim. Oras, pra mim. Pra você pode ser o melhor livro do mundo, mas comigo não colou, saca? Tem muito livro que eu simplesmente amo e vejo gente meter o pau por aí, sem nunca nem ter lido, e eu vou achar ruim o fato da pessoa não ter se interessado como eu pela obra? Não mesmo. 


Uma pessoa faz o que quiser do tempo dela, seja pra se recusar a ler algo que de cara não gostou, seja pra abandonar a leitura no meio do caminho, ou porque prefere gastar seu tempo com uma leitura que realmente desperte seu interesse. Mas se eu quiser falar mal de um livro mesmo sem ter lido [em partes ou por inteiro] o tempo é meu, e ninguém tem nada com isso. E se isso é ter preconceito literário, então eu tenho sim, e não nego. Nunca neguei, na verdade.

Se for seguir a lógica desse povo em dizer que a pessoa é obrigada a ter lido o livro pra dar opinião sobre ele é a mesma de que pra 'não querer ser gay', eu preciso provar o sexo igual antes. [Mas eu não falo mal dos gays, já livros são letras e papel e falo mal do título que eu quiser porque livros, diferente dos 'fãs' mais esquentadinhos, não vão ficar se doendo.] Foi um exemplo meio 'whatthefuck' mas tá valendo pra entender. Eu detesto chocolate branco, então quem ama chocolate branco vai ficar ofendido porque eu não como também. Eu tô detestando o livro, e não quem o lê. Não vou deixar de pegar o mesmo assento do ônibus com alguém lendo Crepúsculo do meu lado, nem vou me negar a ter amizade com quem gosta de Paulo Coelho. Minha opinião ruim sobre o 'livro do seu coração' não vai mudar o caso de amor que você tem com ele. Ou vai? Tampouco você se ofender por eu falar mal do seu livro preferido vai me fazer gostar dele, muito menos parar de dizer que ele é ruim.


Tem livros que são tão ruins que não faço questão nem que contem no 'contador de páginas lidas do meu Skoob' e continuam na aba do meu perfil como 'abandonados'. Mas quem sabe qualquer hora eu mude de idéia e os coloque na aba 'lidos', pra daí as pessoas que abrem a boca pra falar que eu 'falei mal da obra-prima sem ter lido e estou sendo preconceituosa com isso mimimi' se conformem.

Então, vou continuar detestando Harry Potter, Crepúsculo e 50 tons de Cinza, SIM. 



Fui.
E se quiserem falar mal de O senhor dos Anéis, Último Tango em Paris, On the Road, A insustentável leveza do ser e O morro dos ventos uivantes fiquem à vontade. São preferidos meus e não vou obrigar ninguém a amá-los como eu. [Mesmo que não tenham nem lido]. 


7 Comentários:

Julia G

Concordo com você, ainda que eu não seja tão rigorosa a respeito dos livros antes de realmente conhecê-los. Mas cada um é cada um, e acho que o respeito é bom e todo mundo gosta.

Beijos

Maria Valéria

pois é... nem é implicância com ninguém, e sim com a obra em si =T

Anna Canedo

Oi Val , tudo bom ?

Tem um bom tempo que eu to incomodada com esse mercado literário viu , por que tenho muita dificuldade com rotulações , isso me estressa profundamente. Sobre os livros eu penso o seguinte: existem duas condições básicas pra eu gostar deles . A primeira e pra mim a mais importante é o processo de identificação , ou seja , quanto maior a minha identificação com o livro seja pelo tema abordado , pela personalidade da personagem ou qualquer outro motivo , maior será minha empatia com ele e consequentemente , maior será o meu 'gostar' dele . A segunda é saber o foco do livro , ou seja o leitor para o qual ele foi escrito , então não adianta você enfiar na cabeça de um menino de quinta serie , sem maturidade um livro do machado , que ele não vai entender , não vai gostar e vai achar uma porcaria , assim como não adianta você pegar uma pessoa que já leu e ama Jane Austen e tentar faze-la amar e considerar o melhor livro de todos um Crepúsculo ( apesar de que eu amo os dois hahahahhaha).

EU li Crepúsculo quando tava com 14 anos e ele se tornou meu livro favorito , hoje com 20 ( ainda é um dos favoritos , pelas lembranças que ele evoca na minha mente) e o engraçado é que agora com 20 anos estou lendo Harry Potter , e apesar de achar que o livro é bom eu não consigo ama-lo igual amo crepúsculo e igual eu tenho certeza que amaria quando tinha 14 anos . No entanto , o que mais ouço falar é que Crepúsculo é uma merda e HP é tudo de bom , mas qual o parâmetro que as pessoas usam pra definir isso ? Acho isso meio idiota e resumidamente , é tudo uma questão de respeito e adequação, não é por que meia duzia gosta e ama que a outra meia duzia tem que amar .

Falei demais né? hahaha

Beijos ,Anna
http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

Val Strange...

ahahaha não, pode opinar a vontade rsrs ^^
acho que comigo rola essa questão de identificação, mas porque tem gente que acha que vou menosprezar alguém que lê crepúsculo ou paulo coelho, ou augusto cury. EU não gosto do LIVRO/AUTOR/ESTILO e é bem diferente de não gostar do LEITOR deles rsrsrs
enfim, você entendeu o que eu quis dizer :D
bjs.

Anônimo

Hello my family member! I want to say that this post is
awesome, great written and come with approximately all important infos.
I'd like to look extra posts like this .

Also visit my blog - acne scars

Amiga da Leitora Thais

kkkkkkkkk.... amiga vc é de mais! Graças a Deus ninguém nesse mundo é igual, logicamente nossos gostos e pensamentos tbm são. Leio suas e resenhas e sei que nosso gosto literário são bem diferentes, eu AMO CREPÚSCULO (shaushau), mas não saímos por aí uma ofendendo a outra por ter gostos diferentes. Pelo contrário, nos respeitamos, e isso é o que importa. O problema é que tem muita gente mesquinha por aí mesmo que gosta de confusão e só está a procura de confete. Eu ignoro pessoas assim, e vc tem razão em tudo o que falou.
Nossa eu fui assistir OTR e achei muito chato, fiquei com medo de ler o livro. Já Senhor dos Anéis eu amoooooo o filme, mas ainda não li.

xoxo
http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

Amiga da Leitora Thais

PS: Esqueci de botar o NÃO na frase 'logicamente nossos gostos e pensamentos tbm são. '

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...