A garota da casa grande [aquela da diagonal...]

| 22 maio 2014 | |
Bem, acabei de fazer a leitura desse livro e com a mente ainda fresca das linhas lidas, resolvi escrever esta resenha... Recebi A garota da casa grande em parceria com a autora Amanda Marchi, e por ser um livro fininho e com uma temática que me desperta logo a curiosidade, dei uma pausa em outra leitura para desfrutar de suas páginas. 

Confesso que li rápido, em apenas uma sentada, tal a leveza da história. Apesar do tema ser polêmico, achei que o livro não peca pelo clichê, e a autora conduziu de maneira sutil o romance das personagens... Trata-se da história de Geórgia, que vai passar mais uma vez as férias anuais na casa da avó, numa cidadezinha perdida no interior. Entediada com a longa viagem, sem expectativas de diversão durante sua estadia por lá, Geórgia não se sente confortável em rever pessoas que mal tem contato ao longo do ano, e fingir saudades ou entusiasmo não é a melhor maneira de lidar com a situação...

A narrativa funciona em primeira pessoa, com a protagonista nos falando sobre esses dias ao lado da avó e de uma tia. Algo acaba despertando seu interesse: a vizinha da casa grande, que fica na verdade, na diagonal da rua... o jeito como Geórgia olha pra ela é carregado de curiosidade. E logo o destino coloca ambas as garotas frente a frente [graças ao cachorro Max] e um livro num banco de praça... O contato entre elas é breve, mas carregado de interesse mútuo, embora demonstrado de maneira sutil... 

Achei o livro bem detalhado em suas descrições, a narrativa de Geórgia é quase sem vírgulas, como ditas em um só fôlego, uma linguagem bem casual, que aproxima o leitor da protagonista... Uma das características da personagem na qual me identifiquei é seu gosto por leitura e sua indisposição de acordar cedo [*risos*]. Ela cita ao longo do livro Oscar Wilde, Agatha Christie e Game of Thrones, achei bem bacana essas referências... 

Um ponto que poderia considerar 'negativo' é que alguns acontecimentos ocorrem em tempo bem rápido. Não sei se pelo número de páginas, algumas coisas ficam meio corridas, de uma cena logo pula-se pra outra, sem rodeios... Mas não chegou a atrapalhar a leitura. Com o passar dos capítulos, consegui me adaptar a isso. E apesar dessa condução apressada da história, a relação de Geórgia e Alice não se dá da noite pro dia, ocorre de maneira natural. [Não pense que verá algo do tipo 'duas garotas se conhecem e no dia seguinte já caem na cama apaixonadas']. O romance acontece aos poucos, sem pressa...

Em um trecho do livro, há uma mostra do preconceito das pessoas, principalmente de cidades do interior... O machismo se faz presente nesse momento... Outro ponto importante a ressaltar é a relação de Geórgia com sua avó, que vai ficando mais forte depois que ela descobre a opinião da senhora sobre sua orientação sexual... Mas então acontece uma coisa que muda tudo, e será um fator decisivo na relação de Geórgia e Alice...

Em suma, é um livro que merece ser lido, a autora é jovem e talentosa, mostrou que sabe usar bem as palavras para mostrar às pessoas que o amor pode ser vivido de todas as maneiras, por qualquer pessoa, independente de serem do mesmo sexo ou não... E que as barreiras impostas pelo destino podem não ser páreo para uma paixão verdadeira, sincera e pura como a de duas garotas...


5 Comentários:

Amiga da Leitora - Thais Says:
22 maio, 2014

É um tema polêmico e ao mesmo tempo curioso, pois não li muitos livros assim ainda. Adorei a capa, ficou bem fofa!!

xoxo
http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

Gabriela Amoroso Says:
22 maio, 2014

Oii
Acho que ainda não li nenhum livro com essa temática. A história parece ser bem interessante. Gostei da resenha! :)

Beijos,
Pitada de Cultura

Naylane Sartor Says:
23 maio, 2014

Oie! Não conhecia o livro, mas amei a capa!
Bjs, comentar por favor nessa resenha ajudaria muito:
http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/05/os-assassinos-do-cartao-postal.html

Alessandra Tapias Says:
26 maio, 2014

A sinopse e a proposta do livro me chamaram muito a atenção quando vi. Também recebi e será lido na semana que vem.

Adorei sua resenha, quero muito ver como ficará a relação dela com a avó. E mais ainda como ela é tratada, o preconceito... tudo!! Adoro livros que mexem com a cabeça e fazem pensar!

Bjkas

Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

Kris Oliveira Says:
27 maio, 2014

Eu mal posso esperar que o livro chegue até mim *--*
Estou muito curiosa para conhecer Gerogia e Alice <3

Conversas de Alcova

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...