Bob - Um gato fora do normal

| 29 abril 2014 | |


Acabei de fazer a leitura desse livro e a conclusão a que cheguei é que é uma obra leve e agradável, que cativa pela simplicidade. De autoria de James Bowen, Bob - Um gato fora do normal fala sobre a experiência nas ruas de um gato e seu dono, que após encontrá-lo na soleira da porta de seu apartamento, acolheu e cuidou do bichano, e desde então não mais se separaram. Publicado pela Ed. Novo Conceito, é um lançamento de abril/2014.

James vivia nas ruas, se drogava e depois que Bob entrou em seu caminho sua vida mudou completamente. Bob passou a ser seu filho adotivo, que o acompanhava nas ruas, quando ia tocar seu violão a fim de ganhar os trocados de pagar o aluguel, e depois quando passaram a vender as revistas Big Issue nas esquinas e em frente as estações de metrô. O sucesso de James devia-se ao fato de Bob atrair a atenção dos transeuntes, que se admiravam com a personalidade peculiar do gato, muito senhor de si, que ficava pacientemente o dia inteiro ao lado de James, fazendo com que as pessoas comprassem mais e mais revistas. Claro que esse fato atraiu a atenção de gente invejosa, e James teve que lidar com algumas situações chatas descritas no livro. Mas, como ele andava 'na linha', conseguia resolver esses problemas sem maiores dificuldades. Como ele mesmo diz em alguns trechos, pra cada pessoa que os olhava de forma negativa, dez os viam com bondade. 

Coisas simples, como um jantar apropriado, viram motivo de festa para os dois amigos, visto que antes, eles viviam nas ruas, à margem da sociedade, e quando ganhavam umas libras a mais, nada melhor que festejar com um bom prato e petiscos. 

"- Que tal um belo saco de ração chique, Bob? - sugeri no supermercado. - E alguns pacotes de seus petiscos favoritos, e um pouco de leite especial para gatos? Vamos aproveitar. Foi um dia inesquecível." 

Muitos achavam linda a amizade entre James e seu gato. James fala que por vezes tinha a impressão que Bob transformava o dia das pessoas, dava um brilho especial em suas rotinas, quando cruzavam com ambos nas ruas.

"para cada pessoa que me olhava de um jeito meio bravo, havia dezenas que sorriam e acenavam. Uma senhora carregada de sacolas de compras nos deu um sorriso largo e simpático. - Vocês dois formam uma imagem linda - ela comentou." 

Havia o problema com as drogas. James foi viciado por vários anos e se encontrava em reabilitação quando acolheu Bob. Mas a medida que o tempo passava, ele sentiu a necessidade de parar completamente com seu vício, de se 'limpar' pois havia agora uma vida sob sua responsabilidade. Era um lado escuro de seu passado que ele não queria trazer para a convivência com o gato. E com muito esforço e força de vontade, ele conseguiu superar. E Bob estava lá, em todos os momentos, mostrando para James que ele não estava só...

Com Bob a seu lado, James não se sentia um indigente, uma 'não pessoa'. Ele conseguiu recuperar sua dignidade O livro não traz uma narrativa mirabolante e sim, um registro do dia-a-dia de um homem das ruas com seu animalzinho de estimação. Ele era sua companhia, sua responsabilidade, seu refúgio. Por vezes, me peguei pensando durante a leitura se foi James que salvou Bob ou o contrário... Creio que ambas as conjecturas se encaixam na história... 

Uma das partes mais emocionantes pra mim foi quando James fala sobre um natal ao lado de Bob. Segundo o próprio James, foi o melhor natal que teve em anos. Ao fim do livro, temos várias photos coloridas de James e Bob, dando mais graça a obra. A capa é linda, a diagramação é fantástica, há sombras de gatinhos espalhados por todos os capítulos. A estética do livro é impecável, e a história, como havia dito no início da resenha, cativa por sua simplicidade. Aos fãs de gatos, uma ótima distração entre leituras mais complexas. Aos que não são fãs de bichanos, uma experiência válida e encantadora...



James Bowen é um artista de rua londrino, Ele encontrou Bob em 2007 e desde então, eles são companheiros. Escreveu também Um gato de rua chamado Bob e O mundo pelos olhos de Bob. Confiram minha resenha sobre O mundo pelos olhos de Bob neste link... 

8 Comentários:

HONORATO, Sandro Says:
29 abril, 2014

Boa noite :)
Como vai?
Quero ler "Um gato de rua chamado bob" ainda >.<
Mas bacana seu texto,parece que vale a pena este livro ^^

Beijos e se cuida
Rimas Do Preto

Kris Oliveira Says:
30 abril, 2014

Fiquei com trauma do Bob desde aquele concurso cultural, lá.
Mas agora que eu fiquei sabendo da história dele juro que passou, vou guardar mágoa só da editora, KKKK
Muito bonita a história, deve realmente ser uma leitura agradável.
Fora que não é só o BOB que é gato, nossinhora que dono gato ;)
(Maria Shampoo falou agora, rsrsrs)
Beijos Val ♥

Julia G Says:
30 abril, 2014

Eu tenho dois livros do Bob aqui, mas foi uma das publicações que não me deixaram tão curiosa, então fui deixando de lado. Quem sabe em uma hora mais inspirada eu leia.
Beijos

Maria Valéria Says:
30 abril, 2014

leia, vc não vai se arrepender ^^
bjs

Maria Valéria Says:
30 abril, 2014

eu lembro desse episódio, Kris. Mas não vale a pena se estressar, já passou, deixa pra lá... =T
é sim, muito divertida, sensível, acho ideal para crianças, até. ^^
hahahahaha tenho que concordar com você...
bjs, queridona...

Maria Valéria Says:
30 abril, 2014

me disseram que o primeiro livro é a mesma história desse aqui. Não tive a chance de lê-lo, mas pelo jeito, esse que resenhei é a versão com photos no final do livro, que a primeira edição não teve. E me parece que andaram cortando algumas coisas mais 'pesadas' da vida de Bowen pra deixar a leitura mais leve... pena, porque pelo jeito, vou ficar só nessa edição editada mesmo...

bjs e obrigada pela visita, flor...

Renata Leite e Isadora Klauck Says:
30 abril, 2014

Não me interessei muito pelo livro... leria, sim, mas não agora. Sua resenha me deixou um tanto curiosa rsrs
Beijos,
Renata.
viciadas-em-livros.blogspot.com.br

Erika De Castro Says:
30 abril, 2014

Nossa estoulouca pra ler esse livro! Achei a história tão simples, porém comovente, e eu gosto de gatos hehe!
Adorei a resenha!!!
;**

http://noitesdeleituras.blogspot.com.br/

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...