Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





"Deixai toda esperança, ó vós que entrais!" Inferno. A divina Comédia [Dante Alighieri]

Páginas

4

Resenha - Tipo Destino



E a resenha de hoje é sobre um dos títulos da Editora Novo Conceito que recebi esse mês. Não sou muito fã de 'histórias para adolescentes', mas algo me chamou a atenção nesse livro. Sem contar a capa, que já me deixou curiosa acerca do triângulo amoroso sugerido nela. Então, vamos lá.

Lani e Erin compartilham segredos, festas e uma amizade de anos. Um evento traumático no passado as deixou mais unidas. Apesar das personalidades diferentes, elas sempre estão juntas. Até que um dia Erin arruma um namorado. Erin é leonina, de gênio forte e sempre é o centro das atenções por sua beleza e popularidade. Lani é taurina, e louca por horóscopo. É também muito sensível, principalmente quando alguém discorda de suas previsões e crenças nos signos. Tem um amigo chamado Blake, que é gay mas nunca assume, por medo da ira de seu pai, um homem muito rígido com o filho. 

A história não é muito diferente da maioria dos filmes que passam em sessão da tarde: grupinhos na escola, divididos por classe, status e preferências, diretores pegando no pé dos alunos, esportistas, nerds, garotas que gostam de fofocar e todo o clima que permeia o universo adolescente na escola. Bem clichê. E ainda assim, eu não consegui parar de ler. Terminei a leitura no mesmo dia.

Como eu tinha dito antes, Erin arruma um namorado: Jason. A relação dele com Erin não tem muitos rodeios. Eles são lindos, populares, mas ele encontra em Lani uma afinidade natural, e ao mesmo tempo assustadora [que ele não possui com Erin]. Logo um sentimento começa a surgir entre os dois mas Lani reluta o tempo todo, porque ela não quer colocar em jogo sua amizade de longa data com Erin. A questão é que o destino parece testá-la com relação a isso... E Erin viaja nas férias... 

Logo as barreiras de resistência caem por terra e Lani se envolve com Jason. Mesmo ele tendo rompido com Erin, Lani acha melhor esconder o relacionamento até a volta da amiga. Mas nesse meio tempo, inúmeras situações acontecem que vão complicar Lani mais a frente, seja com os amigos, seja com o próprio Jason e, claro, com Erin... 

É difícil falar nesse livro sem contar muito do enredo. Mas uma coisa posso dizer: É até compreensível a reação de Erin com relação ao que houve. Não que seja justificável, mas qualquer um poderia aprontar o que ela aprontou com Lani para se vingar. Lani, apesar da história sugerir que ela 'toma' o namorado da amiga, não é uma 'vilã' como muitos pensam que uma garota nessa situação pode ser. Às vezes, as coisas simplesmente acontecem e não tem como fugir disso. 

A história é contada de forma rápida, com capítulos curtos, e pode ser saboreada numa tarde apenas, debaixo de uma árvore, na varanda do apartamento, ou deitado[a] num tapete na sala. Os personagens são bem distintos, apesar dos clichês comentados acima, e é impossível não se identificar com ao menos um deles. A autora, Susane Colasanti, escreveu uma história que prende sua atenção do início ao fim sem entediar em momento algum. Você sempre lê um capítulo esperando o próximo pra saber o desfecho dos personagens. 
Leitura recomendada. 

Espero que tenham curtido a resenha. 
Beijinhos entorpecedores... 

4 Comentários:

Tamara Costa

Parece ser bem na linha do olho por olho, tem seus clichês maaaaas não dá pra parar né?
Quem sabe um dia desses :)

Ana Caroline

Gostei da resenha, mas eu ainda fico com um pé atrás de ler este livro por causa do tema.

Bjus.

http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br

camila

Ola, gostei de mais de sua resenha..
Embora seja um livro com situações clichês, eu quero muito ler, acho que podemos ter lembranças agradáveis do passado..
Beijos Mila
http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

Andressa Menezes

Oiee adorei sua resenha e estou super afim de ler esse livro :)

Quero ler em breve já adicionei na minha liste de desejados!!

Beijos

http://www.livrosechocolatequente.com.br/

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...