12 de Setembro - Nascimento de dois grandiosos nomes da literatura nacional...

| 12 setembro 2013 | |
Caio f.


Já tinha falado a respeito desse autor que amo demais, e mais uma vez venho falar sobre ele, mesmo que de forma breve. A verdade é que não poderia deixar esse dia passar em branco.
Hoje é dia de seu aniversário. Se estivesse vivo, Caio Fernando Abreu faria 65 anos.
Como alguns sabem, ele é um dos meus autores preferidos, a despeito dessa onda de fãs 'era facebook'.
Recomendo algumas obras dele:

  • Fragmentos
  • O ovo apunhalado
  • Morangos Mofados
  • Inventário do Ir-remediável
  • Além do ponto e outros contos
  • Girassóis e 
  • As frangas.
Essas são as obras que já li dele, mas pretendo ler muitas outras. Esse ano, vou aproveitar a Bienal do Livro em Pernambuco para comprar alguns títulos dele. Espero encontrar por lá...

"Tudo já passou, e minha vida não passa de um ontem não-resolvido..."


Álvares de Azevedo

Além dele, outro escritor que eu amo de paixão e que faria 182 anos hoje é Manuel Antônio Álvares de Azevedo, o autor de Lira dos Vinte Anos e Noite na Taverna. Além desses dois livros citados, li também Macário, mas ainda não possuo minha edição. [Espero encontrar na Bienal]
A obra literária de Álvares foi pequena, pois o autor viveu pouco. Foi acometido de tuberculose e veio a falecer com apenas 21 anos de idade, em 25 de abril de 1852. Teve uma vida breve, mas suas obras ficaram eternizadas e são consideradas clássicos da geração romântica. É conhecido por ser um dos autores do 'século maldito' ou geração Byroniana. Sua literatura tem influência de Lord Byron, Goethe e Alfred de Musset
Todos os trabalhos de Álvares foram publicados após sua morte. 

"Adeus, meus sonhos, eu pranteio e morro! 
Não levo da existência uma saudade!
E a tanta vida que meu peito enchia
Morreu na minha triste mocidade!"

Espero que tenham curtido o post... Até a próxima...

5 Comentários:

Amiga da Leitora - Thais Says:
13 setembro, 2013

Não sou apta a ler muitos clássicos, então ainda não li nada do autor, mas a maneira como vc fala sobre ele está me despertando certa curiosidade!!

xoxo
http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

Samantha (Samgirl) Says:
13 setembro, 2013

Já tentei ler clássicos, mas infelizmente, não faz meu estilo =/
Álvares de Azevedo eu já ouvi falar, mas não me recordo do Caio Fernando.
Bjsss

Samantha Artes & Books
http://samgirl-arts.blogspot.com/

Carolli Márol Says:
14 setembro, 2013

Meu amor por Álvares de Azevedo é antigo, digamos que suas obras teve e continua tendo grande influência sobre mim e isso era ainda mais forte no período da minha adolescência. Ler sobre ele faz meu coração bater em um ritmo saudosista de da dó.. rs

Fernando Pacman Says:
14 setembro, 2013

Sou mais um que não consegue gostar muito de clássicos, mas ando tentando diversificar as coisas que leio e ainda vou tentar novamente ler um bom clássico.
Abraços

http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

Tamara Costa Says:
14 setembro, 2013

Boa lembrança. Dois grandes autores, adoro-os.

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...