Resenha do Mês [Junho] - Perdida na Neve

| 15 julho 2013 | |
Bom, mas uma vez atrasei o post Resenha do Mês, mas os motivos foram: estar sem net e com o teclado ruim...
Sem mais conversa e enrolação...

O livro que mais me encantou no mês de Junho foi um infantil chamado Perdida na Neve, de Holly Webb. Confesso que nunca tinha ouvido falar na escritora, tampouco sobre o livro, mas em uma de minhas visitas regulares ao sebo, vi a capa de 'gatinho' entre as pilhas e ele despertou minha atenção...
Os  olhinhos desse gato estavam me implorando pra eu levar o livro pra casa... 

O livro, apesar de parecer meio bobo, é muito fofo. Sim, nossa protagonista que enfeita a capa é uma gatinha que nasce numa fazenda e é colocada pra adoção, mas os seus irmãos são logo escolhidos, e ela, por ser franzina e desajeitada, logo 'sobra' e aguarda por um dono enquanto é tratada com carinho por sua mamãe gata e a mocinha que mora com a família na fazenda...
Helena, uma garotinha que vai visitar o local com sua mãe se encanta com Peludinha e a deseja para si, mas sua mãe extremamente chata não permite, deixando a menina muito triste. Mesmo com a promessa de ganhar um bichinho, sua mãe não quer a gata. Peludinha fica se sentindo infeliz, acha que ninguém a quer. Quando surge outra mãe em busca de um gatinho, a dona da fazenda desconfia das ações do menino para quem a mãe quer adotar a gata - pra que vire um menino bonzinho - e na primeira chance, ele mostra sinais de que vai fazer da vida de Peludinha um inferno. Percebendo as intenções do menino mau, Peludinha foge da fazenda, mas sendo um filhote ainda e nunca tendo ultrapassado as fronteiras da fazenda, se vê perdida na cidade grande, na neve, com fome e correndo riscos enormes para uma gatinha tão pequena...
Nesse meio tempo, a mãe de Helena muda de idéia a fim de deixar a filha mais alegre, que está inconsolável por ter tido a recusa da mãe anteriormente. Ao voltar à fazenda, descobre que Peludinha sumiu e começam a busca pela gata... 


Com lindas ilustrações de Sophy Williams, o livro tem 120 páginas de pura emoção, e embora pareça  uma história clichê, achei que está distante disso... Vamos acompanhando a história pela perspectiva de Peludinha. Os humanos são meros coadjuvantes na história... Imagine você, sendo uma gata pequenina, perdida num lugar desconhecido, enfrentando frio e fome pra sobreviver... Como sou 'mãe de gatos', tentei observar a situação de forma mais 'palpável' à minha realidade... Será que os animais - gatos e por que não cães também - não 'pensam' e passam por tudo o que Peludinha passou, perdida e abandonada nas ruas da cidade grande? O 'universo gigante' que para nós, humanos, é algo comum, corriqueiro, pode ser uma fonte de aventuras mas principalmente de dificuldades para essas criaturinhas.

Pois então, o livro é infantil, aparentemente 'bobo' mas faz levantar essa questão... Seria uma espécie de conscientização para que nós, humanos, passemos a olhar esses seres como vidas que precisam de carinho, amor, cuidados e muita ajuda...


Recomendo essa leitura rápida, porém tocante, para todas as idades. Leia para seus filhos, sobrinhos, pais, mães, amigos... leia pra você mesmo[a], para seus bichos... E acima de tudo, respeite e ame os animais...

Até o próximo Resenha do Mês...
 



2 Comentários:

T. Costa Says:
15 julho, 2013

Ah...me apaixonei pela história. Tendo gatinhos no meio, então já me encanto!

Alice Aguiar Says:
16 julho, 2013

awn deve ser uma fofura

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

╬† Literatura no Mundo ╬†

╬† Autores ╬†

agatha christie Alan Dean Foster Alan Moore Álvares de Azevedo Ana Cristina César Anaïs Nin Anna Akhmatova Anne Rice Anne Sexton Antônio Xerxenesky Arthur Rimbaud Bob Dylan Bram Stoker Cacaso Caio f. Abreu Cecília Meireles Charles Baudelaire charles bukowski Charles Dickens chuck palahniuk Clarice Lispector clive barker Cruz e Sousa dalton trevisan David Seltzer Dik Browne Don Winslow edgar allan poe Eduardo Galeano Emily Brontë Ernest Hemingway Eurípedes F. Scott Fitzgerald Ferreira Gullar Florbela Espanca Franz Kafka Garth Ennis George R. R. Martin Gilberto Freyre Guido Crepax H. G. Wells H. P. Lovecraft Haruki Murakami Henry James Herman Hesse Herman Melville Hilda Hilst honoré de balzac Horacio Quiroga Hunter S. Thompson Ignácio de Loyola Brandão isaac asimov Ivan Turgueniev J. R. R. Tolkien Jack Kerouac Jack London Jay Anson João Ubaldo Ribeiro Joe Sacco Jon Krakauer Jorge Luis Borges José Mauro de Vasconcelos Julio Verne Konstantinos Kaváfis L. Frank Baum Laura Esquivel Leon Tolstói Lord Byron Luciana Hidalgo Luiz Ruffato Lygia Fagundes Telles manoel de barros Marcelo Rubens Paiva Mario Benedetti Mark Twain Marquês de Sade Martha Medeiros Mary Shelley Michel Laub Miguel de Cervantes Milo Manara Moacyr Scliar Neil Gaiman Nelson Rodrigues Nicolai Gógol Oscar Wilde Pablo Neruda Patti Smith Paulo Leminski Pedro Juán Gutierrez Rachel de Queiroz Rainer Maria Rilke Ray Bradbury Robert Bloch Robert Kirkman robert louis stevenson Roberto Beltrão Rubem Alves Sándor Márai Sófocles Stephen King Stieg Larsson Susan E. Hinton Sylvia Plath Torquato Neto Victor Hugo Virginia Woolf William S. Burroughs Ziraldo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...