Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





"Deixai toda esperança, ó vós que entrais!" Inferno. A divina Comédia [Dante Alighieri]

Páginas

11

Anaïs Nin - puro delírio...

Hoje eu venho falar sobre erotismo, aquele escrito por Anais Nïn nos anos 20,30...  [não essas  autoras de quinta e seus inúmeros tons sem graça de alguma coisa...]
Nascida em 21 de fevereiro de 1903, há 110 anos, nos arredores de Paris. A veia artística foi de berço: seu pai era pianista e compositor, e sua mãe, dançarina. Quando seus pais se separaram, mudou-se com a mãe para Nova York. Ela tinha 11 anos de idade, e começou a escrever em um diário, que lhe renderia inúmeros volumes, e  é considerado hoje um documento de grande importância literária. 
Aos 20 anos, volta a viver na Europa  e passa a escrever ensaios e críticas. Fez amizade com vários escritores famosos da época, entre eles Henry Miller, que veio a ser seu melhor amigo [e amante]. Graças a ele, o mundo tomou conhecimento de seus escritos. 

Escreveu grandes obras literárias eróticas, desafiando a sociedade de sua época. Uma mulher falando de sexo ardente, sensual e cheio de fetiches... decerto uma mulher a frente de seu tempo. Considerada uma grande precursora das idéias de liberdade ao sexo feminino, Anais é uma escritora fantástica. Sua obra é composta de contos ousados, que levam o leitor ao delírio. Ler Anais Nïn, é realmente ter um orgasmo literário... 

Conheci a autora por um amigo que me falou dela a primeira vez e me apresentou Delta de Vênus - Histórias eróticas. Até então nunca tinha ouvido falar dela, e ao ler uns trechos, extasiei... Na primeira oportunidade comprei minha edição e devorei os contos, recheados de cenários luxuriosos, personagens famintos por toques e fluídos, e uma atmosfera ricamente orgástica... 
Entre seus contos, me delicio com Pierre, Elena, Marcel e A fugitiva.

Além do Delta de Vênus, possuo a edição Pequenos Pássaros, ambos comprados pela L&PM editores. Pretendo comprar A fugitiva [mesmo tendo lido 2 de seus 3 contos], Incesto, Henry e June e Fogo, dentre outros... 

Alguns dos trechos mais extasiantes de Delta de Vênus:

"Ele gostava de se encontrar com ela no escuro, de modo que, antes de poderem ver o rosto um do outro, suas mãos tomavam consciência da presença um do outro. Sentiam o corpo um do outro como cegos, demorando-se nas curvas mais sensíveis, fazendo a mesma trajetória de cada vez; sabendo pelo toque os locais onde a pele era mais suave e macia e onde era mais grossa e exposta ao sol; onde o batimento cardíaco ecoava no pescoço; onde os nervos tremiam quando a mão se aproximava do centro, no meio das pernas."

"Como ele amava aquela covinha, que fazia com que seus dedos e língua seguissem a curva descendente e desaparecessem entre os dois amplos montes de carne."

"Sempre sinto vontade de fazer amor onde existem cortinados, cortinas e artefatos nas paredes, onde é como um útero. Sempre sinto vontade de fazer amor onde há muito vermelho. E também onde há espelhos." 

"Ele dava a sensação que o mundo inteiro estava fechado naquele momento e de que só existia aquele festim sensual, de que não haveria amanhã - nem encontros com mais ninguém, de que só havia aquele quarto, aquela tarde, aquela cama."

"O laço entre eles era tão forte que ficava difícil fingirem o contrário durante o dia. Se Martha olhava para Pierre, era como se ele a tivesse tocado no meio das pernas."



Bom, se eu for escrever meus trechos preferidos, será o livro todo. Leiam e escolham os seus... 



Infelizmente, todos morremos e com nossa querida Anais não haveria exceção... Em 1977 ela falecia nos Estados Unidos, mas sua obra perdurou como um dos grandes nomes do século XX até os dias atuais...


Post relacionado:
O erotismo entorpecente de Anais Nïn

11 Comentários:

Carolli Márol

UAL
Eu a conhecia de ouvir falar,também conhecia os livros dela apenas de ouvir falar,e alguns títulos que vc chegou a citar no texto já havia me chamado bastante atenção,e sempre que eu via ficava com vontade de comprar mas com receio de não gostar muito,mas olha,foi excelente o fato de você ter feito esse post e compartilhado esse trecho aqui no blog,pq agora eu quero MUITO conhecer as obras dela não de ouvir falar mas de ler!

Brubs.

Não conhecia a autora e UALL!!!
Agora quero muito ler...E realmente 50 Tons sem graça tão sem graça :)
Já marquei como desejado.
beijos
Brubs
contodeumlivro.blogspot.com.br

Marina Pereira

Oiiie, td bem??
Te indiquei uma tag lá no meu blog http://www.foradarealidadeonline.blogspot.com.br/2013/03/tag-as-5-melhores-capas-da-sua-estante.html !!! :)

Beijos.

Sarah Marques

Já ouvi falar sobre ela, e poxa, vou comprar os livros dela pra já!
Tô com alguns livros sobre o tema, mas ainda não parei para lê-los.

ps: a frase de início do blog "escrevo para nunca esquecer de mim" é sua?
Bela frase, fiquei parada um tempo lendo, e relendo, refletindo sobre como ela é profunda e verdadeira.
Sei lá, só me ocorreu isso...

Beijão

Maria Valéria

Leia, você vai adorar... Anais é muito perfeita :DD
A coleção 64 pág. da L&PM tem um livro dela: A Fugitiva. começa por ele...

Maria Valéria

Ah, conheça. É leitura de 1ª \o/
bjs...

Maria Valéria

sim, é minha ^^

T. Costa

Anaïs é literatura erótica de primeira...foi ela que me fez gostar do gênero (porque se fosse por essas escritoras de 5ª que nem diz tu... hahahhaa).
Eu sou fã dela assumida e comecei lendo o delta de vênus também ♥
Fico sempre impressionada quando olho as fotos dela, era uam mulher lindíssima não é? Realmente marcante.

Maura C. Parvatis

Nunca li nada da Anaïs mas tenho muita curiosidade em conhecer a obra dessa escritora que falam tanto a respeito, e falam bem... ;D
Espero poder ler algo dela em breve o/

Beigos!

Cláudio

Clarice Lispector é MILHÕES de vezes melhor.

Maria Valéria

gosto de ambas <3

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...