amplitude dos sentidos.

| 14 setembro 2010 | |


E o vento sopra em minha pele. Sinto cheiros desconhecidos até então, e agradáveis em sua essência. O cheiro do vento, das folhas caindo e de meus fios de cabelo. Aspiro o perfume emanado da tinta sobre o papel e percebo onde estão as coisas que me dão prazer.Serei eu uma hedonista envolta em penumbra?

0 Comentários:

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Witches Hat
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...