Apenas o vazio...




Não medi meus conceitos
Não compreendi meus medos
Só me restou a dor...

A solidão é meu refúgio
Tal qual passarela de emoções
por onde passam meus anseios, todos os dias, todo o tempo, toda a vida...

Me restou algo mais além de solidão:
Desespero, Fuga, Remorso e Angústia...
E no fim de tudo, isso tudo também me deixou e...

apenas o vazio ficou...
Apenas o Vazio...

Nenhum comentário:

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Witches Hat
Tecnologia do Blogger.