Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...





"Deixai toda esperança, ó vós que entrais!" Inferno. A divina Comédia [Dante Alighieri]

Páginas

0

Aqueles sorrisos não foram pra mim...


Me sinto rejeitada
invisível, como se não estivesse ali
E meu peito arde, minha alma chora.
E apunhalam meu peito
as lágrimas que não deixo cair.


E olho para você
Com alegria nos lábios, silêncio nos olhos
Para todos contente, para mim se fechando.
Aqueles sorrisos que deixaste escapar de teus lábios, não foram para mim.
Aquele olhar distante, esse, sim,
foi para mim, tão somente para mim.
E me deixaram mais triste, mais invisível,
mostrando a decepção que sou para ti.

0 Comentários:

Postar um comentário

De Bukowski a Dostoievski. Ana Cristina César a Lilian Farias. Deleite-se com a poesia de Florbela Espanca e o erotismo de Anaïs Nin...
Aforismos, devaneios, quotes dispersos e impressões literárias...um baú de antiguidades e pós-modernismo. O obscuro, complexo, distópico, inverso... O horror, o amor, a loucura e o veneno de uma alma em busca de liberdade...

Seja bem-indo-e-vindo[a]!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...